Gotthard: mantendo o Hard Rock de alto nível

Resenha - Domino Effect - Gotthard

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ricardo Seelig
Enviar Correções  

publicidade

8


O Gotthard talvez seja, hoje, a melhor banda de Hard Rock do planeta. Enquanto gigantes como Bon Jovi e Aerosmith vivem do passado e regravam a mesma balada todos os anos, os suíços apostam em uma sonoridade enérgica, repleta de identidade, e que caiu como uma luva nos ouvidos sedentos dos fãs.

Metal: 16 músicas dos anos 80 para se escutar durante o treino

A História do Burzum

"Domino Effect", sucessor do multiplatinado "Lipservice", de 2005, mantém o alto nível de qualidade apresentado nos álbuns anteriores. Isso fica evidente já na primeira faixa, "Master Of Illusion", dona de uma sonoridade clássica, com linhas vocais cheias de melodia e um refrão poderoso. A pesadíssima faixa-título é outra que agrada de imediato, com um excelente trabalho de guitarras.

A quantidade de refrãos pegajosos é enorme, o que dá a "Domino Effect" uma cara meio de single gigantesco, com uma faixa mais grudenta que a outra. Ou seja, exatamente como um bom álbum de Hard Rock deve ser. Nessa linha, composições como "The Cruiser (Judgement Day)", "Heal Me" (com um delicioso sabor oitentista) e "Now" (com uma introdução de teclados que me levou, por alguns meros segundos, de volta à "Perfect Strangers" do Deep Purple) são outros pontos altos do disco.

É claro que as baladas marcam ponto, e são várias, todas extremamente melosas, seguindo a tradição do estilo. Confesso que não gosto muito desse estilo de música, mas curti bastante canções como "The Call" e "Letter To A Friend".

O principal destaque do Gotthard, como fica evidente mais uma vez em "Domino Effect", é o vocalista Steve Lee, dono de um excelente timbre e que sabe como usar a sua voz como poucos. Outro ponto alto é a interação entre a guitarra e o teclado, compondo bases sonoras poderosas que dão um ar meio Whitesnake a algumas faixas.

"Domino Effect" é um grande álbum de Hard Rock, de uma banda que merece mais destaque do que aquele que já possui. Com ele, o Gotthard deve conquistar ainda mais fãs, tornando-se conhecido também por uma parcela de público que ainda não ouviu falar da banda, como aqueles ouvintes casuais de Bon Jovi e Aerosmith, que, mesmo não sabendo, estão carentes de algo de qualidade a um bom tempo.

Faixas:
1. Master Of Illusion
2. Gone Too Far
3. Domino Effect
4. Falling
5. The Call
6. The Oscar Goes To You
7. The Cruiser (Judgement Day)
8. Heal Me
9. Letter To A Friend
10. Tomorrow´s Just Begun
11. Come Alive
12. Bad To The Bone
13. Now
14. Where´s Love When It´s Go


Outras resenhas de Domino Effect - Gotthard

Resenha - Domino Effect - Gotthard

Gotthard: talento e criatividade inesgotáveis




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Rock And Roll Hall Of Fame: 10 bandas elegíveis para 2018Rock And Roll Hall Of Fame
10 bandas elegíveis para 2018

Top 10: músicas boas escondidas em discos não tão bonsTop 10
Músicas boas "escondidas" em discos não tão bons


Metal: 16 músicas dos anos 80 para se escutar durante o treinoMetal
16 músicas dos anos 80 para se escutar durante o treino

A História do BurzumA História do Burzum


Sobre Ricardo Seelig

Ricardo Seelig é editor da Collectors Room - www.collectorsroom.com.br - e colabora com o Whiplash.Net desde 2004.

Mais matérias de Ricardo Seelig no Whiplash.Net.

adWhipDin adWhipDin adWhipDin