Matérias Mais Lidas

Neil Peart: por que ele é melhor que John Bonham, segundo Mike PortnoyNeil Peart
Por que ele é melhor que John Bonham, segundo Mike Portnoy

Van Halen: quando eles tocaram Jump desastrosamente fora do tom em 2007Van Halen
Quando eles tocaram "Jump" desastrosamente fora do tom em 2007

Iron Maiden: linha fitness de produtos oficiais licenciados pela W A SportIron Maiden
Linha fitness de produtos oficiais licenciados pela W A Sport

Judas Priest: quando eles negaram música a Top Gun e apostaram em filme que fracassouJudas Priest
Quando eles negaram música a Top Gun e apostaram em filme que fracassou

Ozzy Osbourne: Vinny Appice recusou oferta para ser baterista da banda do MadmanOzzy Osbourne
Vinny Appice recusou oferta para ser baterista da banda do Madman

Steve Vai: guitarrista rasga elogios a Zakk Wylde, no pessoal e no profissionalSteve Vai
Guitarrista rasga elogios a Zakk Wylde, no pessoal e no profissional

Guns N' Roses: quando Donald Trump quis conhecer Axl Rose, o Trump do rockGuns N' Roses
Quando Donald Trump quis conhecer Axl Rose, o "Trump do rock"

AC/DC: Simon Wright não mantém contato com ex-companheiros (e não vê problema nisso)AC/DC
Simon Wright não mantém contato com ex-companheiros (e não vê problema nisso)

Black Sabbath: por que dificilmente teremos algo oficial com Dave Walker no vocalBlack Sabbath
Por que dificilmente teremos algo oficial com Dave Walker no vocal

Epica: banda fará 5 shows no Brasil em dezembro; confira datas e locaisEpica
Banda fará 5 shows no Brasil em dezembro; confira datas e locais

Iron Maiden: Bruce diz não haver muito diálogo na bandaIron Maiden
Bruce diz não haver muito diálogo na banda

Behemoth: Nergal lança campanha é hora dos artistas poloneses lutarem, após condenaçãoBehemoth
Nergal lança campanha "é hora dos artistas poloneses lutarem", após condenação

Kerrang: 10 bandas que não estariam aqui sem o KornKerrang
10 bandas que não estariam aqui sem o Korn

Van Halen: Yngwie Malmsteen explica que não era somente a técnicaVan Halen
Yngwie Malmsteen explica que não era somente a técnica

AC/DC: quando jovem, Angus Young não gostava nem um pouco da escola e a evitavaAC/DC
Quando jovem, Angus Young não gostava nem um pouco da escola e a evitava


Dark Rites: Melodic Death Metal variado e poderoso

Resenha - Dark Hymns - Dark Rites

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Alexandre Veronesi
Enviar Correções  

DARK RITES trata-se de um grupo de Melodic Death Metal, fundado no ano de 2016 por músicos de variadas nacionalidades: Wojtek Widuch (guitarra/baixo), do Reino Unido; Randy Kaciak (bateria), norte-americano; e Oskar Åsfjäll (vocal), da Suécia, que em 2019 foi substituído pelo canadense Kole Cook "Blooded". Apesar do pouco tempo de estrada, o grupo já possui no currículo 2 álbuns de estúdio - "Dark Rites" (2017) e "Welcome To Eternity (2018) - e no momento se prepara para lançar seu terceiro full-lenght, intitulado "The Dark Hymns", que será disponibilizado mundialmente no dia 11 de Setembro pelo selo Brutal Records.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Apesar da sonoridade da banda ser majoritariamente calcada no Death Metal melódico, existem nuances de Hardcore, Metalcore e outros subgêneros, e as influências do trio vão desde Amon Amarth, Arch Enemy e Lamb Of God, até Judas Priest e demais icones do Heavy Metal tradicional/clássico.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"The Dark Hymns" mostra desde o início a gana do trio em executar um som extremamente agressivo, ao mesmo tempo em que evidencia a todo momento sua musicalidade, que abusa de variadas harmonias e melodias, mas ainda assim passando longe de soar demasiado técnico, ou seja, feito na medida certa dentro do que é proposto. A bolacha abre com "Divine Duplicity", música que varia muito entre a velocidade e a cadência, evidenciando os riffs de guitarra e vocais raivosos, enquanto "Goliath The Coward" se mostra ainda mais extrema, recheada de poderosos blast beats que alternam para midtempo de forma muito dinâmica, além de suas linhas vocais diversificadas, e em "In Stasis" o andamento médio/lento predomina, mas o peso se mantém no mais alto nível. "Moira" tem início com um dedilhado na guitarra e descamba para um interessante tipo de Groove Metal, que segue cheio de variações até seu final, sendo sucedida por "Scars", onde o trabalho de bateria se destaca junto às linhas de guitarra, e a veloz "Serena", detentora de um bom arranjo onde, mais uma vez, brutalidade máxima e melodia coexistem harmoniosamente. "Shadow God" ganha notoriedade por seus 'breakdowns' e um certo tom épico, mesmo tendo curta duração, enquanto "The Devils Heroes" é apenas ok, pois não traz nada diferente em relação ao que já foi mostrado nas anteriores, e, finalmente, "The Great Halcyon War", que encerra os trabalhos sendo uma espécie de compilação de todas as características apresentadas no disco, tudo isso durante seus humildes 3 minutos e 43 segundos.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em suma, o novo trabalho do DARK RITES é empolgante e apresenta um resultado bastante coeso, nunca deixando de lado o indispensável equilíbrio entre peso e melodia. Para aqueles que não conheciam a banda, assim como este que vos fala, foi sem dúvidas mais uma grata surpresa em meio a tantos bons lançamentos que vem ocorrendo ao longo desse ano.

Dark Rites - The Dark Hymns (2020)
Gravadora: Brutal Records
Data de lançamento: 11/09/2020

Tracklist:
01 - Divine Duplicity
02 - Goliath The Coward
03 - In Stasis
04 - Moira
05 - Scars
06 - Serena
07 - Shadow God
08 - The Devils Heroes
09 - The Great Halcyon War

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Formação:
Kole Cook "Blooded" - vocal
Wojtek Widuch - guitarra e baixo
Randy Kaciak - bateria

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


Stamp
publicidade
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Como consegui viver de Rock e Heavy Metal


Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Capas de álbuns: 30 das piores artes da históriaCapas de álbuns
30 das piores artes da história

Dave Mustaine: Maroon 5 o deixou boquiabertoDave Mustaine
Maroon 5 o deixou boquiaberto


Sobre Alexandre Veronesi

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, enviando sua descrição e link de uma foto.

Mais matérias de Alexandre Veronesi no Whiplash.Net.