Jarrah Thompson: 50 minutos de uma audição deliciosa

Resenha - Rio Claro - Jarrah Thompson

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar Correções  

9


O vocalista e guitarrista australiano Jarrah Thompson admitiu seu apreço pelo Brasil inúmeras vezes durante a primeira vez que tocou por aqui em 2010, enquanto divulgava o debut "Stargazer" (08). Isso, somado ao fato de um dos músicos que o acompanha ser brasileiro, influenciou para que toda a banda optasse por gravar seu próximo disco em nosso país, e que inclusive culminou em uma carinhosa homenagem à pacata cidade paulista que hospedou o pessoal: "Rio Claro", também a terra natal do baixista dreadlock Bruno Padoveze, personagem de grande importância para a concepção deste trabalho.

Curiosamente, alguns segmentos da imprensa já tiveram o disparate de comparar Jarrah Thompson ao Led Zeppelin... Oras, esse é um absurdo que não procede de maneira alguma e até pode vir a comprometer o bom entendimento dos leigos em relação à música deste australiano. Assim como seu antecessor, "Rio Claro" tem como núcleo um Rock´n´Roll repleto de Blues, mas com muita flexibilidade ao experimentar elementos de culturas e ritmos musicais diferentes, em especial pelo marcante e constante uso de flautas.

publicidade

Isso tudo acaba por conferir ao repertório uma sonoridade bastante peculiar, com muito swing e ocasiões dançantes, mas sem nunca se afastar do quadro Rock´n´Roll propriamente dito. E para reforçar esta conclusão, fica a citação de "Dream On The Way", "Coz I Got You" ou a country "Dardy Blues", esta última cantada pela flautista Asha, que são alguns dos exemplos da energia positiva que jorra ao longo dos 50 minutos de uma audição deliciosa e que fatalmente conquistará um público bastante amplo.

publicidade

E os laços com Rio Claro seguem ainda mais estreitos, pois a nova turnê que está acontecendo pelo Brasil também envolve o ilusionismo, artes plásticas e cênicas, contando com a presença de vários outros artistas desta cidade. Tudo é bastante rápido e visa preparar o público para o que será uma apresentação de Rock´n´Roll extremamente contagiante. Os shows estarão rolando por 21 cidades do Brasil até o dia 29 de maio... Quem sabe o caro leitor não tem a oportunidade de conferir?

publicidade

Contato:
http://www.jarrahthompson.com/
http://www.myspace.com/jarrahthompson
Aquisição do disco: [email protected]

Formação:
Jarrah Thompson - voz e guitarra
Asha Henfry - flauta
Bruno Padoveze - baixo
Chris Cameron - bateria
Bianca Aviaz - conga, djembe e percussão

publicidade

Jarrah Thompson – Rio Claro
(2011 / independente - importado)

01. Let Go Of Who We Are
02. Going Home
03. Dream On The Way
04. Coz I Got You
05. Hold On
06. Old Friend
07. Don't Wake Me Up
08. Rain On My Parade
09. In The Mind
10. Dardy Blues
11. On My Own
12. Harlequin Girl




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Simone Simons: Rammstein me faz querer mexer a bundaSimone Simons
"Rammstein me faz querer mexer a bunda"

Judas Priest: 10 fatos que comprovam que eles são Heavy MetalJudas Priest
10 fatos que comprovam que eles são Heavy Metal


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin