Matérias Mais Lidas

Metallica: Jason Newsted conta o segredo para manter uma boa grana até hojeMetallica: Jason Newsted conta o segredo para manter uma boa grana até hoje

O recado de Bruno Sutter para roqueiros que não entendem sucesso de outros estilosO recado de Bruno Sutter para roqueiros que não entendem sucesso de outros estilos

O motivo pelo qual Regis Tadeu considera Phil Collins deprimenteO motivo pelo qual Regis Tadeu considera Phil Collins deprimente

Iron Maiden: Bruce Dickinson não vai pilotar avião da banda nas próximas turnêsIron Maiden: Bruce Dickinson não vai pilotar avião da banda nas próximas turnês

Acredite se quiser: Iced Earth lançou novo álbum; ouça A Narrative SoundscapeAcredite se quiser: Iced Earth lançou novo álbum; ouça "A Narrative Soundscape"

A banda brasileira mais transgressora dos anos 1980, segundo Maurício BrancoA banda brasileira mais transgressora dos anos 1980, segundo Maurício Branco

A categórica opinião de Kiko Loureiro sobre SlashA categórica opinião de Kiko Loureiro sobre Slash

Anitta lança clipe de Boys Don't Cry, com estética rock e punk; assistaAnitta lança clipe de "Boys Don't Cry", com estética rock e punk; assista

Motörhead: o que Lemmy dizia a quem não queria cheirar cocaína com eleMotörhead: o que Lemmy dizia a quem não queria cheirar cocaína com ele

Luis Mariutti comenta saída da banda Andre Matos; quase 5 anos trabalhando de graçaLuis Mariutti comenta saída da banda Andre Matos; "quase 5 anos trabalhando de graça"

Steve Vai teve que malhar quando começou a tocar com Lee Roth; Parecia um macarrãoSteve Vai teve que malhar quando começou a tocar com Lee Roth; "Parecia um macarrão"

Metallica: segundo Jason, acidente que quase fez James perder a vida salvou a bandaMetallica: segundo Jason, acidente que quase fez James perder a vida salvou a banda

O principal motivo pelo qual o rock nacional falhou, segundo Diogo DefanteO principal motivo pelo qual o rock nacional falhou, segundo Diogo Defante

Kid Abelha: a opinião de Alvin L sobre a banda e a cena da praia no Rio de JaneiroKid Abelha: a opinião de Alvin L sobre a banda e a "cena da praia" no Rio de Janeiro

Cannibal Corpse: a música que fez George Corpsegrinder querer cantar death metalCannibal Corpse: a música que fez George Corpsegrinder querer cantar death metal


Stamp

As Dramatic Homage: distorção e elementos acústicos

Resenha - Crown - As Dramatic Homage

Por Ben Ami Scopinho
Em 18/07/12

Nota: 8

Ainda que tenha iniciado suas atividades em 1999 tendo como objetivo ser uma banda real, as dificuldades para se encontrar músicos ideais fizeram com que o As Dramatic Homage fosse levado adiante tendo como mentor o carioca Alexandre Pontes, que optou em trabalhar com uma formação que não fosse necessariamente fixa. Assim, após liberar as demos "A Deep Inner Recital" (01) e "Atmosphere Of Pain/Anthems Of Hate" (05), está chegando ao público seu primeiro álbum completo, "Crown".

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

Através de suas demos já era perceptível que o As Dramatic Homage não tinha interesse em se fixar em algum subgênero específico. "Crown" segue esta versátil linha exploratória de forma ainda mais objetiva e, ainda que tenha a tendência em soar extremo, a realidade é que seu repertório abraça muitas outras vertentes ao mesclar a distorção elétrica, elementos acústicos, melodias introspectivas, vozes hostis e limpas – e muitas vezes conectando todas estas características em uma única canção.

São nove faixas onde cada uma possui suas particularidades, mas globalmente tudo consegue permanecer devidamente unificado. E, mesmo que eventuais passagens de guitarras careçam de maior intensidade – como em "Journey Inside" – certamente o meticuloso Alexandre Pontes fez de "Crown" um disco merecedor de todos os elogios, dando para destacar com folgas "Monumental", "The Icon Omnipresent" e "Redemption".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Expressando ideias filosóficas e existenciais, a amplitude e sinceridade de "Crown" exala potencial para atingir considerável público entre as tantas subdivisões pelas quais o Heavy Metal se aventurou ao longo das décadas. E, para situar o leitor, não seria de todo equivocado traçar alguns paralelos entre o As Dramatic Homage e o sueco Vintersorg. São cerca de 30 minutos que merecem uma cuidadosa conferida, podendo tornar-se um presentão aos amantes do Heavy Metal!

Contato: www.myspace.com/asdramatichomageband

Formação:
Alexandre Pontes - voz, guitarras e programação
Alexandre Martins - baixo

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

As Dramatic Homage – Crown
(2012 / independente – nacional)

01. Lessons
02. Monumental
03. Awake To The Twilight
04. The Icon Omnipresent
05. Journey Inside
06. Redemption
07. Idyllic
08. From The Battle Of Pain
09. The Age Of Transition (instrumental)


Outras resenhas de Crown - As Dramatic Homage

As Dramatic Homage: o primeiro álbum oficial dos cariocas

As Dramatic Homage: trabalho primoroso, bem feito e criativo

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Metallica, Guns, Slipknot, Kiss: tombos, erros e fatos engraçadosMetallica, Guns, Slipknot, Kiss
Tombos, erros e fatos engraçados

Heavy Metal: os maiores álbuns da história para os gregosHeavy Metal
Os maiores álbuns da história para os gregos


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre

Mais matérias de Ben Ami Scopinho.