Matérias Mais Lidas


Rick Wakeman comenta suas músicas favoritas do Pink Floyd, Deep Purple, Rolling Stones

Por André Garcia
Postado em 30 de julho de 2023

Um dos maiores tecladistas do rock progressivo, Rick Wakeman entrou para a história da música britânica com o Yes, nos anos 70. Ele comentou algumas de suas músicas preferidas da década.

Pink Floyd - Mais Novidades

Foto: Facebook Oficial
Foto: Facebook Oficial

Wakeman trabalhou como músico de estúdio entre o final dos anos 60 e o começo da década seguinte. David Bowie, Lou Reed e Elton John estão entre os nomes a quem ele já prestou seus serviços. A seguir, se consagrou mundialmente no Yes em sua era de ouro, com as obras-primas "Fragile" (1971) e "Close to the Edge" (1972).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

No ano passado ele comentou à Classic Rock suas músicas preferidas de algumas da maiores bandas daquela época.

De lenda para lenda

Another Brick In The Wall (Pink Floyd)

"Quando eu morava na Suíça, tinha um pub maravilhoso em Montreux chamado The White Horse. Todos os músicos que trabalhavam no estúdio do Queen, o Mountain Studios, viviam lá. Era um lugar fenomenal. Muito animado, em todos os sentidos. Tinha uma jukebox lá que foi onde ouvi 'Another Brick In The Wall' pela primeira vez. Botei para tocar várias vezes seguidas esperando reclamações das pessoas — ninguém reclamou. Todo mundo adorou. É bem diferente do que se espera do Pink Floyd."

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Black Night (Deep Purple)

"Um solo fenomenal de Jon Lord. Ele não era lá muito fã de sintetizadores, mas adorava seu órgão [hammond] e piano elétrico. Ele criou uma série de efeitos diferentes de guitarra e construiu um longo cabo que ia do amplificador para seus gabinetes, para criar um som de órgão distinto que se destacasse no solo. Sendo grandes amigos, discutimos isso longamente e o Jon dizia: "Eu queria ver o que eu poderia fazer com o instrumento em vez de fazer apenas o que ele fazia". Ele continuou fazendo isso até o dia em que faleceu. Um verdadeiro gênio."

Brown Sugar (Rolling Stones)

"A única coisa que todo jovem tocando música em seu quarto quer ouvir é os pais gritando 'Desliga esse barulho infernal!' escada acima. É o selo de aprovação. A música é a primeira coisa que qualquer jovem possui: os pais escolhem suas roupas, escola, o que eles fazem, comem, onde vão, mas a música é deles. Deve ter havido milhões de pais que gritaram 'Desliguem esse barulho infernal' enquanto os Stones tocavam em toca-discos portáteis e os jovens batiam palmas em seus quartos pensando 'Sim! Obrigado!'. 'Brown Sugar' captura esse sentimento."

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Rick Wakeman relembra coma alcoólico coletivo em estúdio com o Black Sabbath

Conforme publicado pela Ultimate Classic Rock, em 1973, o Sabbath e o Yes estavam gravando em salas opostas no mesmo estúdio. Tudo começou quando Ozzy teve a ideia de acrescentar teclados em algumas faixas, e foi até Rick pedir para ele quebrar um galho.

"Ozzy me disse", relembrou o tecladista, 'Tenho umas coisas que precisam ser feitas no teclado nesse álbum'. Aquilo era muito incomum para um álbum de metal na época — hoje é comum feito capim. Mas ele me perguntou 'Tem como você vir fazer isso para nós?' Eu respondi 'Sim, eu faço para vocês, sem problema.'"

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Leia mais em:

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps




publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Luan Lima | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre André Garcia

Sou redator e tradutor freelancer e escritor, autor do livro de contos Liber IMP. Ouço rock desde pequeno, leio coisas sobre bandas desde sempre e escrevo sobre ela já tem anos. Cresci como fã de Iron Maiden e paladino do rock, mas já me tratei. Hoje sou fã de nomes como Beatles, David Bowie, The Cure, Kraftwerk e Velvet Underground, e de cenas como a Londres psicodélica, a Nova Iorque proto-punk e a Manchester pós-punk. Escrevo notas e notícias rápidas para o Whiplash.Net visando compartilhar conteúdo relevante sobre música e cultura pop.
Mais matérias de André Garcia.

 
 
 
 

RECEBA NOVIDADES SOBRE
ROCK E HEAVY METAL
NO WHATSAPP
ANUNCIAR NESTE SITE COM
MAIS DE 4 MILHÕES DE
VIEWS POR MÊS