Matérias Mais Lidas


Summer Breeze 2024

Soilwork: Novo trabalho mostra que banda ainda pode ser relevante

Resenha - Ride Majestic - Soilwork

Por Junior Frascá
Postado em 16 de março de 2016

Nota: 8

Um dos principais nomes da cena do death metal melódico sueco, como a grande maioria dos grupos do estilo que conseguiram um maior destaque (como o IN FLAMES, por exemplo), passou por grandes mudanças em sua sonoridade ao longo do tempo. Todavia, os caras nunca perderam a essência de sua agressividade sonora, como pode ser observado nesse seu novo trabalho, que acaba de sair no mercado nacional.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 1

Tendo atualmente em sua formação Björn "Speed" Strid - vocais, Sylvain Coudret - guitarra, David Andersson - guitarra, Sven Karlsson - teclado, Dirk Verbeuren - bateria e Ola Flink - baixo (que gravou aqui seu último disco com a banda, saindo após 17 anos), e novamente sem Peter WItches, que largou a banda pela segunda vez, os caras conseguem provar novamente toda sua versatilidade, e grande competência para unir peso e melodia na medida certa.

Assim, se temos aqui momentos de pura brutalidade, como nas ótimas "Death In General" e "Enemies In Fidelity" (as duas mais legais do disco), há também espaço para momentos mais melódicos e variados, como em "Father And Son, Watching The World Go Down" e na faixa título, nas quais inclusive se persebe toda a versatilidade do vocalista Bjorn Strid, um dos melhores do estilo, sem dúvida.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 2

A produção, como sempre, é excelente, moderna e suja na medida certa, e as faixas, no geral, mostram que a banda está procurando novos caminhos, com momentos mais obscuros encaixados com perfeição (como na já citada "Father and SOn, Watching The World Go Down'), o que acrescentou muito em sua sonoridade.

Ou seja, temos aqui um bom disco, que se não se compara aos clássicos "Natural Born Chaos" e "The Predator's Portrait", ainda assim é muito melhor que os últimos trabalhos da banda.

The Ride Majestic - Soilwork
(2015 - Shinigami Records)

Tracklist:

01. The Ride Majestic
02. Alight In The Aftermath
03. Death In General
04. Enemies In Fidelity
05. Petrichor By Sulphur
06. The Phantom
07. The Ride Majestic (Aspire Angelic)
08. Whirl Of Pain
09. All Along Echoing Paths
10. Shining Lights
11. Father And Son, Watching The World Go Down

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 3

Outras resenhas de Ride Majestic - Soilwork

Soilwork: Decepcionará quem esperava mais peso e velocidade

Soilwork: Soando mais maduros, ferozes e melodiosos

Soilwork: superando expectativas com The Ride Majestic

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Stamp

Perc3ption: a arte levada ao extremo

Resenha do Álbum do Insânia ao vivo no Underground Nativa III

Sentença de Morte: Death Metal para quem curte Death Metal bem executado

Triumph Of Death, projeto de Tom Warrior, resgata ao vivo parte do passado do Hellhammer

Spiritual Cramp acerta a fórmula, mas álbum satura em 26 minutos

Estreia do Superbloom traz de volta o grunge protagonista dos anos 1990

Stratosphere Project: O eco estrondoso da Via-Láctea fundindo-se nas dimensões ocultas

Osbourne: pesado, mas antes de tudo moderno

Resenha - Dark Side of The Moon - Pink Floyd

Resenha - Vovin - Therion

Resenha - P.U.L.S.E. - Pink Floyd


publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Luan Lima | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.
Mais matérias de Junior Frascá.

 
 
 
 

RECEBA NOVIDADES SOBRE
ROCK E HEAVY METAL
NO WHATSAPP
ANUNCIAR NESTE SITE COM
MAIS DE 4 MILHÕES DE
VIEWS POR MÊS