Resenha - Hellraiser - Krokus

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Ver Acessos


Sinceramente, nunca pensei que esta banda fosse durar tanto... Trinta anos depois de lançar seu debut, o Krokus está disponibilizando aos brasileiros seu mais novo álbum chamado "Hellraiser", o décimo-quinto de uma carreira que, se por um lado é considerada um tanto quanto irregular, por outro mostra uma banda que liberou alguns registros considerados clássicos por fãs é crítica especializada.

Sign of the horns: o sinal do DemônioMick Jagger: em cerimônia na escola do filho em São Paulo

Dos tempos de glória só sobrou o carismático vocalista Marc Storace, sendo uma pena que Fernando Von Arb, guitarrista e praticamente o mentor da banda, novamente deixa o Krokus por motivos de saúde (problemas no pulso e o stress da vida nas estradas já não eram condizentes com sua idade). Seu substituto é Mandy Meyer, que tinha tocado com o conjunto em meados dos anos 80 e também passou pelo Gotthard, e outro músico conhecido no cenário é o baterista Stefan Schwarzmann, que já passou pelo Accept, U.D.O., Helloween, e agora também dá as caras no Krokus.

E o que escutamos em "Hellraiser" é o autêntico Krokus. Bom, quase autêntico, pois, mesmo neste longo caminho que a banda percorreu tocando praticamente o mesmo estilo, sua música sempre foi corretamente comparada com a do AC/DC. Mas e daí? Este é um disco sem frescuras e dono de boas doses de energia, com Storace surpreendendo com sua voz se mostrando tão esganiçada e potente quanto há mais de 20 anos. Mas muito do mérito do poder destas canções vão mesmo para o guitarrista Mandy, sua experiência e bom-gosto dão o tom a todo o álbum, em bons riffs e solos matadores.

O repertório está bem montado e equilibrado entre bons hard rocks e baladas emotivas, se sobressaindo rapidamente a própria "Hellraiser", com os já conhecidos riffs à la AC/DC e Storace cantando entre o agressivo e o mais melódico. As melodias de "Angel Of My Dreams" mostram uma grande performance da dupla de guitarristas e um ótimo refrão, tornando-a um dos grandes destaques. Entre vários outros bons momentos, confesso que fazia tempo que não escutava um Krokus tão veloz quanto na pesadona "Spirit Of The Night".

É claro que os tradicionais detratores considerarão novamente o Krokus como sendo um subproduto do AC/DC. É um comentário desagradável, pois estes pioneiros do rock suíço se mostram bem motivados nesta sua nova fase, provando que com força de vontade e amor à música os problemas podem ser superados, e ainda sobra energia para elaborar boas composições. Vale a pena ser conferido pelos amantes de Hard Rock.

Formação:
Marc Storace - voz
Mandy Meyer - guitarra
Dominique Favez - guitarra
Tony Castell - baixo
Stefan Schwarzmann - bateria

Krokus - Hellraiser
(2006 - AFM Records / Rock Brigade Records - nacional)

01. Hellraiser
02. Too Wired To Sleep
03. Hangman
04. Angel Of My Dreams
05. Fight On
06. So Long
07. Spirit Of The Night
08. Midnite Fantasy
09. No Rick No Gain
10. Turning Inside Out
11. Take My Luv
12. Justice
13. Luv Will Survive
14. Rocks Off

Homepage: www.krokusonline.seven49.net


Outras resenhas de Hellraiser - Krokus

Krokus: o rock suiço é mais que o GotthardKorkus: hard rock azeitado e competenteResenha - Hellraiser - Krokus




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Krokus"


Twisted Sister e Krokus: A treta entre as bandas nos anos 80Twisted Sister e Krokus
A treta entre as bandas nos anos 80

AC/DC: quem Dave Mustaine gostaria de ver no vocal?AC/DC
Quem Dave Mustaine gostaria de ver no vocal?

AC/DC: 7 bandas e cantores que tentam a fórmula da bandaAC/DC
7 bandas e cantores que tentam a fórmula da banda


Sign of the horns: o sinal do DemônioSign of the horns
O sinal do Demônio

Mick Jagger: em cerimônia na escola do filho em São PauloMick Jagger
Em cerimônia na escola do filho em São Paulo

Epica: foto original de Simone Simons nua em capa é revelada?Epica
Foto original de Simone Simons nua em capa é revelada?

Ultimate Classic Rock: os 100 maiores clássicos do rockUltimate Classic Rock
Os 100 maiores clássicos do rock

Ramones: Perguntas e respostas e curiosidadesRamones
Perguntas e respostas e curiosidades

Van Halen: o constrangedor encontro de Eddie com o NirvanaVan Halen
O constrangedor encontro de Eddie com o Nirvana

Rock And Roll: 10 melhores álbuns de estreia de todos os temposRock And Roll
10 melhores álbuns de estreia de todos os tempos


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336