Resenha - Butterfly Decadence - 1000 Funerals

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rodrigo Mendes Bueno
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Desde que veio ao mundo em 2005, esse projeto Funeral Doom nos surpreendeu não somente pelas belas melodias mas também por vir do conservador Irã, tão conservador que a ex-tecladista Pixy deixou a banda para poder se casar e seu "open-mind" marido que não gosta de heavy metal acabou proibindo-a de continuar.

Oops!: 10 erros eternizados em gravações de clássicosBackmasking: Existem mensagens ao inverso em discos de rock?

Logo após isso o promissor projeto acabou encerrando suas atividades. Lembro-me que por causa desse blog acabei descolando o contato da banda e enviei um email que pouco tempo depois me foi respondido e este continha a mensagem, estamos preparando um novo álbum.

Após longos seis anos de espera e eis que esse álbum ganhou vida e começa belíssimamente com 'Suturated Lips' numa intro/música que segue numa melhor das influências de Shape of Despair em seu som.

'Of Love Then Deceit' vem para começar a missa de cremação do sujeito, seguindo as belas melodias de teclado e uma guitarra pesada, aliada a bateria cadenciada que vem dando forma a esse requiem. Ao longo de seus 10 minutos, podemos ouvir as variações de instrumental, com passagens atmosféricas onde encantam e deprimem o ouvinte. Os vocais falados de Emerna são um tanto sinistros, pois parecem aquelas intervenções de EVP de um espírito dando um depoimento inconformado com sua partida.

'Nothing Has Ever Been' vem dando sequência com alguns teclados hipnotizantes em seu início e aqueles mesmos vocais falados da faixa anterior se fazem presença nessa. O andamento quebrado da bateria com as melodias de teclado/piano são o ponto forte dessa faixa, e sinceramente me deixou embasbacado com o que ouvi.

'Butterfly Decadence' faixa tocada em sua totalidade no piano e o teclado fazendo ambientação fazendo parecer uma pequena intro para 'Vast Infinite Beauty'. Esta que já entra rasgando com uma guitarra pesada e notas de piano nos intervalos dos riffs. As variações de vocais, aqueles mesmos de Emerna juntos com os guturais de Haamoon parecendo o demônio encarnado, ainda mais ao acompanhar as letras. ' So tired and weak was christ on the cross/ Departed from prophecy./ To bring back an impaled world into foss / Foolish he exposed his love. I'm unbowed because of you / I'm so wild and jealous. / I'm silent in flames of doom / I am satan the cursed and fallen. / I wonder what I was to you / Remember thy angel.' (Trad. livre: Tão cansado e fraco foi cristo na cruz / Morto na profecia./ Para trazer de volta um mundo empalado em Foss / Tolo ele expôs o seu amor. / Eu sou inflexível por causa de você / Estou tão selvagem e invejoso. / Estou em silêncio nas chamas da desgraça / Eu sou Satanás, o amaldiçoado e caído./ Eu quero saber o que eu fazia com você / Lembre-se o teu anjo.)

E para acabar temos uma versão para 'Night's Dew' do grandioso Shape of Despair, que ficou bem interessante e um pouco diferente da original. Espero que a banda não acabe após esse material, pois acredito eu que esses iranianos ainda tem muita lenha para queimar.

1000 Funerals - Butterfly Decadence (Silent Time Noise)
1. Sutured Lips
2. Of Love Then Deceit
3. Nothing Has Ever Been
4. Butterfly Decadence
5. Vast Infinite Beauty
6. Night's Dew (Shape of Despair cover)

Contatos:
http://silent-time-noise.ru/
http://www.myspace.com/1000funerals




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "1000 Funerals"


Oops!: 10 erros eternizados em gravações de clássicosOops!
10 erros eternizados em gravações de clássicos

Backmasking: Existem mensagens ao inverso em discos de rock?Backmasking
Existem mensagens ao inverso em discos de rock?

Guitarra: em vídeo, o solo mais destrutivo que você já viuGuitarra
Em vídeo, o solo mais destrutivo que você já viu

Metal Moderno: 5 bandas aptas a se tornarem clássicasMetal contra o câncer: festival aceita "cabelo" como ingressoSystem Of A Down: Shavo Odadjian lamenta impasse, pois quer tocarHeadbangers: Por que os conservadores são tão ignorantes?

Sobre Rodrigo Mendes Bueno

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.