publicidade

Death: Parte Final - viveu e morreu pelo metal!

Resenha - Live in Eindhoven - Death

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ricardo Cunha
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

No início de 2000, Schuldiner foi diagnosticado com um tumor maligno do tronco cerebral e imediatamente foi submetido a uma cirurgia de emergência. Todos os planos musicais foram postos de lado enquanto Chuck lutava pela vida em meio a custos hospitalares sempre crescentes (como a maioria dos músicos profissionais, ele não tinha plano de saúde), alguns dos quais foram aliviados pelo apoio expressivo da comunidade headbanger no mundo todo. Ao longo dos dois anos seguintes, o real estado de sua saúde foi muitas vezes encoberto e, embora ocasionalmente se falasse que o músico estava no caminho da recuperação, todas as esperanças foram cruelmente destruídas no dia 13/12/2001, quando Chuck Schuldiner sucumbiu ao câncer aos 33 anos de idade.

Ídolos imortais: Chuck Schuldiner, o padrinho do death metalMotivação: 10 músicas de metal que melhorarão sua auto-estima

Muitos lançamentos ocorreram post-mortem. Todavia, Live in Eindhoven (2001) ganhou notoriedade entre os fãs por se tratar de material destinado a arrecadar fundos para auxiliar no pagamento das custas médicas do falecido e por ser a primeira aparição ao vivo da turnê do disco "The Sound Of perservance". O setlist prioriza as canções dos últimos três discos da banda, o que talvez denote um estranhamento meio que declarado de Chuck com relação ao material antigo.

Sem muito aparato técnico e ainda à luz do dia, a banda se apresenta para um público crescente, na mesma noite em que Dimmu Borguir seria o headliner. Ao longo dos 56 minutos do vídeo é possível notar como Chuck Schuldiner (vocal, guitarra), Richard Christy (bateria), Scott Clendenin (baixo) e Shannon Hamm (guitarra), a despeito de suas habilidades indiscutíveis, ainda estão pouco entrosados como banda. De toda forma e, para efeito do registro, é de aspectos dessa natureza que se faz um disco ao vivo. Sem romantismos, mas com paixão.

A história do Death termina melancólica. Todavia, fica o registro da obra e da vida de um artista que lutou muito por questões completamente negligencias pelor músicos dos estilos mais brutais do Metal. Além do material eternizado nos discos e nos vídeos, Chuck deixa o exemplo de alguém que viveu e morreu com dignidade.

Tracklist:
01-The Philosopher
02-Trapped in a Corner
03-Crystal Mountain
04-Suicide Machine
05-Together as One
06-Zero Tolerance
07-Lack of Comprehension
08-Flesh and the Power It Holds
09-Flattening of Emotions
10-Spirit Crusher
11-Pull the Plug

Fim.

Referências: Allmusic, RelapseRecords, Death (book), Whiplash, The BNR Metal Pages, Wikipedia, SetList.fm


Death - A História da Banda

Death: A história - Os primeiros diasResenha - Scream Bloody Gore - DeathResenha - Death - LeprosyResenha - Spiritual Healing - DeathResenha - Human - DeathResenha - Individual Thought Patterns - DeathResenha - Symbolic - DeathResenha - Death - Sound of PerseveranceTodas as matérias sobre "Death - A História da Banda"



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Death - A História da Banda"Todas as matérias sobre "Death"


Ídolos imortais: Chuck Schuldiner, o padrinho do death metalÍdolos imortais
Chuck Schuldiner, o padrinho do death metal

Roadrunner: os álbuns mais desprezados de todos os temposRoadrunner
Os álbuns mais desprezados de todos os tempos

Chuck Schuldiner: ele não gostava de ser chamado de Chuck Schuldiner
Ele não gostava de ser chamado de "pai do death metal"

Death: site elege os cinco melhores álbuns da bandaDeath
Site elege os cinco melhores álbuns da banda


Motivação: 10 músicas de metal que melhorarão sua auto-estimaMotivação
10 músicas de metal que melhorarão sua auto-estima

Elvis Presley: De que ele morreu?Elvis Presley
De que ele morreu?

Led Zeppelin: plágios, homenagens ou mera coincidência?Led Zeppelin
Plágios, homenagens ou mera coincidência?

Musos do Heavy Metal: Agora é a vez das garotas!Dave Mustaine: "Kiko é o primeiro que me intimida desde Friedman"Rock Brasileiro da Década de 70Led Zeppelin: a estratégia para enganar as rádios

Sobre Ricardo Cunha

Apaixonado por música e estudante de Filosofia, juntou os interesses para escrever principalmente sobre rock e metal.

Mais matérias de Ricardo Cunha no Whiplash.Net.