Matérias Mais Lidas

O recado de Bruno Sutter para roqueiros que não entendem sucesso de outros estilosO recado de Bruno Sutter para roqueiros que não entendem sucesso de outros estilos

A banda brasileira mais transgressora dos anos 1980, segundo Maurício BrancoA banda brasileira mais transgressora dos anos 1980, segundo Maurício Branco

A categórica opinião de Kiko Loureiro sobre SlashA categórica opinião de Kiko Loureiro sobre Slash

Guns N' Roses: DJ Ashba critica Buckethead e seu balde de frango na cabeçaGuns N' Roses: DJ Ashba critica Buckethead e "seu balde de frango na cabeça"

Pitty tuíta que moda agora é ser roqueiro e apaga após Anitta e fãs reagiremPitty tuíta que "moda agora é ser roqueiro" e apaga após Anitta e fãs reagirem

Roger Moreira explica por que é um dos únicos artistas que ainda defende BolsonaroRoger Moreira explica por que é "um dos únicos artistas" que ainda defende Bolsonaro

Steve Vai teve que malhar quando começou a tocar com Lee Roth; Parecia um macarrãoSteve Vai teve que malhar quando começou a tocar com Lee Roth; "Parecia um macarrão"

Titãs: o motivo pelo qual Arnaldo Antunes saiu da banda antes de TitanomaquiaTitãs: o motivo pelo qual Arnaldo Antunes saiu da banda antes de "Titanomaquia"

Beatles: todas as músicas da banda em ordem de grandiosidade, segundo a NMEBeatles: todas as músicas da banda em ordem de grandiosidade, segundo a NME

Como competição com Legião Urbana mudou estilo de composição de Cazuza?Como competição com Legião Urbana mudou estilo de composição de Cazuza?

Cannibal Corpse: a música que fez George Corpsegrinder querer cantar death metalCannibal Corpse: a música que fez George Corpsegrinder querer cantar death metal

Ghost: banda toca música inédita e revela novo visual de Papa Emeritus; confira vídeosGhost: banda toca música inédita e revela novo visual de Papa Emeritus; confira vídeos

Ghost: música do próximo álbum fala sobre lendário serial killer que nunca foi capturadoGhost: música do próximo álbum fala sobre lendário serial killer que nunca foi capturado

The Cure: qual a melhor música pop que a banda já fez, na opinião de Robert SmithThe Cure: qual a melhor música pop que a banda já fez, na opinião de Robert Smith

A dura opinião de Corey Taylor sobre programas como American Idol e The X FactorA dura opinião de Corey Taylor sobre programas como American Idol e The X Factor


Stamp

Arch Enemy: acesso ao questionável mainstream?

Resenha - Khaos Legions - Arch Enemy

Por Ben Ami Scopinho
Em 18/07/11

Nota: 6

Liberar inúmeros trabalhos de impacto que ajudaram a modelar todo um cenário musical e contar com uma base de fãs que somente parece aumentar são os frutos de muita dedicação em uma trajetória que já ultrapassou a marca dos 15 anos para o Arch Enemy. Mas, até quando uma banda consegue manter este ritmo tão positivo?

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

É claro que o Arch Enemy sempre exibiu uma saudável flexibilidade ao modificar sensivelmente sua música ao longo de cada um de seus sete álbuns de estúdio, e sem comprometer o cerne de sua proposta original. Mas, com "Khaos Legions", os suecos oferecem não somente ocasiões de uma transformação mais radical, mas exibem também sinais de cansaço, o que fará com que o público e crítica venham dividir as opiniões sobre o novo registro.

Se o grande atrativo do Arch Enemy era o invejável trabalho dos irmãos e guitarristas Amott, praticamente virtuosos, agora se optou em construir um repertório com várias canções bem mais simples, reduzindo a velocidade e injetando mais melodias em uma paleta com as mais variadas vertentes pelas quais o Heavy Metal se ramificou. E há de tudo, desde o já esperado Death Melódico, muito Power e, quem diria, até mesmo resquícios de um impensável Hard Rock se fazem presentes por aqui.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Assim, entre esses experimentos, "No Gods, No Masters" é a que melhor evidencia a rejeição aos arranjos mais intrincados e um dos exemplos de clichês e reciclagens do disco. De positivo, "Bloodstained Cross" funciona bem ao mesclar andamentos bem acessíveis, mas com espaço para o metal extremo. De qualquer forma, são as faixas com os conhecidos elementos clássicos do Arch Enemy que obtém os melhores resultados: "Under Black Flags We March" (essa poderia estar no disco "Doomsday Machine", de 2005), "Cruelty Without Beauty" e "Cult Of Chaos".

Com um áudio polido e moderníssimo que é uma verdadeira massa compacta, "Khaos Legions" pode ser considerado como o mais suave e contido disco da carreira do Arch Enemy. Agora, a questão é: isso é um passageiro e compreensível bloqueio criativo, ou toda essa ‘finesse’ é uma tentativa proposital para um maior acesso aos territórios do questionável mainstream?

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Contato:
http://www.archenemy.net
http://www.myspace.com/archenemy

Formação:
Angela Nathalie Gossow - voz
Michael Amott - guitarra
Christopher Amott - guitarra
Sharlee D'Angelo - baixo
Daniel Erlandsson - bateria

Arch Enemy - Khaos Legions
(2011 - Century Media Records / Shinigami Records – nacional)

01. Khaos Overture
02. Yesterday Is Dead And Gone
03. Bloodstained Cross
04. Under Black Flags We March
05. No Gods, No Masters
06. City Of The Dead
07. Through The Eyes Of A Raven
08. Cruelty Without Beauty
09. We Are A Godless Entity
10. Cult Of Chaos
11. Thorns In My Flesh
12. Turn To Dust
13. Vengeance Is Mine
14. Secrets

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


Outras resenhas de Khaos Legions - Arch Enemy

Arch Enemy: Uma verdadeira aula de peso aliado a muita melodia

Arch Enemy: Integrado no contexto do "Melodic Death Metal"

Arch Enemy: "Khaos Legions é a própria besta!"

Arch Enemy: sem inspiração e refém do estilo que construiu

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Arch Enemy anuncia novo álbum, Deceivers; confira os dois primeiros clipesArch Enemy anuncia novo álbum, "Deceivers"; confira os dois primeiros clipes

Melodic Death Metal: 30 músicas para começar a se interessar pelo estiloMelodic Death Metal: 30 músicas para começar a se interessar pelo estilo

Angela Gossow, ex-Arch Enemy, aproveita sol e afirma: estou pronta para 2022!Angela Gossow, ex-Arch Enemy, aproveita sol e afirma: "estou pronta para 2022!"

A sincera opinião de Alissa White-Gluz (Arch Enemy) sobre o veganismoA sincera opinião de Alissa White-Gluz (Arch Enemy) sobre o veganismo

Arch Enemy: confira vídeo oficial de House Of Mirrors, novo single da bandaArch Enemy: confira vídeo oficial de "House Of Mirrors", novo single da banda

Arch Enemy: ouça House Of Mirrors, nova música da banda, lançada nesta quinta-feiraArch Enemy: ouça "House Of Mirrors", nova música da banda, lançada nesta quinta-feira

Lista: 50 bandas de heavy metal com nomes compostos - Parte 1Lista: 50 bandas de heavy metal com "nomes compostos" - Parte 1

Arch Enemy: Suas 10 melhores músicas, pela Classic Rock HistoryArch Enemy: Suas 10 melhores músicas, pela Classic Rock History

Exodus: Holt afirma que Michael Amott, do Arch Enemy, é o Michael Schenker modernoExodus: Holt afirma que Michael Amott, do Arch Enemy, é o "Michael Schenker moderno"

Arch Enemy: Mauricio Weimar grava sua versão do novo single, com muito D-Beat


Angela Gossow: voz boazinha e Metal não combinamAngela Gossow: "voz boazinha e Metal não combinam"

Angela Gossow: Música me deu a liberdade que eu sempre quisAngela Gossow: "Música me deu a liberdade que eu sempre quis"

Saúde: 20 músicas para jovens ficarem animados durante a atividade física - Parte 2Saúde: 20 músicas para jovens ficarem animados durante a atividade física - Parte 2


Slipknot: Corey Taylor explica porque o mundo pop não suporta o Heavy MetalSlipknot
Corey Taylor explica porque o mundo pop não suporta o Heavy Metal

Anthrax: Scott Ian apresenta a solução para o Phil AnselmoAnthrax
Scott Ian apresenta a solução para o Phil Anselmo


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre

Mais matérias de Ben Ami Scopinho.