Rei Lagarto: anos 70 com roupagem digna da década seguinte

Resenha - Live At The Hammer - Rei Lagarto

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar Correções  

8


No final de 2005, quando anunciou o término de suas atividades em função das manjadas divergências musicais e pessoais, o Rei Lagarto deixou muitos de seus fãs na expectativa de um retorno. Afinal, a banda se tornou um verdadeiro ícone do Hard Rock da cidade de Campinas (SP) e região, e isso com apenas dois discos, "Overdrive" (98) e o consagrado "Free Fall" (01).

Slipknot: Corey Taylor explica porque o mundo pop não suporta o Heavy Metal

Cornos do Rock: a dor e o peso do chifre em três belas canções

Somente em 2007 é que Fabiano Negri (voz), James Twin (guitarra), Yon Berry (baixo) e Ric Matos (bateria) acertaram suas diferenças e mostraram serviço ao liberar o bom EP "Older" neste mesmo ano. A empolgação de retornar aos palcos culminou num sonho antigo: seu primeiro registro ao vivo, batizado como "Live At The Hammer" e que marca definitivamente a volta do Rei Lagarto ao cenário musical.

E o grupo estava em casa, pois a apresentação foi gravada na própria Campinas, no Hammer Rock Bar, em 26 de janeiro de 2008. Contando com o apoio de um segundo guitarrista chamado Brolezi, o pessoal dá uma geral em seus registros, e o que vem pela frente é uma aula de Hard Rock que com aquele jeitão dos anos 70, mas dono de toda uma roupagem digna da década seguinte.

E, levando em conta a energia típica de quem está muito à vontade em meio ao público, suas apresentações sempre foram consideradas especiais. São 11 faixas muito bem selecionadas – será que tem "Jump Into The River" ou "Tomorrow"? – que vão de momentos realmente pesados às baladas, sempre apresentando bons riffs, melodias marcantes e refrões para se cantar junto, e tendo em Negri um vocalista que interage constantemente com a platéia.

"Live At The Hammer" saiu de forma independente e, mesmo com a voz podendo ter ficado um pouco mais baixa em relação aos instrumentos, dá para se impressionar pela qualidade da gravação. O álbum se mostra um aperitivo e tanto enquanto o terceiro álbum de inéditas não chega – seu lançamento está programado para o final deste ano – e nem vou mencionar o futuro DVD que, além das imagens dos shows, trará um documentário do escamoso Rei Lagarto...

Contato:
http://www.reilagarto.com
[email protected]

Rei Lagarto - Live At The Hammer
(2008 / independente – nacional)

01. Bitch
02. Night Watch
03. Free Fall
04. Jump Into The River
05. All Of Your Love
06. Road Of Freedom
07. Sister
08. Older
09. We Need Somebody
10. Low
11. Tomorrow




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Slipknot: Corey Taylor explica porque o mundo pop não suporta o Heavy MetalSlipknot
Corey Taylor explica porque o mundo pop não suporta o Heavy Metal

Cornos do Rock: a dor e o peso do chifre em três belas cançõesCornos do Rock
A dor e o peso do chifre em três belas canções


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

adWhipDin adWhipDin adWhipDin