Matérias Mais Lidas

Iron Maiden: debilitado, Paul Di'Anno depende de vaquinha virtual para fazer cirurgiaIron Maiden
Debilitado, Paul Di'Anno depende de vaquinha virtual para fazer cirurgia

Snowy Shaw: ex-King Diamond se oferece para substituir Marko Hietala no NightwishSnowy Shaw
Ex-King Diamond se oferece para substituir Marko Hietala no Nightwish

Rodolfo Abrantes: O sonho da minha mãe era eu voltar aos RaimundosRodolfo Abrantes
"O sonho da minha mãe era eu voltar aos Raimundos"

Nirvana: Kurt Cobain cuspiu no piano de Elton John pensando ser de Axl Rose.Nirvana
Kurt Cobain cuspiu no piano de Elton John pensando ser de Axl Rose.

Metallica: TikToker que calou haters na guitarra agora tem patrocínio da Sully GuitarsMetallica
TikToker que calou haters na guitarra agora tem patrocínio da Sully Guitars

Carlinhos Brown: ele diz que provocou garrafadas no Rock in Rio 2001 e explica razãoCarlinhos Brown
Ele diz que provocou garrafadas no Rock in Rio 2001 e explica razão

Nirvana: por que, até hoje, Dave Grohl não canta músicas da bandaNirvana
Por que, até hoje, Dave Grohl não canta músicas da banda

Timo Tolkki: Ex-Stratovarius abraça teorias conspiratórias negacionistas sobre Covid19Timo Tolkki
Ex-Stratovarius abraça teorias conspiratórias negacionistas sobre Covid19

Guns N' Roses: Bumblefoot revela quais músicas mais gostava de tocar ao vivoGuns N' Roses
Bumblefoot revela quais músicas mais gostava de tocar ao vivo

Max Cavalera: O único presidente bom do Brasil foi mortoMax Cavalera
"O único presidente bom do Brasil foi morto"

Soul Station: projeto de Paul Stanley com guitarrista brasileiro lança músicaSoul Station
Projeto de Paul Stanley com guitarrista brasileiro lança música

AC/DC: Axl Rose sempre sugeria músicas esquecidas para shows (mas em cima da hora)AC/DC
Axl Rose sempre sugeria músicas esquecidas para shows (mas em cima da hora)

Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás - Parte 1
Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás - Parte 1

Osama Bin Laden: O que havia na sua coleção de cassetes?Osama Bin Laden
O que havia na sua coleção de cassetes?

A Chave do Sol: morre Rubens Gioia, ex-guitarrista da bandaA Chave do Sol
Morre Rubens Gioia, ex-guitarrista da banda


Matérias Recomendadas

Sabaton: Exército brasileiro retribuiu homenagem da banda suecaSabaton
Exército brasileiro retribuiu homenagem da banda sueca

Slipknot: Joey Jordison revela o verdadeiro motivo de sua saídaSlipknot
Joey Jordison revela o verdadeiro motivo de sua saída

Metal: as bandas e sub-gêneros mais odiados pelos metalheadsMetal
As bandas e sub-gêneros mais odiados pelos metalheads

Death On Two Legs: a declaração de ódio de Freddie MercuryDeath On Two Legs
A declaração de ódio de Freddie Mercury

Freedom of Expression: o tema do Globo RepórterFreedom of Expression
O tema do Globo Repórter

Stamp
Tunecore

Astafix: Thrash Metal bastante contemporâneo e pesado

Resenha - End Ever - Astafix

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Pierre Cortes
Enviar Correções  

8


Formado em 2009, este quarteto já conseguiu algumas façanhas logo no início de carreira. Vamos a elas. Lançam o primeiro álbum no mesmo ano da formação; conseguem boa receptividade do público e da mídia especializada; em 2010 gravam o primeiro clipe e já realizam a tour de divulgação do debut em alguns locais no Brasil, Chile e Argentina. Nada mal para quem está começando, não é mesmo?

Wally, o guitarrista/vocalista, veio do CPM 22, grupo bastante conhecido e que praticava um Hardcore melódico. Já no ASTAFIX, a proposta sonora é um pouco diferente. Eles apostam em um Thrash Metal bastante contemporâneo, que não necessariamente é rápido, mas absurdamente pesado.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Com um total de 12 músicas e pouco mais de 40 minutos de duração, "End Ever" é um ótimo trabalho. E não falo apenas da sonoridade, mas também da arte gráfica que já chama a atenção dos apreciadores da música pesada. Belíssima ilustração.

Apesar da cozinha instrumental estar bastante alinhada, o impacto maior se dá com os ótimos riffs de guitarra e com a agressividade da voz, item fundamental para uma banda que soa de maneira brutal. O ouvinte pode conferir faixas como "Red Streets", uma excelente abertura, com riffs pesados, rápidos e cheios de energia e contando também com a presença de Andreas Kisser; "Dead Forever" tem uma bateria que é bastante forte e um baixão super pesado e audível; "Seven", a melhor do álbum, tem uma pegada diferente das outras canções e me lembrou muito as boas bandas de Doom Metal, especialmente pela lentidão e obscuridade das bases de guitarra.

Além da presença de Andreas, "End Ever" traz uma série de outros convidados de peso como Paul X do MONSTER e Demian Tiguez do SYMBOLS. Sem dúvida alguma, o ASTAFIX realiza um trabalho de estreia marcante e de muito peso para o cenário da música pesada. Confira, tire suas conclusões e, mais do que tudo, observe esta banda. Vão dar muito o que falar.

Banda: Astafix
País de Origem: Brasil
Título do álbum: End Ever
Ano: 2009
Estilo: Thrash Metal
Gravadora: Independente

Line-up:

Wally – Vocal/Guitarra
Paulo Schroeber – Guitarra
Ayka – Baixo/Vocal
Adriano Daga – Bateria

Faixas:

1. Red Streets
2. Cipher
3. False Eyes
4. Dead Forever
5. Drown Your World
6. The 13TH Knot
7. End Ever
8. Seven
9. The Havoc Clutch
10. Black Blood Blight
11. Desordem e Retrocesso
12. Desert Eyes


Outras resenhas de End Ever - Astafix

Astafix: Sonoridade focada no Thrash Metal moderno

Astafix: A nova banda de Wally em nada lembra o CPM22

Astafix: Thrash capaz de surpreender o mais cético fã

Astafix: Honesto, sincero e definitivamente acima da média

Astafix: ex-CPM 22 em linha musical muito mais interessante


Baladas de Sangue
Receba novidades de Rock e Heavy Metal por Whats App


Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Metallica: Robert Trujillo e seus primos, membros de ganguesMetallica
Robert Trujillo e seus primos, membros de gangues

Tony Iommi: John Bonham quebrou a bateria de Bill WardTony Iommi
John Bonham quebrou a bateria de Bill Ward


Sobre Pierre Cortes

Pierre Cortes, paulistano, bacharelado em Publicidade e em Cinema, amante da fotografia e escrita, apreciador do Heavy Metal e todas as suas subdivisões desde o início dos anos 80, colaborador do Whiplash.Net desde 2011, Twitter - @pierrecortes.

Mais matérias de Pierre Cortes no Whiplash.Net.