Resenha - In-Existence - Censored

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 9


E o underground não para de impressionar com seus bons discos! O Censored vem da Suíça e foi formado em 2001 por Manuel Früh (voz e baixo), Marcel Zilic (guitarra) e Nik Naumann (bateria), bons amigos que estão juntos até os dias de hoje. Este power-trio já liberou dois registros: "Censored", cuja gravação ficou tão deficiente que foi totalmente regravado sob o nome "Censored - Red Edition" (02), e "System Disease" (03), sendo que foi com este material que o Censored passou a ser conhecido no cenário europeu pela sua ótima postura sobre os palcos.

Marilyn Manson: "perdi tudo por causa de Columbine"Top 5: Os roqueiros mais chatos da história

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

E agora chegou a vez de "In-Existence". Um discaço com muita influência do Death Metal norte-americano, alguns elementos do grindcore, sutis pitadas de Thrash e Black Metal e ótimas inclusões do recurso conhecido como "pára-e-vai". O grande lance aqui é a forma inspirada e espontânea com que os suíços fundiram estes ingredientes, o que acabou por dar algumas características um tanto quanto singulares ao disco como um todo.

Impossível deixar de mencionar a desenvoltura com que o Censored varia os arranjos dentro de uma mesma canção, intercalando velocidade com passagens cadenciadas, ótimas linhas vocais que passam pelo gritado, urrado e o total gutural. Tudo é tão bem elaborado que a audição do álbum flui de maneira impressionante, mostrando muito mais do que a mera e tradicional violência que faz do Death Metal um estilo musical dos mais malditos.

Com letras abordando filosofia, política e críticas sociais, "In-Existence" causa ótima impressão. São nove faixas balizadas lá em cima, mas tendo "Suicide Machine" como referência, pois traz um início tão desconjuntado e cheio de suspense que chega a ser angustiante, para ir tomando corpo e literalmente explodir nos alto-falantes.

Curiosamente, o Censored acabou liberando este disco de forma independente... Portanto os headbangers com certeza terão mais dificuldades em adquirir "In-Existence", um disco que comprova com folgas que a Suíça produz música extrema com a mesma qualidade de seus relógios precisos, chocolates ou queijos cheios de furos. Indicadíssimo!

Censored - In-Existence
(2006 / independente - importado)

01. Down By Law
02. Prone To Kill And Torture As A Strategy To Overthrow Governments
03. Microsleep
04. Threatened With Extinction
05. Suicide Machine
06. Stop For Death
07. Out Of Breath
08. Codification Interrupted
09. Faint

Homepage: www.censored.ch




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Censored"


Marilyn Manson: perdi tudo por causa de ColumbineMarilyn Manson
"perdi tudo por causa de Columbine"

Top 5: Os roqueiros mais chatos da históriaTop 5
Os roqueiros mais chatos da história


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336