Plector: segue os caminhos do Death com influência Thrash

Resenha - Punishmente Day - Plector

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Material saindo do forno, este "Punishmente Day" é o segundo trabalho oficial dos suecos do Plector. Atualmente com Erik Engbo (vocal/guitarra), o recém recrutado Patrik Wall (baixo, Apostasy) e Vilhelm Norberg (bateria), o power trio segue os caminhos brutais do Death Metal com fortes referências Thrash (principalmente nos riffs de guitarra).
5000 acessosLemmy Kilmister: A opinião da lenda sobre Sharon Osbourne e Iron Maiden5000 acessosGhost: qual a identidade secreta de Papa Emeritus?

Difícil acreditar que apenas três seres humanos fazem tamanho estrondo, já que o som do grupo é carregado e possui técnica elevada. O trabalho da guitarra engloba riffs técnicos e bem elaborados, além de ótimos solos, sendo que a cozinha é intrincada com um baixo muito técnico e bateria bem variada.

Os vocais de Erik seguem a linha gutural, lembrando os típicos urros de bandas atualmente rotuladas como Brutal Death Metal. É interessante notar que, apesar de alguns 'blasts beats', a toada das composições não se baseiam apenas na velocidade. Quebradas bem interessantes sempre surgem, deixando um leve toque Prog Metal transparecer.

Ouça de imediato a 'sepulturiana' No Reward, a ultra pesada e cadenciada Dishonesty, onde a banda destila toda sua técnica com ótima variação e baixo perfeito. Além dessas, posso destacar a brutal Postal (dá-lhe 'blasts beats') e a pesada e dramática The Ending (solo espetacular). Não posso deixar de mencionar Devotion, que possui riffs que poderiam ter sido criados pelo Sr. Dave Mustaine.

O Plector já dividiu o palco com nomes como Meshuggah e Unleashed. O trabalho foi gravado no Toontrack Studios, masterizado e mixado por Ronnie Björnström (Zonaria, Apostasy) no Garageland Studios, o que resultou numa ótima produção. É, a Suécia ainda faz grandes bandas de Metal extremo.

http://www.reverbnation.com/plector
http://www.myspace.com/plector
http://www.facebook.com/plectorofficial

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Plector"

Lemmy KilmisterLemmy Kilmister
A opinião da lenda sobre Sharon Osbourne e Iron Maiden

GhostGhost
Qual a identidade secreta de Papa Emeritus?

O amorO amor
10 músicas para roqueiros apaixonados

5000 acessosÔôôôôeeee: Sílvio Santos aprova montagem com Steve Harris5000 acessosDuff McKagan: Anestesias não funcionam mais no baixista5000 acessosIron Maiden: veja a banda como você não gostaria de vê-la5000 acessosAndy Warhol: da Colagem à Formatação do Kaos3669 acessosBaixistas: vídeo mostra os 10 maiores da história do Rock e Metal5000 acessosKiss: O segredo da maquiagem da banda

Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online