Epica: Uma linhagem de forte orquestra e heavy metal

Resenha - Quantum Enigma - Epica

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Danilo Oliveira
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 8


"The Quantum Enigma" é o sétimo álbum de estúdio dos holandeses, procedendo "Requiem for the Indifferent". É um álbum de grande potencial; que, embora não traz a melhor da fase da banda, satisfaz muito os fãs e até ouvintes menos fiéis.

Epica: Simone Simons ergue bandeira LGBTQ+ durante show em São PauloVinil: quais são os dez discos mais valiosos do mundo?

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A introdução do álbum, "Originem", é boa. Mas, nada igual a introdução do Divine Conspiracy, "Indigo". "The Second Stone" e "The Essence of Silence" não chamam atenção. The Essence of Silence tem a pegada marketing do álbum; boazinha. O técnico do álbum está bacana, a pegada entre orquestra, guitarra e coro ficou legal. Menos a voz da Simone, que está uma porcaria.

Está um álbum bem bonito de se ouvir, também. Fica evidente em "Victims of Contingency". "Sense Without Sanity" fica bonita nas partes lenta. "Unchain Utopia" entra triunfal, bonita mesmo, com o coro arrebentando.

Unchain Utopia é, realmente, bem épica e bonita.

O álbum tem toda uma pegada indiana/ oriental. Essas bandas (symphonic metal) sempre fazem essas coisas ficarem bem artificiais pela falta de experiência. "The Fifth Guardian" mostra isso, faixa instrumental do álbum. Um pouquinho careta.

A voz da Simone ainda não está boa. Mas tem seus momentos, ao menos, na "Chemical Insomnia".

O coro dos caras, como sempre, de parabéns. Nesse quesito, eles batem o Nightwish. Senti o primeiro riff de guitarra em "Reference". No meio de tanta orquestra, é de se entender a falta de espaço para os riffs. Mas, há um bom equilíbrio entre a orquestra e o heavy metal. A orquestra tem mais função de peso do que de emoção no álbum.

"Omen" traz bons momentos ao álbum. Mark entra na hora certa com seu gutural smeagol.

"Canvas of Life" tem uma falha técnica no começo, reparem: o teclado para junto com o chiado da música. O chiado era pra continuar, pois deu a impressão que a música parou. Falta de profissionalismo da parte dos caras. Mas, graças a deus, está tudo muito melhor do que o antecessor Requiem for the Indifferent.
Enfim, faixa até legal; gostei do encerramento do teclado, tem um tênue maquiavélico.

Simone Simons, definitivamente, esqueceu que é cantora de heavy metal.

"Natural Corruption" não anima como penúltima faixa.

Simone pensando que é a Britney Spears mais do que nunca em "The Quantum Enigma". Essa é a faixa premium, isto é, aquela gigante que sempre tem nos álbuns de symphonic metal. A faixa não é ruím, traz lances até bons, mas sempre detestei essas faixas longas do Epica. Os únicos que fazem faixas longas e boas é o Nightwish, as do Epica são sempre uma chatice. Sempre. Eles, tipo que, se sentem obrigados a fazerem uma faixa longa pro álbum, sem ter a inspiração pro desenvolvimento desta. Eu pensei que a faixa ia seguir a pegada da primeira parte de Kingdom of Heaven, do álbum "Design Your Universe". Fiquei até empolgado! Só que não. Mas fecha o álbum com certa maestria.

É um bom álbum do Epica. Mostra uma produção onerosa, parecida com a do Design Your Universe, só que menos criativa nas melodias. Eu realmente sinto muita falta do lírico da Simone. Eu dispenso o Epica, hoje, por causa disso. O Epica fez as orquestras ficarem ótimas nas faixas curtas, mas que enjoam no decorrer do álbum.

The Quantum Enigma tem uma linhagem de forte orquestra e heavy metal.

Track List:

1-Originem (Intro)
2-The Second Stone
3-The Essence Of Silence
4-Victims Of Contingency
5-Sense Without Sanity (The Impervious Code)
6-Unchain Utopia
7-The Fifht Guardian (Interlude)
8-Chemical Imsomnia
9-Reverence (Living In The Heart)
10-Omen (The Ghoulish Malady)
11-Canvas Of Life
12-Natural Corruption
13-The Quantum Enigma (Kingdom Of Heaven Parte II)


Outras resenhas de Quantum Enigma - Epica

Epica: Chegando ao ápice da carreira com novo álbumEpica: Uma banda energética e em boa faseEpica: "The Quantum Enigma", modernizando o erudito

Epica: The Quantum Enigma surpreende com peso e modernidadeEpica
The Quantum Enigma surpreende com peso e modernidade




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Epica"


Epica: Simone Simons ergue bandeira LGBTQ+ durante show em São PauloEpica
Simone Simons ergue bandeira LGBTQ+ durante show em São Paulo

Galeria - Epica (Tropical Butantã, São Paulo, 26/10/2019)Epica: lançada versão gold deluxe do clássico Design Your Universe e novo videoclipeEpica no Brasil: contagem regressiva para turnê histórica no Brasil

Rock e Metal: as vozes da nova geraçãoRock e Metal
As vozes da nova geração

Symphonic Metal: As dez cantoras mais influentes e impressionantesSymphonic Metal
As dez cantoras mais influentes e impressionantes


Vinil: quais são os dez discos mais valiosos do mundo?Vinil
Quais são os dez discos mais valiosos do mundo?

Black Sabbath: um Tony Iommi que você não conheciaBlack Sabbath
Um Tony Iommi que você não conhecia


Sobre Danilo Oliveira

Paulistano, estudante e apaixonado por música. Rockeiro porque curte música boa. Seu primeiro rock foi o Nightwish. Hoje, além do heavy metal, curte muito a passagem da música nos anos 80.

Mais matérias de Danilo Oliveira no Whiplash.Net.

adGoo336