Matérias Mais Lidas

imagemA fundamental diferença entre Paulo Ricardo e Schiavon que levou RPM ao fim

imagemSystem of a Down: por que Serj Tankian não joga mais nenhum vídeo game?

imagemO clássico dos Rolling Stones que levou mais de 30 anos para ser tocado ao vivo

imagemA simpatia de James Hetfield ao conversar com pais de bebê que nasceu durante show

imagemKiko Loureiro defende surgimento de banda que seria "Greta Van Fleet do Iron Maiden"

imagemRitchie Blackmore revela como o impactou a chegada de Jimi Hendrix na Inglaterra

imagemOzzy Osbourne dá sua opinião sobre o streaming e dispara contra Spotify; "É uma piada"

imagemOzzy Osbourne diz que está bem aos 73 anos, mas sabe que sua hora vai chegar

imagemOzzy Osbourne é visto caminhando com dificuldade ao sair de estúdio

imagemLuciano Hang processa vocal do Fresno e quer indenização de R$ 100 mil por danos morais

imagemA visão de Arnaldo Antunes sobre sua timidez no período da adolescência

imagemLars Ulrich diz que shows do Metallica na América do Sul foram incríveis

imagemFreddie Mercury revelou em 1985 como foi conciliar carreira solo e o Queen

imagemConfira as músicas que o Iron Maiden está ensaiando para turnê que passa pelo Brasil

imagemMetallica faz doação para complexo de saúde e educação em Curitiba


Stamp

Blackning: Um verdadeiro allstar do thrash nacional

Resenha - Order of Chaos - Blackning

Por Junior Frascá
Fonte: My Guitar
Em 05/02/15

Nota: 8

Que era de se esperar algo muito bom vindo do BLACKNING, isso era óbvio, tendo em vista a banda ser formada por um trio experiente da cena thrasher nacional: Chicão Stanich (ex-WOSLOM) no baixo, Cleber Orsioli (ex-ANDRALLS) nas guitarras e vozes, e Elvis Santos (ex-POSTWAR) na bateria. Mas que mesmo assim esse primeiro álbum dos caras surpreende pela qualidade, não há como negar!

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Com uma pegada brutal e ríspida, mesclando thrash metal, hardcore e até algo de punk, a banda nos brinda com uma sonoridade moderna e atual, mas sem deixar de lado as raízes do estilo, com instrumental muito bem trabalhado, e linhas vocais insanas e cativantes. Para se ter uma ideia, dentre as bandas cujos membros do BLACKNING fizeram parte, a que mais se assemelha à sonoridade da banda é o ANDRALLS, pela agressividade latente.

E a porradaria come solta do começo ao fim do trabalho, desde a matadora "Thy Will Be Done", faixa de trabalho do disco, até a brutal "Killing Beign Killed". Vale ainda citar como destaque a diversificada "Devouring the Weak", com uma verdadeira aula de riffs precisos, cozinha técnica, e vocais matadores.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Por fim, a banda ainda nos brinda com um ótimo cover para "Children of War", do OVERDOSE, que ficou animal!

A ótima produção do álbum, a cargo de Fabiano Penna, é outro fator que contribuiu demais para o excelente resultado final do disco, com uma ótima escolha de timbres, e uma sonoridade que embora atual, soa suja e condizente com a proposta da banda.

Sem dúvida um nome que surge com tudo rumo ao topo do estilo na cena nacional, e que certamente ainda evoluirá muita nos próximos trabalhos! Pode garantir já o seu!

Order of Chaos - Blackning
(Nacional – 2014)

Formaçao:
Cleber Orsioli - Vocals, Guitars
Francisco Stanich - Bass, Vocals
Elvis Santos - Drums, Vocals

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Track List:

1. Thy Will be Done
2. Terrorzone
3. Unleash Your Hell
4. Against All
5. Death Row
6. Silence of The Defeat
7. Devourig the Weak
8. Censored season
9. KillingBeign Killed
10. Children of War (Overdose cover)

Contato: [email protected]

Sites relacionados:
http://www.facebook.com/blackningmetal
http://www.metalmedia.com.br/blackning


Outras resenhas de Order of Chaos - Blackning

Resenha - Order of Chaos - Blackning

Resenha - Order of Chaos - Blackning

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Metal Nacional: Confira bandas que se destacaram em 2015



Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá.