Signs Preyer: Diversificado abrangendo diversos gêneros

Resenha - Signs Preyer - Signs Preyer

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Franceschini
Enviar Correções  

publicidade

8

Mesmo contendo elementos do Progressivo, gênero tão disseminado no Rock/Metal italiano, o Signs Preyer faz uma música diferenciada do que se é comum na terra da bota. Esse é o primeiro disco da banda, que foi idealizada pelo guitarrista Eric Dust e pelo vocalista Ghode Wielandt.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O que temos em mãos é um trabalho diversificado que abrange diversos gêneros. As músicas possuem elementos que vão do Hard Rock, passando pelo Prog e esbarrando no Southern Metal. Tudo muito bem equilibrado e ainda contendo uma veia alternativa e, surpreendentemente, mantendo as características da banda.

Desde as guitarras ‘meio’ sujas e com uma boa dose de peso, passando pela cozinha densa e versátil, até os vocais variados (com vocal limpo, rouco, semi-gutural,etc.), o Signs Preyer se sai muito bem, fazendo com que o conjunto da obra deste debut resulte em algo de muita qualidade.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Com uma produção realizada no Bonsai Records Studio, a banda atingiu uma sonoridade muito boa colocando todos os instrumentos em evidência. Das nove faixas (muito objetivas, por sinal) praticamente todas chamam atenção, dificultando destacar apenas uma. Um ótimo disco!

https://www.facebook.com/SignsPreyer

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Pink Floyd: a história por trás de AnimalsPink Floyd
A história por trás de "Animals"

Hard Rock: As 100 maiores bandas do estilo segundo a VH1Hard Rock
As 100 maiores bandas do estilo segundo a VH1


Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Cli336 Goo336 Goo336 Cli336