Porcupine Tree: Belo disco, mesmo sem o brilhantismo de outrora

Resenha - Incident - Porcupine Tree

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Marcos Aurélio
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 7


Desde o aclamado In Absentia todos lançamentos do PORCUPINE TREE vem sendo muito esperados por seus fãs, apesar de algumas discordancias a banda conseguiu agradar a maioria com os discos seguintes. Porém, parece que na época de seu lançamento a ousadia do projeto décimo disco de estúdio da banda "The Incident" deixou os fãs ainda mais ansiosos.

Rolling Stone: revista elege melhores faixas de álbuns ruinsGuns N Roses: Bon Jovi fez com Steven Tyler o que ele fez com Axl

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"The Incident" é um disco conceitual que tem como tema principal como acidentes afetam as pessoas em geral, o disco é composto por praticamente uma só música que é dividida em outras 14 seções quais vão se interligando dando a impressão de ser uma única longa música de 55 minutos.

Como era de se esperar a maioria dos elementos que marcaram o som da banda recentemente estão presentes no disco: os pesados e diretos riffs de guitarra, longas passagens instrumentais tanto quanto as mais intricadas e pesadas quanto as mais etéreas recheadas de teclados, além de toda a sensibilidade pop com algumas baladas repletas de belas melodias.

A duração das faixas variam desde a pequenos interlúdios com pouco mais de um minuto até a canções mais longas como peça central do disco Time Flies com seus quase 12 minutos. Certos momentos do disco a banda soa meio perdida e desinspirada, principalmente nas faixas mais curtas, mas é nas faixas mais longas que a banda mostra todo o seu potencial e qualidade.

Algumas faixas podem ser destacadas individualmente, como: "Drawing the Line" com seu refrão grudente e clima bem para cima, a já mencionada "Time Flies" que lembra bastante a fase "Animals" do PINK FLOYD (aposto que foi a intenção), o contraste de "Octane Twisted" (que dá nome ao disco ao vivo da turnê do álbum) que vai de momentos mais calmos até a quebradeira instrumental e a bela balada que encerra o disco, "I Drive the Hearse". Apesar desses destaques, a maioria das vezes não se percebe que as faixas estão passando o que torna a audição do disco bastante agradável.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Para a alegria dos fãs além do disco principal The Incident ainda trás um segundo disco, na duração de um EP, sem relação direta ao conceito das letras do primeiro disco e nem entre si. As faixas desse segundo disco mantém o bom nível do álbum, principalmente a bem estranha "Bonnie the Cat".

Talvez a audácia da banda de lançar um disco conceitual composto de só uma música pode ter assustado e desapontado alguns fãs mas não pode-se deixar de elogiar uma banda que mesmo com mais de 20 anos de carreira continua sempre experimentando sem repetir uma mesma fórmula na exaustão. Um belo disco, mesmo sem o brilhantismo de outrora ainda é uma audição muito recompensadora.

Disco 1: 55:08
1. The Incident
I. Occam's Razor (1:55)
II. The Blind House (5:47)
III. Great Expectations (1:26)
IV. Kneel and Disconnect (2:03)
V. Drawing the Line (4:43)
VI. The Incident (5:20)
VII. Your Unpleasant Family (1:48)
VIII. The Yellow Windows of the Evening Train (2:00)
IX. Time Flies (11:40)
X. Degree Zero of Liberty (1:45)
XI. Octane Twisted (5:03)
XII. The Séance (2:39)
XIII. Circle of Manias (2:18)
XIV. I Drive the Hearse (6:41)

Disco 2: 20:34
1. Flicker (3:42)
2. Bonnie the Cat (5:45)
3. Black Dahlia (3:40)
4. Remember Me Lover (7:28)

Tempo total: 75:42




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Porcupine Tree"


Greta Van Fleet: horríveis, piada, boy band, imitação grosseira do Led ZeppelinGreta Van Fleet
"horríveis, piada, boy band, imitação grosseira do Led Zeppelin"

Classic Rock: os 50 maiores álbuns de rock progressivoClassic Rock
Os 50 maiores álbuns de rock progressivo


Rolling Stone: revista elege melhores faixas de álbuns ruinsRolling Stone
Revista elege melhores faixas de álbuns ruins

Guns N Roses: Bon Jovi fez com Steven Tyler o que ele fez com AxlGuns N Roses
Bon Jovi fez com Steven Tyler o que ele fez com Axl


Sobre Marcos Aurélio

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280