RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemA rockstar famosa que rejeitou Steven Tyler por não gostar de algo tão grande

imagemA banda brasileira que Metallica virou fã e convidou para os EUA depois de tocar junto

imagemO grave erro de Kiko Zambianchi aos 15 anos que o inspirou a compor "Primeiros Erros"

imagemO surpreendente país da Europa em que Angra é idolatrado e devia fazer mais shows

imagemA separação dos Beatles segundo a visão de Ringo Starr

imagemSepultura e Nightwish fizeram sucesso no Metal pelo mesmo motivo, afirma Regis Tadeu

imagemO dia que Paulo Ricardo mentiu para presidente de gravadora e fez RPM ser contratado

imagemPerfil oficial do Monsters of Rock publica fotos misteriosas com pistas sobre line-up

imagemIan Gillan diz que Blackmore é um pé no saco e manda reunião para o espaço

imagemIan Gillan diz que ficou desapontado com "Born Again" e jogou álbum pela janela do carro

imagemAs "traições do movimento" mais emblemáticas do rock 'n roll

imagemPor que Steve Harris e Bruce Dickinson se dão bem, segundo tour manager

imagemA adorável opinião de Tarja Turunen sobre Floor Jansen, atual vocalista do Nightwish

imagemCharlie Brown Jr estava preparando álbum em inglês antes de Chorão morrer, revela Baron

imagemE se a bateria de "Master of Puppets" fosse em versão Death Metal com blast beats?


Summer Breeze
Samael Hypocrisy

Soilwork: Novo trabalho mostra que banda ainda pode ser relevante

Resenha - Ride Majestic - Soilwork

Por Junior Frascá
Em 16/03/16

Nota: 8

Um dos principais nomes da cena do death metal melódico sueco, como a grande maioria dos grupos do estilo que conseguiram um maior destaque (como o IN FLAMES, por exemplo), passou por grandes mudanças em sua sonoridade ao longo do tempo. Todavia, os caras nunca perderam a essência de sua agressividade sonora, como pode ser observado nesse seu novo trabalho, que acaba de sair no mercado nacional.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Tendo atualmente em sua formação Björn "Speed" Strid - vocais, Sylvain Coudret - guitarra, David Andersson - guitarra, Sven Karlsson - teclado, Dirk Verbeuren - bateria e Ola Flink - baixo (que gravou aqui seu último disco com a banda, saindo após 17 anos), e novamente sem Peter WItches, que largou a banda pela segunda vez, os caras conseguem provar novamente toda sua versatilidade, e grande competência para unir peso e melodia na medida certa.

Assim, se temos aqui momentos de pura brutalidade, como nas ótimas "Death In General" e "Enemies In Fidelity" (as duas mais legais do disco), há também espaço para momentos mais melódicos e variados, como em "Father And Son, Watching The World Go Down" e na faixa título, nas quais inclusive se persebe toda a versatilidade do vocalista Bjorn Strid, um dos melhores do estilo, sem dúvida.

publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |

A produção, como sempre, é excelente, moderna e suja na medida certa, e as faixas, no geral, mostram que a banda está procurando novos caminhos, com momentos mais obscuros encaixados com perfeição (como na já citada "Father and SOn, Watching The World Go Down'), o que acrescentou muito em sua sonoridade.

Ou seja, temos aqui um bom disco, que se não se compara aos clássicos "Natural Born Chaos" e "The Predator's Portrait", ainda assim é muito melhor que os últimos trabalhos da banda.

The Ride Majestic - Soilwork
(2015 - Shinigami Records)

Tracklist:

01. The Ride Majestic
02. Alight In The Aftermath
03. Death In General
04. Enemies In Fidelity
05. Petrichor By Sulphur
06. The Phantom
07. The Ride Majestic (Aspire Angelic)
08. Whirl Of Pain
09. All Along Echoing Paths
10. Shining Lights
11. Father And Son, Watching The World Go Down

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


Outras resenhas de Ride Majestic - Soilwork

Resenha - Ride Majestic - Soilwork

Resenha - Ride Majestic - Soilwork

Resenha - Ride Majestic - Soilwork

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Lista: 10 ótimas músicas lançadas no segundo semestre de 2022

Jovens, mas nem tanto: 10 discos de heavy metal que completarão 20 anos em 2023

Dez músicas para apresentar sua banda favorita para quem não manja de metal

Cinco palavras que sempre aparecem em títulos de músicas de bandas de metal

Cinco bandas de metal que merecem mais atenção do que recebem - Parte II

Baterista do Soilwork lembra de falecido guitarrista durante show e cai no choro

Parece que foi ontem: 10 discos de heavy metal que completarão 10 anos em 2023

Maratona: músicas com mais de 10 minutos (e nenhuma é do Dream Theater)

Dez nomes do rock e do heavy metal que foram levados pelas drogas - Parte I

Dez músicas gravadas por bandas de rock e heavy metal que tocam no fundo da alma

Integrantes do Soilwork visitam túmulo de Bon Scott e vocalista deixa goró de lembrança

Novembro: 11 músicas para chegar com tudo no penúltimo mês do ano

Tecladista do Soilwork vira papai e desfalca banda em turnê pela Austrália

De Red Hot ao death metal, 15 músicas lançadas em 2022 que você precisa ouvir

Soilwork: confira playlist especial com 50 músicas gravadas pela banda

Lista: trechos de músicas gravadas por bandas de rock e metal para você tatuar - Parte 1

Lista: 10 bandas de rock e heavy metal com integrantes nascidos em países diferentes

Dez músicas gravadas por bandas de rock e heavy metal que tocam no fundo da alma

Ozzy Osbourne: Sharon conta como o Madman tentou assassiná-la

Fotos de Infância: Evanescence


Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá.