Soul Inside: Estreia com sonoridade madura

Resenha - No More Silence - Soul Inside

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Victor Freire, Fonte: Rock N' Prosa
Enviar correções  |  Ver Acessos

A pluralidade de estilos que compõem a música é a força motriz para o desenvolvimento da criatividade de quem a compõe. Em meio a esse universo, o Soul Inside, banda de Lavras/MG, traz um death-thrash de qualidade no seu novo trabalho, No More Silence (2016).

Lemmy Kilmister: A vida dele fazia Keith Richards parecer uma menininhaSlipknot: Veja membros atuais sem máscara

A banda formada por Bruno Carvalho (vocal e baixo), Beto Siqueira (guitarra), Renan Seabra (bateria) e Eduardo Petrini (guitarra) reuniu peso e técnica nas composições do seu mais novo trabalho. A sonoridade da banda transita entre o death e thrash, mas possui elementos de heavy metal e até de progressivo. Assim é que o álbum é iniciado por Child of War. Musicalmente, as músicas não desapontam. Fight the Despair possui riffs pesados e rápidos, mas consegue incluir um solo melódico que enriquece e muito a música. O lado mais sombrio e pesado do Soul Inside é mostrado na faixa-título, No More Silence. Os vocais somaram-se muito bem à guitarra saturada. Essa linha também é continuada em The Killer Inside. O álbum é encerrado com Sands of Truth, que assim como Child of War, possui uma introdução com dedilhado.

A impressão que tive ao escutar o No More Silence (2016) é que o álbum é uma reunião da influência musical de cada integrante, sendo que isso é incluído de maneira bastante coerente nas composições, de forma que não se escuta uma "salada musical", mas sim músicas maduras. A banda ainda tem o que crescer, no entanto, o que podemos ouvir no álbum deles é uma banda com vontade de produzir mais e com qualidade.

#Tracklist:
1.Child of War
2.Fight the Despair
3.Again the Nightmare
4.Life of Lies
5.No More Silence
6.The Killer Inside
7.Unholy Temple
8.Sands of Truth


Outras resenhas de No More Silence - Soul Inside

Soul Inside: Death Metal mineiro e com personalidadeSoul Inside: No liame entre o death e o thrash metalSoul Inside: Mesclando tradicional com o moderno do Metal ExtremoSoul Inside: Não criaram a roda, mas terão muitas rodas nos shows



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Soul Inside"


Lemmy Kilmister: A vida dele fazia Keith Richards parecer uma menininhaLemmy Kilmister
A vida dele fazia Keith Richards parecer uma menininha

Slipknot: Veja membros atuais sem máscaraSlipknot
Veja membros atuais sem máscara


Sobre Victor Freire

Professor universitário e mestre em Engenharia Mecânica pela UFRN. Nascido no deserto de Mossoró/RN. É fã e colecionador de itens relacionados ao rock'n'roll. Editor-chefe do blog Rock'N'Prosa e guitarrista do Godhound. Acessa o Whiplash! desde a infância e colabora com o site sempre que possível.

Mais matérias de Victor Freire no Whiplash.Net.