Matérias Mais Lidas

imagemPrika Amaral esclarece por que contratou apenas mulheres europeias para a Nervosa

imagemLegião Urbana e a surpreendente música que serviu de base para "Ainda é Cedo"

imagemJames Hetfield e esposa Francesca se divorciam após 25 anos de união

imagemNando Reis e a linda música que Samuel Rosa dispensou por ter recebido na hora errada

imagemCinco músicos que começaram vida nova após saírem de grandes bandas de heavy metal

imagemAs seis músicas do Metallica que Dave Mustaine ajudou a escrever

imagemA opinião de Dave Mustaine sobre a clássica "The Unforgiven", do Metallica

imagemJanis Joplin: última gravação dela em vida foi feita para um Beatle

imagemAs faixas do "Black Album" que James Hetfield e Lars Ulrich não curtem

imagemAC/DC: Rick Rubin recorda a problemática produção de "Ballbreaker"

imagemAnitta é a maior roqueira que existe hoje no Brasil, diz integrante do Titãs

imagemNando Reis relembra curioso único game que jogou na vida, durante gravação dos Titãs

imagemA reação de Jimi Hendrix ao assistir King Crimson ao vivo

imagemO comovente relato de Kiko sobre como foi gravar em meio ao câncer de Mustaine

imagemO show do Black Sabbath que acabou em tumulto por conta de uma garrafa


Dream Theater 2022

Torqverem: Para fãs true; o negócio aqui não é brincadeira

Resenha - Vber Crvciatvs - Torqverem

Por Christiano K.O.D.A.
Em 24/03/12

publicidade

Após uma longa introdução quase silenciosa "para dar clima", o grupo inicia uma batida marcial com "Opvs Infernii", que aumenta a intensidade e se torna o mais típico, puro e real Black Metal ‘old school’. Tudo bem, nem é tão puro assim: há leves toques Doom também.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Os arranjos são simples, mas empolgantes. As variações são legaizinhas e deixam o trabalho interessante de se ouvir. Não é, portanto, ultraveloz (somente em um ou outro trechinho, bem pouco) e mesmo assim, é um belo murro na cara. Ouçam, por exemplo, "Vmbra Lotvs", "Malebolgeam" ou "Vana Est Ira Inops Viribvs" para constatarem a agressividade dessa banda.

Essa potência é posta a prova por quase setenta minutos, compostos por onze faixas literalmente "from hell".
Interessante que o baterista Janvs Necrokramer, quando toca em algumas partes mais aceleradas, utiliza os dois bumbos, ao contrário da batida "tradicional". Isso gera um efeito mais pesado nas músicas.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Já os vocais de Vrus Arcannus Necrovisceral, que também cuida da guitarra, passam uma sensação de agonia de forma convincente e tornam a audição ainda mais gostosa. Acreditem, esse cara é muito bom! Tenho pena das cordas vocais do coitado, que tira forças ocultas sabe-se lá de onde para aguentar berrar dessa maneira.

E fiel à proposta da velha escola, a gravação é daquelas bem sujas, com um toque charmoso, como era a produção das bandas do início dos anos noventa.

Opa, e não há como não citar a beleza desse lançamento em formato digipack. A Eternal Hatred Records tem caprichado nesse quesito, impressionante! E o logotipo do grupo, que segue o padrão inteligível do estilo, é bastante simpático (sem ironias).

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Aliás, é por meio do encarte que se descobre que as vociferações estão em português! É isso mesmo, Metal negro na nossa língua (e uma pequena parte em latim e outros idiomas). Tá aí um diferencial do conjunto (uma dupla, para ser mais exato). Se bem que nem acompanhando as letras é possível compreender o que Necrovisceral está "comentando" nas canções.

Outro fato curioso: o play tem três momentos de "descanso" bem equilibrados. Em outras palavras, existe a já citada intro "I Immortalis Lvcifer", a faixa quase acústica e profunda "II Ishtar", posicionada praticamente na metade do disco e, fechando o trabalho, uns ruídos, gritos e gemidos em "IV Noctvrna Nebvla". Qual será o significado disso? Começo, meio e fim do quê?

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Esse é do tipo de disco que os headbangers fãs do gênero têm que se juntar em lugares obscuros para ouvir esse trabalho. Mas daqueles fãs ‘true’ mesmo, já que o negócio aqui não é brincadeira. NÃO recomendado para quem espera por aquelas modernidades que inundaram a cena, como teclados, vocais limpos e melódicos, coros e outros elementos.

Torqverem – Vber Crvciatvs
Eternal Hatred Records – 2012 – Brasil

http://www.torqverem.com
http://www.myspace.com/torqverem

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

@som_extremo

Tracklist
1. I Immortalis Lvcifer
2. Opvs Infernii
3. Exercito de Barathrvm
4. Crvor Noctis
5. II Ishtar
6. Vmbra Lotvs
7. Agnvs Libidinis
8. III Tetrae Tenebrae
9. Malebolgeam
10. Vana Est Ira Inops Viribvs
11. IV Noctvrna Nebvla

Fonte: Som Extremo
http://somextremo.blogspot.com

NOTA 8


Outras resenhas de Vber Crvciatvs - Torqverem

Resenha - Vber Crvciatvs - Torqverem

Resenha - Vber Crvciatvs - Torqverem

Resenha - Vber Crvciatvs - Torqverem

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Gibson: os 50 melhores covers da história do rock

Nirvana: Dave Grohl comenta sobre o funeral de Kurt Cobain


Sobre Christiano K.O.D.A.

Um cara diretamente ligado ao Som Extremo, fã de livros e filmes, formado em Imagem e Som, Publicidade e Propaganda e Jornalismo. Faz parte da banda de grindcore Prey of Chaos e tem um blog dedicado à música barulhenta. Enfim, alguém que faz da música sua vida.

Mais matérias de Christiano K.O.D.A..