RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemTodos os rockstars que já recusaram ser condecorados pela rainha Elizabeth II

imagemPitty Purple: cantora aparece nas redes com vestido roxo e ganha elogios dos seguidores

imagemDavid Coverdale lista seus 20 álbuns preferidos do rock britânico

imagemCom tempo de sobra, Bruce Dickinson também faz segurança em show do Iron Maiden

imagemGuns N' Roses compartilha foto incrível de show realizado em São Paulo

imagemArnaldo explica por que saía do palco quando Titãs tocava hit de "Cabeça Dinossauro"

imagemManeskin e o grande temor que Gastão Moreira tem em relação à banda

imagemO revoltante motivo que fez gravadora não aceitar Jairo Guedz como baixista do Ministry

imagemBob Dylan revela como conhecer seu maior ídolo o fez deixar de venerar pessoas

imagemAxl e o pequeno gesto com Slash comprovando que as tretas do passado ficaram pra trás

imagemO protagonismo do Sepultura em relação a Anitta, segundo João Gordo

imagemPor que Casagrande precisou de escolta de psicóloga para participar de programa de Gordo?

imagemAs músicas do Megadeth que Kiko Loureiro mais gosta de tocar ao vivo

imagemMembro do Guns N' Roses vai na Galeria do Rock de SP e compra camiseta oficial

imagemGordo comenta por que trabalhou para Record mesmo após lançar músicas contra igreja


Stamp

Death Angel: entrevista com o guitarrista Rob Cavestany

Por Aloysio França
Fonte: MEGALOMANIA
Em 06/10/13

Muito em breve será lançado o novo álbum de estúdio – The Dream Calls for Blood – dos veteranos do Thrash Metal americano, o DEATH ANGEL.

A JacksonGuitars.com conduziu uma entrevista com o guitarrista e fundador da banda, Rob Cavestany, que declarou que o álbum será tão pesado quanto seu debut, The Ultra-Violence de 1987. Confiram a conversa!

JacksonGuitars.com: Como foi o processo de gravação do novo álbum?

Cavestany: Eu escrevi a maioria das músicas na estrada, durante a turnê do nosso último álbum (Relentless Retribution – 2010), e isto é algo que nós normalmente não fazemos. A turnê durou três anos e isso foi insano. Normalmente eu não componho na estrada, mas dessa vez foi necessário porque a turnê foi muito longa. O plano original era fazer um álbum duplo, frente e verso, mas nós não sabíamos que a turnê demoraria três anos. Nós fomos escrevendo e por causa disso, esse álbum ganhou um toque de ‘ao vivo’. É um dos mais pesados que nós já fizemos, pelo menos pra mim, assim como "The Ultra-Violence". Está realmente agressivo.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

JacksonGuitars.com: Teve alguma música nova que você conseguiu completar e executar ao vivo durante a turnê?

Cavestany: Nós não testamos nenhuma música, propositalmente, por conta da tecnologia moderna. Se tivéssemos tocado alguma música ao vivo, ela estaria na Internet na mesma noite. E de fato, nós fazemos muita coisa espontânea enquanto estamos compondo, re-organizamos tudo durante o processo. Portanto, não são produtos finalizados. Nós não queremos uma versão falsa das nossas músicas vazando, de maneira que elas não devem ser ouvidas em primeira instância. Mas tocamos o instrumental de várias delas quando estávamos passando o som, portanto as pessoas devem ter ouvido sem saber disso. Outra coisa interessante que pode ter afetado o álbum pela forma como o escrevemos, é que muita coisa veio de lugares realmente escuros, e isso é bom para o Metal.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

JacksonGuitars.com: Como você compõe, considerando que tem outro guitarrista na banda?

Cavestany: Nesta banda, o caminho natural, que tem funcionado conosco, é apenas compor. Ted deixa fluir, graças a Deus. Ele trabalha em equipe e toca como um matador! É o meu braço direito. Quando se trata de criar ele apenas diz "vamos nessa". As vezes as linhas de guitarra já estão todas lá, e as vezes ele ouve o que estou fazendo para então apresentar algumas idéias.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

JacksonGuitars.com: Que equipamento você usou no álbum?

Cavestany: Estou orgulhoso em dizer que usei minhas Jacksons para todas as partes de guitarra elétrica do álbum. Ainda que eu pudesse ter usado outras guitarras em algumas partes para dar alguma textura ao álbum, preferi usar minhas Jacksons custom em todas as músicas. Como eu as chamo, a Blue Dragon ou a Red Dragon. E quase me esqueço de mencionar a Dominion assinada por Mark Morton (Lamb of God). Ela possui um timbre cortante, o qual me acostumei. Não acredito que quase me esqueci dela! Ela foi enviada pra mim durante a turnê para que eu a testasse nos bastidores, e acabou ficando um tempo comigo. Ela não se adéqua ao som ao vivo, mas é uma guitarra matadora.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

JacksonGuitars.com: O DEATH ANGEL tem planos para outra turnê de três anos?

Cavestany: É melhor não (risos). Eu não sei quantas vezes você consegue fazer turnês de três anos sem parar para descansar. Se eu fizer isso, posso não ter mais um lar para voltar. Então, não. Mas pretendemos fazer tantos shows quanto for possível. Parece uma situação meio contraditória, porque se a turnê oferece continuidade, nós não somos o tipo de banda que se recusa tocar em shows matadores. Nunca se sabe, então veremos o quanto ela pode se estender. Mas eu sei como isso é desgastante para a vida, além do mais, quero começar a trabalhar no próximo álbum antes disso. Talvez nós possamos fazer todos os shows em um ano e meio.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

NFL Steve Harris


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Brothers Of Metal: irmãos que tocam (ou já tocaram) na mesma banda

Dez clássicos do thrash metal que não foram gravados pelo "Big Four" - Parte I

Thrash metal: 10 grandes álbuns do estilo lançados em 1987

Kiss: 10 bandas de metal que gravaram covers do quarteto

Thrash metal: 10 grandes álbuns do estilo lançados em 1988

Mick Jagger: em cerimônia na escola do filho em São Paulo

Oh, não!: clássicos do Rock Heavy Metal e que foram "estragados" pelo tempo


Sobre Aloysio França

Nascido em 1980, ex-guitarrista e vocalista de Thrash Metal, atual artista gráfico e podcaster no site Megalomania-Metal. É também um leitor orgulhoso de Tolkien e Cornwell. Não discrimina gêneros, mas sim música boa de música ruim.

Mais matérias de Aloysio França.