Metallica: Álbum mostra agressividade, técnica e melodia

Resenha - Master Of Puppets - Metallica

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rodrigo Noé de Souza
Enviar Correções  

10


O que Ride the Lightning e Master of Puppets tem em comum? Ambos são discos do Metallica? Sim, óbvio. Mas também ambos possuem oito músicas cada um, o mesmo estilo de músicas quando comparadas faixa-à-faixa e produzidas no mesmo estúdio e produtor. Só que tem uma diferença: Master é mais composto, instrumental e liricamente, e mais maduro que o antecessor.

Metallica: como surgiu a tenebrosa versão acústica de "Blackened"

Rolling Stone: As 500 melhores músicas segundo a revista

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sem possuir faixas compostas por Dave Mustaine, o terceiro álbum do Metallica mostrou que agressividade, técnica e melodia são ingredientes certos. Deixando de lado suas influências do NWOBHM e Punk, a banda criou seu próprio universo metálico. Tendo como tema a manipulação e o controle, a faixa-título virou peça-chave do disco. Riffs sensacionais, solos impecáveis e vocais marcantes fazem dessa faixa um clássico. Mesmo com o boicote dos "conservadores" do PMRC, Master fez história.

Outros pontos fortes são as pesadas Disposable Heroes (com riffs históricos de bater cabeça!), Battery (bela introdução e poderia virar trilha de corrida), Damage Inc (descendo a lenha) e Leper Messiah, com sua crítica à tele evangelização.

Mas não é só de thrash que vive esse disco. The Thing That Should Not Be possui quantidades de riffs empolgantes (mais tarde fariam o mesmo com Sad But True) e a lírica, baseada em um conto de H.P. Lovecraft.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Marcante mesmo é a sombria Welcome home (Sanitarium), que conta a história de um paciente que sofre de psicose, mas na parte musical, Kirk Hammett dá um show de técnica. Simplesmente, o Metallica equilibrou seu trabalho, mesclando faixas pesadas e melódicas.

Está faltando algo! Sim, aquela que virou obra-prima de Cliff Burton: Orion é um épico, com direito a solo de baixo matador.

Mesmo com todo esse trabalho fenomenal, o destino pregou uma peça. em uma viagem à Suécia, o ônibus da turnê derrapou em uma estrada gelada, causando um acidente, que vitimou o baixista. em seu funeral, tocaram Orion.

Marcado pela tragédia, Master Of Puppets virou o maior clássico do Metal, rivalizando com Reign In Blood (Slayer).

Tracklist:

1-Battery
2-Master Of Puppets
3-The Thing That Should not Be
4-Welcome Home (Sanitarium)
5-Disposable Heroes
6-Leper Messiah
7-Orion
8-Damage Inc.


Outras resenhas de Master Of Puppets - Metallica

Metallica: há 34 anos, Master Of Puppets mostrava quem era a maior banda do mundoMetallica
Há 34 anos, Master Of Puppets mostrava quem era a maior banda do mundo

Metallica: Em 1986, o maior clássico da bandaMetallica
Em 1986, o maior clássico da banda

Resenha - Master Of Puppets - Metallica

Metallica: Master Of Puppets é uma obra de arte da história do Metal

Metallica: Pull the Strings, os 30 anos de "Master of Puppets"

Metallica: "Master..." ajudou a canonizar o Thrash Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Metallica: como surgiu a tenebrosa versão acústica de BlackenedMetallica
Como surgiu a tenebrosa versão acústica de "Blackened"

Metallica: Lars Ulrich e quando poderemos esperar novo material da bandaMetallica
Lars Ulrich e quando poderemos esperar novo material da banda

Metallica: S&M2 pode barrar Katy Perry no topo das paradas dos Estados UnidosMetallica
S&M2 pode barrar Katy Perry no topo das paradas dos Estados Unidos

Metallica: O baterista Lars Ulrich responde sobre possível novo álbum de coversMetallica
O baterista Lars Ulrich responde sobre possível novo álbum de covers

Metallica: primeira banda a atingir o 1º lugar da Billboard em 4 décadas diferentesMetallica
Primeira banda a atingir o 1º lugar da Billboard em 4 décadas diferentes

Eduardo Dutra Maia: O "novo" álbum do Metallica, S&M2 (vídeo)

Metallica: Trujillo afirma que banda pode fazer mais shows durante a pandemiaMetallica
Trujillo afirma que banda pode fazer mais shows durante a pandemia

Metallica: Lars Ulrich não iria embora se Donald Trump fosse eleito?Metallica
Lars Ulrich não iria embora se Donald Trump fosse eleito?

Metallica: a dificuldade em tocar Unforgiven III só com James e orquestra, sem bandaMetallica
A dificuldade em tocar "Unforgiven III" só com James e orquestra, sem banda

Metallica: o álbum do Iron Maiden que James Hetfield usou para aprender a tocarMetallica
O álbum do Iron Maiden que James Hetfield usou para aprender a tocar


Metallica: fotos inspiradas pelo Queen de marca luxuosa de roupaMetallica
Fotos inspiradas pelo Queen de marca luxuosa de roupa

Metallica: Lars Ulrich diz que não odeia a música Escape e explica o contexto delaMetallica
Lars Ulrich diz que não odeia a música "Escape" e explica o contexto dela


Rolling Stone: As 500 melhores músicas segundo a revistaRolling Stone
As 500 melhores músicas segundo a revista

Malmsteen: Slash, Vai, Satriani e Wylde falam do guitarristaMalmsteen
Slash, Vai, Satriani e Wylde falam do guitarrista


Sobre Rodrigo Noé de Souza

Nasci em 1984. Esse ano não é só o início de uma nova democracia, mas também é o ano em que vários discos foram lançados, como Powerslave (IRON MAIDEN), Stay Hungry (TWISTED SISTER), W.A.S.P., Don't Break The Oath (Mercyful Fate), Slide It In (WHITESNAKE), 1984 (VAN HALEN), The Last In Line (DIO) e, o meu favorito de todos, Ride the Lightning (METALLICA). Sou um aficcionado por Metal, desde AC/DC e ZZ Top, até Anaal Nathrakh e Krisiun.

Mais matérias de Rodrigo Noé de Souza no Whiplash.Net.

Cli336x280 CliIL Cli336x280 CliInline