Axel Rudi Pell: na linha dos trabalhos anteriores

Resenha - Mystica - Axel Rudi Pell

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Ricardo Seelig
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


“Mystica”, décimo-primeiro trabalho do guitarrista alemão Axel Rudi Pell, segue a mesma linha adotada em toda a sua carreira: um heavy metal clássico, repleto de melodias e refrãos poderosos, onde a principal influência é o Rainbow de Ritchie Blackmore.
527 acessosAxel Rudi Pell: sua mais nova compilação de baladas5000 acessosMotörhead: em 1995, Lemmy comenta versão do Sepultura

Sendo assim, o principal atrativo deste álbum acaba sendo a participação do excepcional baterista Mike Terrana (ex-Rage e atual Masterplan), que coloca a sua técnica e a sua pegada para elevar ainda mais a qualidade do trabalho de Pell.

Mantendo a mesma banda que tem estado ao seu lado nos últimos anos, onde o destaque é o ótimo vocalista Johnny Gioeli, o guitarrista não irá decepcionar seus fãs, que encontrarão em “Mystica” canções dignas da carreira de Axel, como “Fly To The Moon”, “Rock The Nation”, a baladaça “No Chance To Live”, o hard rock de “Losing The Game” e o encerramento épico com a longa “The Curse Of The Damned”.

Se você é fã de Axel Rudi Pell, pode comprar de olhos fechados, pois “Mystica” segue a mesma linha dos trabalhos anteriores, e ainda traz atuações soberbas de Johnny Gioeli e de Mike Terrana, dando ainda mais vitalidade e força às canções do guitarrista alemão.

Se ainda se dedicasse ao heavy metal, Ritchie Blackmore certamente curtiria este disco.

Faixas:
1. The Mysterious Return
2. Fly To The Moon
3. Rock The Nation
4. Valley Of Sin
5. Living A Lie
6. No Chance To Live
7. Mystica
8. Haunted Castle Serenade (Opus #4 Grazioso e Agresso)
9. Losing The Game
10. The Curse Of Damned

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Mystica - Axel Rudi Pell

2308 acessosAxel Rudi Pell: hard maduro, evoluído e moderno2034 acessosAxel Rudi Pell: orgulho em não inovar?1670 acessosResenha - Mystica - Axel Rudi Pell

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

527 acessosAxel Rudi Pell: sua mais nova compilação de baladas0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Axel Rudi Pell"

Baladas do MetalBaladas do Metal
Blog elege as mais bonitas de todos os tempos

Heavy MetalHeavy Metal
Discos que são obras-primas pouco lembradas - Parte 1

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Axel Rudi Pell"

MotörheadMotörhead
Em 1995, Lemmy comenta versão do Sepultura

MetallicaMetallica
New Music Express elege as melhores músicas do grupo

Fotos de InfânciaFotos de Infância
Dani Filth antes de virar... Dani Filth

5000 acessosBlack Sabbath: About.com elege os 5 melhores álbuns da banda5000 acessosMetromix: a lista dos vocalistas mais irritantes do rock5000 acessosMegadeth: uma voz escondida em música de 2004 previa a entrada de Kiko na banda?4250 acessosPhil Anselmo: "cantar afinado é como uma obrigação"5000 acessosLars Ulrich: quando conheci o Motorhead decidi montar o Metallica5000 acessosMustaine: A7X ou Trivium? Não, ouça Metallica, Megadeth, Slayer

Sobre Ricardo Seelig

Ricardo Seelig é editor da Collectors Room - www.collectorsroom.com.br - e colabora com o Whiplash.Net desde 2004.

Mais matérias de Ricardo Seelig no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online