Deep Purple: Não tão forte como Made In Japan, mas brilhante

Resenha - Made In Europe - Deep Purple

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Matheus Cavalheiro
Enviar Correções  


Em 2012, todos nós apaixonados pelo Rock N' Roll lemos ou assistimos mais uma daquelas notícias que detestamos demais... A de quando um excelente artista nos deixa. Jonathan Douglas "Jon" Lord lendário tecladista do banda Deep Purple, faleceu dia 16/07/2012.

Deep Purple: vídeo colorido ao vivo de "Lucille" em 1972, promovendo o "Machine Head"MMA: os lutadores que curtem Rock e Heavy Metal

É difícil aceitar que todos aqueles que nós ouvimos em nossos discos, todos aqueles que acompanhamos em tours mundiais e shows maravilhosos, um dia sem mais nem menos nos deixam e nos fazem sentir o peso do tempo sobre todos nós. Esta resenha eu escolhi não só como homenagem a Jon, mas escolhi também falar sobre um disco do Purple que eu tenho como um dos mais legais. Um disco diferente e que acredito as vezes não ter a merecida atenção a qual lhe é merecida. O excelente 'Made In Europe' que conta com canções dos discos 'Burn' - (1974) e 'Stormbringer' - (1974).

Este disco apresenta a banda em sua formação antes do "fim" no final dos 70's com o seguinte line-up: um desconhecido David Coverdale (Vocal), Ritchie Blackmore (Guitarras), Glenn Hughes (Baixo / Vocal), Jon Lord (Teclado) e Ian Paice (Bateria). Por mais que o disco seja curto (5 faixas ao todo) a banda vai bem longe em 'jams' sobrenaturais como "You Fool No One" onde o já saudoso Lord ganha os holofotes no decorrer dos 16 minutos de canção, "Mistreated" que conta com uma interpretação maravilhosa de Coverdale junto aos solos de Blackmore, além de um medley com "Rock Me Baby" um Blues clássico na voz de B.B. King.

Enquanto as duas faixas já citadas seguem uma linha mais técnica, a clássica "Stormbringer" e a furiosa e subestimada "Lady Double Dealer" são Hard Rocks de primeiríssima qualidade com riffs certeiros. Esta última nunca mais vi ser tocada em canto nenhum sem ser neste disco. Acredito que a banda poderia ter aproveitado mais músicas desta fase da banda mesmo no retorno de Ian Gillan em 'Perfect Strangers' - (1984).

Faltou uma não? Com certeza... Mas é que "Burn" merece um destaque especial, principalmente pelo solo de teclado antológico de Lord, que serve de ponte para Ritchie Blackmore fazer bonito. Confesso que 'Made In Europe' não é o favorito de muitos fãs do Purple (90% prefere o 'Made In Japan'), mas sempre foi um disco que curti muito! Um disco que mostra a banda em uma roupagem totalmente diferente de álbuns como 'In Rock' - (1970), 'Fireball' - (1971) e 'Machine Head' - (1972), testando novos horizontes musicais. Outro que lhes recomendo desta fase é o sensacional 'Come Taste The Band' - (1975) que conta com o também falecido Tommy Bollin.

Descanse em paz Jon! Será sempre lembrado!

TRACKLIST:

01. "Burn" - (7:32)
02. "Mistreated" / "Rock Me Baby" - (11:32)
03. "Lady Double Dealer" - (4:15)
04. "You Fool No One" - (16:42)
05. "Stormbringer" - (5:38)




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Deep Purple: vídeo colorido ao vivo de Lucille em 1972, promovendo o Machine HeadDeep Purple
Vídeo colorido ao vivo de "Lucille" em 1972, promovendo o "Machine Head"

Deep Purple: Ian Paice explica porque banda não toca músicas da era CoverdaleDeep Purple
Ian Paice explica porque banda não toca músicas da "era Coverdale"

Deep Purple: vídeo de ensaio do novo single, Throw My BonesDeep Purple
Vídeo de ensaio do novo single, "Throw My Bones"

Deep Purple: 25 minutos de um set incendiário de 1969 no canal oficialDeep Purple
25 minutos de um set incendiário de 1969 no canal oficial

Whitesnake: Biografia de David Coverdale é lançada no Brasil

Deep Purple: vídeo oficial de performance em Minneapolis, junho de 2001Deep Purple
Vídeo oficial de performance em Minneapolis, junho de 2001

Deep Purple: vídeo mostra performances de 1999 em Buenos AiresDeep Purple
Vídeo mostra performances de 1999 em Buenos Aires

Deep Purple: Ouça música nova da banda, "Man Alive"

Deep Purple: assista ao clipe de Man Alive, mais uma do próximo álbumDeep Purple
Assista ao clipe de "Man Alive", mais uma do próximo álbum

Deep Purple: A resenha no encarte da coletânea The Many Faces of Deep PurpleDeep Purple
A resenha no encarte da coletânea The Many Faces of Deep Purple


O Suprassumo do Superestimado: os 11 mais (ou menos) internacionaisO Suprassumo do Superestimado
Os 11 mais (ou menos) internacionais

Separados no nascimento: Ritchie Blackmore e Mr. BeanSeparados no nascimento
Ritchie Blackmore e Mr. Bean


MMA: os lutadores que curtem Rock e Heavy MetalMMA
Os lutadores que curtem Rock e Heavy Metal

Red Hot Chili Peppers: as melhores músicas segundo o LoudwireRed Hot Chili Peppers
As melhores músicas segundo o Loudwire


Sobre Matheus Cavalheiro

Matheus Cavalheiro é mega-fanzaço não só de Rock N' Roll mas da boa música em geral. Curte desde Marvin Gaye e Miles Davis até Slayer e Alice In Chains, afinal a música é excelente em diversos aspectos! É o dono do canal Café Cavalheiro no YouTube.

Mais matérias de Matheus Cavalheiro no Whiplash.Net.

adWhipDin adWhipDin adWhipDin