Church of Satan: "A maioria dos músicos de Black Metal são cristãos"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por João Renato Alves, Fonte: Imhotep
Enviar Correções  

O site norueguês Imhotep conduziu em 2008 uma entrevista com o Reverendo David Harris, representante da Church of Satan (Igreja de Satã). Em um momento da conversa ele fala sobre os atos de vandalismo realizados por bandas de Black Metal contra igrejas e a postura contraditória de alguns desses músicos.

publicidade

Imhotep: Muitas bandas de Death e Black Metal se consideram satanistas simplesmente porque andam por aí com cruzes invertidas no pescoço. Ainda há as bandas da Escandinávia que, na década de 90, queimavam igrejas locais. Como o senhor, ou a Igreja de Satã, sentem-se em relação a essas ações?

publicidade

David Harris: "Esses caras claramente não praticam satanismo, e sim adoração ao demônio. A maioria desses músicos de Black Metal que usam maquiagens e queimam igrejas são, na verdade, cristãos, já que veneram a representação do mal que foi criada pelas doutrinas cristãs. São apenas idiotas que querem aparecer. Sem contar que eles estão causando danos a uma propriedade alheia, podendo acabar presos, o que certamente não leva ninguém a um estilo de vida produtivo. Então, não se engane, se você queima igrejas é um imbecil, e não um satanista".

publicidade

A entrevista completa (em inglês) pode ser lida aqui.


WhiFin WhiFin WhiFin