Matérias Mais Lidas

Angra: A gente demorou pra tirar o Aquiles da banda, afirma Felipe AndreoliAngra: "A gente demorou pra tirar o Aquiles da banda", afirma Felipe Andreoli

Judas Priest: Rob Halford escreveu carta tocante e sincera pedindo para voltar à bandaJudas Priest: Rob Halford escreveu carta tocante e sincera pedindo para voltar à banda

Paulo Baron: empresário fala sobre cobrar para bandas tocarem; palco custa dinheiroPaulo Baron: empresário fala sobre cobrar para bandas tocarem; "palco custa dinheiro"

Kiss: Brian May, do Queen, surpreende ao escolher sua música favorita da bandaKiss: Brian May, do Queen, surpreende ao escolher sua música favorita da banda

Red Hot Chili Peppers: veja primeira foto oficial após volta de John FruscianteRed Hot Chili Peppers: veja primeira foto oficial após volta de John Frusciante

Kiss: empresário revela quando será o último show do grupo, mas tem um porémKiss: empresário revela quando será o último show do grupo, mas tem um porém

Rock in Rio 2022: quantos dias do festival serão dedicados ao rock, segundo jornalistaRock in Rio 2022: quantos dias do festival serão dedicados ao rock, segundo jornalista

Rob Halford: Metal God escolhe música do Sabbath como a maior de todos os temposRob Halford: Metal God escolhe música do Sabbath como a maior de todos os tempos

Iron Maiden: não gostar de Senjutsu não te torna menos headbanger que ninguémIron Maiden: não gostar de "Senjutsu" não te torna menos headbanger que ninguém

Kiss: Gene Simmons posta notícia de Bolsonaro comendo pizza em calçada de Nova YorkKiss: Gene Simmons posta notícia de Bolsonaro comendo pizza em calçada de Nova York

Guns N' Roses: veja quanto custava uma cópia de Use Your Illusion no dia do lançamentoGuns N' Roses: veja quanto custava uma cópia de "Use Your Illusion" no dia do lançamento

Slipknot: Corey Taylor diz que morte de Joey Jordison foi uma maldita tragédiaSlipknot: Corey Taylor diz que morte de Joey Jordison foi uma "maldita tragédia"

Angra: Pela 1ª vez, Aquiles Priester conta em detalhes como e por que foi demitidoAngra: Pela 1ª vez, Aquiles Priester conta em detalhes como e por que foi demitido

Deep Purple: banda lançará disco de covers em novembroDeep Purple: banda lançará disco de covers em novembro

Judas Priest: Tudo que eu quero na música vem dessa banda, afirma Rob HalfordJudas Priest: "Tudo que eu quero na música vem dessa banda", afirma Rob Halford


Tunecore 2

Panzer: consolidou-se no cenário brasileiro por sua sonoridade

Resenha - Brazilian Threat - Panzer

Por Erik Castro
Em 03/01/13

Nota: 10

Em atividade há quase duas décadas, o PANZER já é velho conhecido do underground nacional. Formada em 1992, em São Paulo, capital, o grupo passou por um longo período de hiato, tendo anunciado oficialmente o fim de suas atividades em 2003. Com os discos Inside (1999) e The Stronghest (2001), o Panzer consolidou-se como uma das maiores referências do cenário brasileiro, galgando críticas positivas e reconhecimento internacional por sua sonoridade particular, associando elementos do Thrash Metal ao Stoner e ainda aspectos pontuais de Heavy Metal Tradicional e do Hard Core Nova-iorquino. Em 2012, o grupo paulista anuncia seu retorno e nos brinda com o petardo Brazilian Threat, uma compilação de todos os elementos que fizeram do PANZER uma grande banda.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Abrindo o disco com todo o gás, "Burden Of Proof" mostra um Panzer fiel às suas proposições, mantendo a agressividade e os riffs frenéticos de The Stronghest. A banda trabalha com uma cozinha coesa e bem eficiente, potencializando ainda mais o peso da composição, que abre como um Thrash Metal que incorpora os elementos seminais para o estilo durante o final da década de oitenta, emanando peso de forma certeiro, com um timbre de guitarra matador. Em contraponto, a composição passa por uma mudança de direcionamento que soa como um verdadeiro ode ao segundo disco do grupo paulista, com uma pegada bem mais stoner, de riffs inspirados e uma ótima cadencia, enfatizando ainda a riqueza dos arranjos vocais, que resgatam com nostalgia o Panzer do início da última década.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

A segunda faixa do disco é conhecida dos fãs do Panzer. "Red Days", que estava presente em The Stronghest, é apresentada aqui com uma repaginada que consegue superar sua versão original. Nesta versão, a banda mostra mais peso, vocais com aquela entonação típica do Stoner Metal e um toque sútil de TESTAMENT do fim dos anos 90. O trabalho de bateria e de voz mostra-se bem mais apurado em relação a sua versão anterior, além do fato da produção deste atual trabalho ser bem melhor, permitindo que tudo seja ouvido em detalhes. O clima "sabbathico" da antiga "Red Days" cede lugar a uma raiva exponencial contida nos vocais de Rafael Moreira. E por falar em BLACK SABBATH, a banda resgata o riff antológico da clássica "Heaven&Hell", engrandecendo ainda mais a composição.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Fechando o disco, "Hastening To Death", que logo de cara lembra KYUSS em sua época áurea, com uma bateria dinâmica e riffs de construção clássica que remetem ainda ao Heavy Metal Tradicional. Mais uma vez, o PANZER esbanja criatividade e competência, conferindo diferentes ambientações, associando momentos cadenciados com muito peso e alternando entre passagens mais densas e brutais. Fechando este registro com chave de ouro, "Hastening To Death" tem um desfecho que deixa o ouvinte aturdido de imediato, com a expectativa de que algo ainda mais poderoso está por vir.

Sem dúvidas, um dos lançamentos mais poderosos deste ano, carregado da mesma vivacidade que a banda sempre demonstrou em todos os seus anos de atividade. Um dos precursores do chamado "Thrash Metal moderno", o Panzer honra todo o respaldo associado ao seu nome. Agora como um quarteto, o grupo explora ainda melhor seu potencial criativo, que pode ser conferido neste registro de forma cristalina, graças à excelente produção que recebeu. Vale ainda ressaltar que este registro foi gravado em take único, conferindo um carater mais orgânico, que já é característico dos trabalhos do grupo. Longa vida ao PANZER e toda a sua ferocidade e que mais um excelente trabalho suceda Brazilian Threat. Ficamos na expectativa!

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Brazilian Threat - Dezembro de 2012
Panzer - Thrash/Stoner Metal - São Paulo/SP

Line Up
Rafael Moreira - Vocais
André Pars - Guitarras
Rafael DM- Baixo
Edson Graseffi - Bateria

Gravado no estúdio Mr. Som, São Paulo, entre Novembro e Dezembro de 2012
Produzido por Panzer e Henrique Baboom; mixado e masterizado por Henrique Baboom

Set List
01 - Burden Of Proof - 03:18
02 - Red Days - 02:06
03 - Hastening To Death - 03:33

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Metallica: por que 9 entre 10 fãs odeiam Load e Reload?Metallica
Por que 9 entre 10 fãs odeiam "Load" e "Reload"?

Out: os 100 álbuns mais gays de todos os tempos segundo a revistaOut
Os 100 álbuns mais gays de todos os tempos segundo a revista


Sobre Erik Castro

Erik Castro, 23 anos, residente em Fortaleza - CE, é professor de Artes Visuais e trabalha paralelamente com design, modelismo e ilustração. Apaixonado por Rock e Heavy Metal, está inserido na cena underground cearense desde 2007 com projetos de direcionamentos variados. Academicamente pesquisa sobre estética, imaginário social e práticas urbanas. Musicalmente, tem maior afeição por Metal Extremo, com ênfase no Doom, Death e Black Metal.

Mais matérias de Erik Castro.