Sixx A.M.: Um novo caminho para a banda

Resenha - Modern Vintage - Sixx A.M.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Jean Forrer
Enviar Correções  


Para lançar oficialmente seu terceiro e mais maduro álbum de estúdio, 'Modern Vintage', o Sixx A.M. se apresentou ao vivo pela primeira vez nos últimos 5 anos. No show que aconteceu nesta terça-feira (07), em Los Angeles, o grupo também anunciou sua primeira turnê como headliner. Como o próprio nome sugere, a ideia do disco é resgatar as influências oriundas principalmente dos anos 70 e dar a elas uma leitura moderna, e o primeiro single do álbum, 'Gotta Get It Right', já o faz. Lançada em agosto, a música escancara a influência de Queen logo na introdução. Pode parecer ambicioso o projeto conceitual de tentar resgatar o espírito dos anos 70 em um disco moderno, mas o Sixx A.M. o fez com naturalidade.

Slash: A lição aprendida após espalhar que Paul Stanley era gay

Dinho Ouro Preto: "É assustador ver todo o rock ficar de direita"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O fato de 'Modern Vintage' ser o primeiro disco da banda gravado por um baterista de verdade (Jeff Fabb, do Black Label Society), e não com baterias programadas, foi importante para que o álbum soasse da forma como Nikki Sixx, DJ Ashba e James Michael ambicionavam. "Foi a primeira vez que sentimos que era importante capturar aquela vibração de grande álbum, e trazer um baterista para gravar ao vivo realmente fez uma grande diferença. Ele trouxe a todo álbum e às músicas um respiro, um ar fresco", disse Ashba em entrevista ao Blabbermouth.

E por falar em Ashba, 'Stars', a primeira faixa do disco, começa com um riff de guitarra enérgico bem característico dele. A música também chama atenção pela linha vocal de personalidade e pelo refrão forte e marcante. 'Relief' é outra faixa onde a guitarra de Ashba se destaca e soa 'pra frente', como em um show ao vivo.

O cover da música 'Drive', da banda new wave do final dos anos 70, The Cars, deve surpreender os fãs. Com uma introdução lenta de piano, que serve de cama para a letra melancólica, a versão do Sixx A.M. para a canção clássica ajuda a cumprir a promessa de um disco que viaja pelo tempo misturando o novo com o velho.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Depois de lançar dois àlbuns que serviram como trilha sonora para livros cuja a inspiração eram temas pesados (o vício em drogas de Nikki Sixx e o conceito de bullying), músicas como 'Give Me a Love', 'Get Ya Some' and 'Miracle', que passeiam pelo hard rock, blues e funk, fazem de 'Modern Vintage' um disco mais "pra cima" e merecem ser destacadas. "Sentimos como se em 'The Heroin Diaries' e 'This is Gonna Hurt' nós tivéssemos exposto várias feridas e falado sobre como nos curarmos delas, mas sem ter tido a chance de realmente comemorar. Por isso acho que esse álbum é uma espécie de celebração", explicou Nikki Sixx à Revolver Magazine.

É possível que os fãs mais radicais de Mötley Crüe e Guns N' Roses repudiem o álbum por conta do lado 'Modern' que abre um novo caminho para o Sixx A.M., com a mistura de rock progressivo, hard rock e música eletrônica, mas a proposta de resgatar e dar nova roupagem ao 'Vintage' foi cumprida em cada uma das canções com uma liberdade criativa admirável. Vale ouvir de mente aberta.

(Por Mariana Schittini)




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


DJ Ashba: não me vejo voltando ao Guns N' Roses nunca maisDJ Ashba
"não me vejo voltando ao Guns N' Roses nunca mais"

Nikki Sixx: eu mesmo me deixo doenteNikki Sixx
"eu mesmo me deixo doente"


Slash: A lição aprendida após espalhar que Paul Stanley era gaySlash
A lição aprendida após espalhar que Paul Stanley era gay

Dinho Ouro Preto: É assustador ver todo o rock ficar de direitaDinho Ouro Preto
"É assustador ver todo o rock ficar de direita"


Sobre Jean Forrer

Publicitário por formação e jornalista por profissão, trabalha transformando informação em arte. Além disso, é baterista há 14 anos e viciado em música.

Mais matérias de Jean Forrer no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280