Epica: Chegando ao ápice da carreira com novo álbum

Resenha - Quantum Enigma - Epica

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Junior Frascá
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 9


Sem dúvida um dos maiores (senão o maior) expoentes atual do gothic/symphonic metal (embora esta definição já não seja mais tão precisa para qualificar o som da banda), o EPICA vive uma fase realmente extraordinária desde o lançamento do excelente "The Divine Conspiracy". E agora os holandeses chegam ao seu ápice evolutivo com "The Quantum Enigma", uma verdadeira obra de arte da música pesada.

Epica: Simone Simons ergue bandeira LGBTQ+ durante show em São PauloHeavy Metal: 25 bandas que fizeram o gênero ser o que é

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Mantendo intacto todas as características marcantes de sua sonoridade, o EPICA desta vez conseguiu atingir um equilíbrio perfeito entre a agressividade e a melodia, entre os elementos progressivos incorporados nos últimos anos e os momentos mais simples e emotivos, culminando em uma material maduro, coeso e muito cativante.

Um exemplo caro dessa harmonia sonora pode ser constatado em "Victims of Contingency", cujos riffs chegam a remeter ao thrash metal, contrastando com arranjos sinfônicos belíssimos, e linhas vocais que vão do gutural ao lírico, de forma natural. Alias, vale mencionar a performance de Simone em todo o álbum, com interpretações marcantes e que se revelam com as melhores de toda sua carreira.

Liricamente, o álbum também trata de temas muito interessantes. Recentemente tive a oportunidade de entrevistar o líder Mark Jansen para a edição 19 da revista online Hell Divine, que explicou que embora o disco não seja conceitual, todas as faixas abordam o tema comum do Enigma Quântico, que tramita entre a física e a filosofia.

A produção do álbum também é excelente, graças ao trabalho com o novo produtor Joost van den Broek, que conseguiu extrair toda a excelência do som da banda de forma clara e cristalina, mas condizente com o clima mais pesado do álbum.

A capa, por sua vez, também é belíssima, e representa na parte superior, acima da superfície, o que as pessoas podem ver, e abaixo dela um mundo muito maior e complexo, até então desconhecido.

Ou seja, trata-se de uma obra excepcional, que retrata uma banda no ápice de sua carreira, e ainda ascendendo. Imperdível!

The Quantum Enigma - Epica
(Nuclear Blast - 2014 - Importado)

1. Originem
2. The Second Stone
3. The Essence of Silence
4. Victims of Contingency
5. Sense Without Sanity - The Impervious Code -
6. Unchain Utopia
7. The Fifth Guardian - Interlude -
8. Chemical Insomnia
9. Reverence - Living in the Heart -
10. Omen - The Ghoulish Malady -
11. Canvas of Life
12. Natural Corruption
13. The Quantum Enigma - Kingdom of Heaven Part II -


Outras resenhas de Quantum Enigma - Epica

Epica: Uma linhagem de forte orquestra e heavy metalEpica: Uma banda energética e em boa faseEpica: "The Quantum Enigma", modernizando o erudito

Epica: The Quantum Enigma surpreende com peso e modernidadeEpica
The Quantum Enigma surpreende com peso e modernidade




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Epica"


Epica: Simone Simons ergue bandeira LGBTQ+ durante show em São PauloEpica
Simone Simons ergue bandeira LGBTQ+ durante show em São Paulo

Galeria - Epica (Tropical Butantã, São Paulo, 26/10/2019)Epica: lançada versão gold deluxe do clássico Design Your Universe e novo videoclipeEpica no Brasil: contagem regressiva para turnê histórica no Brasil

Fotos de Infância: Simone Simons muito antes da famaFotos de Infância
Simone Simons muito antes da fama

Epica: interpretação detalhada de Cry for the MoonEpica
Interpretação detalhada de "Cry for the Moon"


Heavy Metal: 25 bandas que fizeram o gênero ser o que éHeavy Metal
25 bandas que fizeram o gênero ser o que é

Pink Floyd: The Wall é uma obra de arte conceitualPink Floyd
The Wall é uma obra de arte conceitual


Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.

adGoo336