RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemA música de Raul Seixas que salvou a carreira de Chitãozinho e Xororó

imagemPor que Lemmy odiava tocar "Ace of Spades" nos shows do Motörhead

imagemOmelete diz que heavy metal pertence agora à nova geração e não ao tiozão headbanger

imagemPaul McCartney quase foi atropelado ao tentar recriar famosa cena de capa de disco

imagemA atitude punk da Legião Urbana que causou irritação e deu trabalho na gravação

imagemOs 10 maiores álbuns da história do grunge, em lista do Brave Words

imagemO Raul Seixas não era nada daquilo que ele falava, diz ex-parceiro musical

imagemQual era a opinião de Tony Iommi sobre Ozzy Osbourne solo e Randy Rhoads em 1984?

imagemComo Tommy Lee e o Mötley Crüe ajudaram Axl Rose a escrever "November Rain"

imagemO brasileiro com a voz parecida com a de Axl Rose que viralizou no TikTok

imagemO conselho realista de John Petrucci para bandas que estão começando agora

imagemO hit dos Beatles que talvez seja sobre drogas e que "Jesus" acompanhou gravação

imagemO que faltou para o Overkill entrar no "Big Four" do thrash, segundo D. D. Verni

imagemQuatro músicas de artistas brasileiros que citam Os Paralamas do Sucesso

imagem5 motivos para assistir ao novo RockGol 2023 que estreia em fevereiro


Stamp

Borknagar: Muito além em proposta de difícil classificação

Resenha - Urd - Borknagar

Por Christiano K.O.D.A.
Postado em 16 de junho de 2012

Nota: 8

A proposta da Borknagar foi nunca se limitar ao Black Metal puro. Logo, como já se deveria imaginar, novamente expandiu seus limites e continuou com uma rica mistura de sonoridades, que acaba não pendendo para nenhum lado específico.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Tendo isso em mente, o negócio é abrir a cabeça e deixar fluir o som dos noruegueses. É claro que você escuta berros bem Black de Vintersorg, riffs com certas melodias que remetem ao estilo - obras de Øystein G. Brun e Jens F. Ryland - e, lá e cá, pedais duplos velozes de David Kinkade. Contudo, as canções não se aproximam de algo realmente extremo. Como já dito, a banda vai muito, muito além em sua proposta de difícil classificação. Portanto, a agressividade não parece ser o objetivo do quinteto, mas a beleza. E nisso, pode apostar, os caras dão uma verdadeira aula.

Não há como não lembrar do Dimmu Borgir ao ouvir o vocal de Vortex, ex-integrante daquela banda. Entretanto, a referência acontece somente devido ao timbre quase inconfundível do músico, já que, musicalmente, as bandas diferem consideravelmente.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O clima melancólico é outro fator preponderante no disco: arrastadas e densas, as nove criações prendem a atenção do ouvinte e quase hipnotizam, pelos arranjos bem trabalhados em todas elas.

Vale citar algumas: "Epochalypse", "The Beauty of Dead Cities", "Frostrite" e a longa "The Winter Eclipse" (quase nove minutes) roubam a cena, em especial esta última, que traz um lado mais feroz do grupo.

Capa e arte do encarte muito bonitos e uma boa gravação ajudam a garantir o sucesso de "Urd", lançado no Brasil via Shinigami Records (www.shinigamirecords.com.br). O álbum é para aqueles ecléticos dentro do Metal que querem conhecer um material que foge dos padrões.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Borknagar – Urd
Century Media Records/Shinigami Records – 2012 – Noruega
http://www.borknagar.com

Tracklist
1. Epochalypse 06:08
2. Roots 05:55
3. The Beauty of Dead Cities 04:15 Sh
4. The Earthling 06:51
5. The Plains of Memories 04:27 (instrumental)
6. Mount Regency 06:08
7. Frostrite 04:50
8. The Winter Eclipse 08:45
9. In a Deeper World 05:42

Total: 53:01


Outras resenhas de Urd - Borknagar

Resenha - Urd - Borknagar

Resenha - Urd - Borknagar

Resenha - Urd - Borknagar

Resenha - Urd - Borknagar

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:
Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps



Metallica: As 5 melhores versões de terceiros dos seus clássicos


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Christiano K.O.D.A.

Um cara diretamente ligado ao Som Extremo, fã de livros e filmes, formado em Imagem e Som, Publicidade e Propaganda e Jornalismo. Faz parte da banda de grindcore Prey of Chaos e tem um blog dedicado à música barulhenta. Enfim, alguém que faz da música sua vida.
Mais matérias de Christiano K.O.D.A..