RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemA atitude ousada da Legião Urbana ao peitar Globo e Faustão no meio de uma grande crise

imagemO Raul Seixas não era nada daquilo que ele falava, diz ex-parceiro musical

imagemA razão que levou Humberto Gessinger a decidir não usar mais nome "Engenheiros do Hawaii"

imagemPor que Gisele Bündchen e Ivete Sangalo deturparam "Imagine", segundo André Barcinski

imagemDiva Satânica explica qual foi a razão que a fez deixar a banda Nervosa

imagemO último show de Bon Scott com o AC/DC, três semanas antes de sua morte

imagemA hilária reação de Keith Richards ao encontrar músicos do Maneskin

imagemDavid Coverdale relembra parceria com Jimmy Page, e fala sobre relançamento

imagemAs duas razões que levaram RPM a passar por segunda separação em 2003

imagemEm entrevista, Tony Iommi contou como aprendeu a tocar guitarra

imagemAlém do Moonspell, São Paulo Metal Fest anuncia Beyond Creation em seu cast

imagemAngra parabeniza a aniversariante Sandy nas redes sociais

imagemJimmy Page sobre o "Presence": "Não se faz músicas como aquelas caindo de bêbado"

imagemGuitarrista do Offspring continuou em seu emprego normal mesmo depois da fama

imagemPrika explica por que nova vocalista da Nervosa não é brasileira e promete single em março


Stamp

As Dramatic Homage: trabalho primoroso, bem feito e criativo

Resenha - Crown - As Dramatic Homage

Por Pierre Cortes
Postado em 12 de agosto de 2013

Nota: 9

AS DRAMATIC HOMAGE, banda oriunda do Rio de Janeiro, iniciou suas atividades em 1999. Lançaram as demos "A Deep Inner Recital" (2001), "Atmosphere of Pain/Anthems of Hate" (2005). Em 2010 apareceram com o single intitulado "Ominous Force for Ascension" e dois anos depois saiu "Crown", o primeiro full-length.

A espera valeu a pena. Demais. "Crown" é um trabalho primoroso, bem feito, criativo e faz com que o AS DRAMATIC HOMAGE se torne um grupo muito singular. Praticam uma sonoridade onde encontramos elementos do Black, Doom e Progressive Metal, com um instrumental bem feito e cheio de variações rítmicas, alternância de voz e letras repletas de ideais filosóficos.

Fique atento aos excelentes hinos que compõem o álbum: "Lesssons" é uma introdução curta, lenta e melancólica; "Monumental" é veloz e furiosa e me fez lembrar muito a sonoridade do VINTERSORG; a ótima "Journey Inside" é lentona e triste; "Redemption" tem vocais bem agressivos; "The Age of Transition", uma bela instrumental, fecha o álbum com chave de ouro.

Com pouco menos de meia hora de música, "Crown" coloca o AS DRAMATIC HOMAGE numa escala elevada dentre as bandas que são orgulho no Metal nacional. Mais do que isso, prova ser um trabalho não somente cheio de originalidade, mas acima de tudo é fruto de muita garra e ousadia. Absolutamente recomendado.

Banda: As Dramatic Homage
País de Origem: Brasil
Título do álbum: Crown
Ano: 2012
Estilo: Avantgarde Metal
Gravadora: Independente

Line-up:

Alexandre Pontes – Vocal/Guitarra/Programação
Alexandre Martins – Baixo

Faixas:

1. Lesssons
2. Monumental
3. Awake to the Twilight
4. The Icon Omnipresent
5. Journey Inside
6. Redemption
7. Idyllic
8. From the Battle of Pain
9. The Age of Transition

Sites:
https://myspace.com/asdramatichomageband
http://www.reverbnation.com/asdramatichomage
https://twitter.com/ADHMetal
https://www.facebook.com/AsDramaticHomage?sk=app_2405167945

Link original do site Hard and Heavy:
http://hardandheavy.com.br/ptbr/?p=5202


Outras resenhas de Crown - As Dramatic Homage

Resenha - Crown - As Dramatic Homage

Resenha - Crown - As Dramatic Homage

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:
Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Summer Breeze

LGBT: confira alguns músicos que não são heterossexuais


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Pierre Cortes

Pierre Cortes, paulistano, bacharelado em Publicidade e em Cinema, amante da fotografia e escrita, apreciador do Heavy Metal e todas as suas subdivisões desde o início dos anos 80, colaborador do Whiplash.Net desde 2011, Twitter - @pierrecortes.
Mais matérias de Pierre Cortes.