Megadeth: Depois do Risk, outra bola fora da banda

Resenha - Super Collider - Megadeth

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Gleison Junior
Enviar Correções  

Sendo lançado oficialmente em 04 de junho de 2013, o disco "Super Collider" é o primeiro álbum desde "Cryptic Writings", lançado em 1997, que não caracteriza uma mudança na formação do álbum anterior, Super Collider é também o primeiro disco a ser lançado pelo selo próprio de Mustaine.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O disco foi recebido com muitas criticas negativas após seu lançamento oficial, apresentando linhas mais cadenciadas e harmonias mais simplórias, o Megadeth demonstrava enfraquecimento na sua estrutura de criação, seria que o "boss" Mustaine mais uma vez se perdia no processo criativo?

O disco em si possui melodias fracas e nada que deixe aquela impressão de um grande disco, músicos sem inspiração, letras idiotas e andamentos muito melódicos, fazem com que "Super Collider" seja um dos piores discos de toda a trajetória do grupo norte americano.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O melhor momento do disco, sem sombra de duvidas, são as guitarras, que mesmo não apresentando solos a velocidade da luz, como em clássicos do passado, a dupla Mustaine e Broderick, tiveram alguns lampejos de criatividade como na faixa de abertura "kingmaker"ou em "Built fo War", mas confesso que é difícil retirar muitos momentos bons desse disco.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Confira a chatice e enjoativa "Super Collider", "Burn!" em momento algum consegue incendiar o ouvinte, "Forget to Remember" consegue ser um dos piores momentos do disco, difícil saber quem é mais cansativo, se a letra ou a harmonia da música.

Enfim, difícil escrever sobre um dos momentos mais sem criatividade, dessa que é uma das bandas que mais presa pela técnica e excelência instrumental de seus músicos, mas como todo grande artista tem seu tropeços, o Megadeth após "Risk", da outra bola fora com o fraquíssimo e digno de vergonha "Super Collider".

publicidade

Tracklist:
01 - Kingmaker
02 – Super Collider
03 – Burn!
04 – Built for War
05 – Off the Edge
06 – Dance in the Rain
07 – Begining of Sorrow
08 – The Blackest Crow
09 – Forget to Remember
10 – Don’t Turn Your Back...

Formação:
Dave Mustaine – Vocal/Guitarra
Chris Broderick – Guitarra
David Ellefson – Baixo
Shawn Drover - Bateria


Outras resenhas de Super Collider - Megadeth

Megadeth: agressivo e acessível, um álbum que divide os fãs

Megadeth: Super Colisão do pior de Dave Mustaine

Megadeth: Nem de longe tão ruim quanto dizem

Megadeth: Reciclando ideias sem parecer forçado

Megadeth: novo álbum traz banda coesa e canções autorais

Megadeth: banda faz um disco de rock para quem gosta de músicaMegadeth
Banda faz um disco de rock para quem gosta de música

Megadeth: teria Mustaine lançado o seu Load/Reload?Megadeth
Teria Mustaine lançado o seu "Load/Reload"?

Megadeth: criativo e inovador em alguns momentosMegadeth
Criativo e inovador em alguns momentos

Megadeth: Dave Mustaine & Cia não são mais os mesmosMegadeth
Dave Mustaine & Cia não são mais os mesmos

Megadeth: Mustaine ainda é um dos músicos mais relevantes da cenaMegadeth
Mustaine ainda é um dos músicos mais relevantes da cena


Goo336 Goo336 Cli336 WhiFin Goo728