RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemRoger Waters se defende, mas David Gilmour fica do lado da esposa e confirma tudo

imagemEm 1974, Raul Seixas explicava detalhes dos significados por trás da letra de "Gita"

imagemRodinha de mosh gigantesca em show do System of a Down viraliza e impressiona

imagemQuem ganhou e quem devia ter ganhado o Grammy de metal desde 1989, segundo Loudwire

imagemVeja o que esperar da turnê do Mayhem no Brasil

imagemJimmy Page diz não haver gênio no rock - mas um gênio fez ele se contradizer

imagemMegadeth é processado por artista que criou capa do último disco da banda

imagemAs 20 melhores músicas do Nightwish, em lista da Metal Hammer

imagemA reação de King Diamond ao ouvir Metallica tocando músicas do Mercyful Fate

imagemRússia pede para que Roger Waters fale com a ONU sobre a situação da Ucrânia

imagemA opinião de Humberto Gessinger sobre movimentos separatistas da região Sul do Brasil

imagemQuando Roberto Carlos foi alfinetado por Raul Seixas, mas o Rei gostou do que ouviu

imagemBruce Dickinson explica como cuida de sua voz

imagemIron Maiden está atrás de George Michael e Cyndi Lauper em votação do Rock Hall Of Fame

imagemO ponto fraco de Yngwie Malmsteen segundo Ronnie James Dio, em 1985


Stamp

Cadiablo: presença certa na lista dos melhores do ano

Resenha - Ruas Escuras - Cadiablo

Por Geraldo Andrade
Postado em 05 de novembro de 2017

Nota: 9

Como já disse, esse ano vai ser complicado escolher os melhores de 2017, um problema bom por sinal, porque são muitos ótimos lançamentos, principalmente os nacionais, e a banda CADIABLO, com o seu primeiro álbum, chamado "Ruas Escuras", é presença certa na lista dos melhores do ano.

"Ruas Escuras", foi financiado pelo Financiarte, da prefeitura de Caxias do Sul, e contem 13 faixas, sendo uma delas em inglês "Devil’s Train".

O álbum foi produzido, em minha opinião, por um dos melhores produtores do Rio Grande do Sul: JONAS GODOY! E gravado em Caxias do Sul/RS, no estúdio Linha Sonora.

A banda é formada por DOUGLAS PEZZI (vocal e baixo), MARCOS DE VARGAS (guitarra e backing vocals) e VINICIUS ASSMANN (bateria e backing vocals).

"Ruas Escuras", começa com a instrumental "Intro" e já na sequencia tem um hard rock de peso, "V8" é um chute na porta, onde a banda mostra que chegou com tudo, tem tudo para ser um dos maiores sucessos da banda.

"Fora da Lei" é pesada, e o destaque é a bateria de VINICIUS ASSMANN, que nos deixa impressionado com sua técnica.

E temos blues, é a faixa título "Ruas Escuras", arrastada e pesada, que certamente vai grudar na sua cabeça, depois que escutar pela primeira vez, e aqui o destaque é o baixo de DOUGLAS PEZZI.

"Autoestrada", já se tornou a minha favorita, com uma letra que os amantes da estrada vão gostar, porque é aquela que você coloca no volume máximo, quando está fazendo aquela viagem longa, grande candidata a se tornar mais uma daquelas, que são presença certa no setlist.

A próxima fala de um grande problema de muita gente, essa é "Vício", aquela que você vai ouvir e dizer: "já passei por isso".

A rápida "O Corvo", chega como um furacão, arrasando com tudo que tem pela frente.

Na bela instrumenta "Colt.45", a banda mostra toda sua qualidade, aqui os instrumentos beiram a perfeição, uma aula.

"Dia Ruim", é mais "calma", com aquela, mais uma, letra que te vai fazer pensar em alguma situação parecida, que você tenha vivido.

A mais rock and roll do álbum, é a próxima: "A Velha", um rock grudento, um refrão grudento.

"Fim da Linha" é aquela que vai te fazer refletir, e ver que álcool e direção, são 2 coisas que não combinam, mas, aqui combinou e muito.

A "diferente" do álbum é a próxima: "Devil’s Train". Porque? Como já disse no início, é a única em inglês. Rápida, que me lembra MOTORHEAD, uma paulada!

Infelizmente, tudo que é bom termina, então o álbum fecha com a pesada "Olho do Furacão".

Posso dizer que esse é um grande álbum de estreia, e com ele, podemos sentir, que a CADIABLO, tem tudo para se tornar um grande nome do rock gaúcho.

Talento DOUGLAS PEZZI, MARCOS DE VARGAS e VINICIUS ASSMANN, tem de sobra.

Sem esquecer que o grande JONAS GODOY fez participação especial em algumas faixas violão, vocais e teclado.

Faixas
1- Intro
2- V8
3- Fora da Lei
4- Ruas Escuras
5- Autoestrada
6- Vício
7- O Corvo
8- Colt.45
9- Dia Ruim
10- A Velha
11- Fim da Linha
12- Devil’s Train
13- Olho do Furacão

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Def Leppard Motley Crue 2


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Geraldo Andrade

Geraldo "Gegê" Andrade é blogueiro e colaborador no Blog Heavynroll, de Caxias do Sul/RS. Iniciou sua paixão pelo rock n roll, principalmente o heavy metal, nos anos 80, quando pela primeira vez, ouviu um álbum da banda KISS. Tem um currículo com mais de 150 shows, de bandas nacionais e internacionais. Já participou como jurado em festivais de rock na cidade de Caxias do Sul. Está se tornando um especialista em entrevistas, já tendo entrevistado vários músicos nacionais e internacionais. Apoia muitas bandas do underground, pelo Brasil inteiro. Estudante de Comunicação Social - Jornalismo, na Universidade de Caxias do Sul/RS.
Mais matérias de Geraldo Andrade.