Santana "ao molho": guitarrista lança molho de pimenta

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Michel Pozzebon, Fonte: Zine Musical
Enviar correções  |  Ver Acessos

Na onda de Marky Ramone, baterista dos Ramones, que se uniu a uma empresa brasileira para lançar um molho de pimenta que leva o seu nome, o guitarrista Carlos Santana também deixou a música um pouco de lado e aderiu à gastronomia. O mítico artista mexicano segue divulgando seu mais recente produto, que não se trata de um disco e sim de um molho orgânico de tomates, o Carlos Santana Organic Salsa. Um pack com dois vidros de 907 gramas do molho, cada, é vendido a US$ 34,95 no site da Amazon.

Electra Mustaine: a linda filha do Sr. Dave MustaineDuff McKagan: Anestesias não funcionam mais no baixista

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O molho ou salsa de Carlos Santana contém, além dos tomates orgânicos, ingredientes bastante peculiares da culinária mexicana como manga e é claro, seis diferentes tipos de pimentas, com algumas variedades assadas incluídas no condimento. Segundo informações do fabricante, o produto tem um nível médio de picância.

E o melhor de tudo, parte da renda arrecadada com as vendas do Carlos Santana Organic Salsa é doada para a Milagro Foundation, instituição sem fins lucrativos criada pelo próprio guitarrista mexicano e sua família e que atende crianças carentes.

Leia mais no blog Zine Musical:

http://www.zinemusical.wordpress.com




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção CuriosidadesTodas as matérias sobre "Santana"


Guitar World: os 100 piores solos de guitarra da históriaGuitar World
Os 100 piores solos de guitarra da história

Steve Vai: as 10 melhores faixas de guitarra na opinião deleSteve Vai
As 10 melhores faixas de guitarra na opinião dele


Electra Mustaine: a linda filha do Sr. Dave MustaineElectra Mustaine
A linda filha do Sr. Dave Mustaine

Duff McKagan: Anestesias não funcionam mais no baixistaDuff McKagan
Anestesias não funcionam mais no baixista


Sobre Michel Pozzebon

Jornalista gaúcho apaixonado por música desde piá, na época em que o mini vinil das ¨Borbulhantes da Pepsi¨ era a novidade no mercado fonográfico. Nas instrumentações musicais preferidas estão a percussão de latinha, assobio e a pedra tocada na água. Como hobby edita o Zine Musical. Em sua pinacoteca, discos e vídeos que vão de Zé do Belo e Toni da Gatorra a Jean-Luc Ponty e Johann Sebastian Bach.

Mais matérias de Michel Pozzebon no Whiplash.Net.

adGoo336