Resenha - Dominion Gate - Nightmare

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


A França nunca é lembrada como sendo um país que tenha alguma tradição em se tratando de Heavy Metal. E este é um dos motivos pelo qual o Nightmare não é muito conhecido, mesmo tendo começado suas atividades em 1979 e tocando uma carreira que teve seus bons momentos e outros nem tanto assim. Mas a banda é persistente e está lançando seu sétimo registro, “The Dominion Gate”, chegando inclusive ao mercado brasileiro via Hellion Records.
5000 acessosGuns N' Roses: Algumas curiosidades sobre o vocalista Axl Rose5000 acessosOzzy Osbourne: No Rock In Rio, má impressão sobre o Brasil

Por sua formação já passaram músicos muito bons, e atualmente contam com Jo Amore (voz), Alex Hilbert (guitarra), Franck Milleliri (guitarra), Yves Campion (baixo) e David Amore (bateria). “The Dominion Gate” traz excelentes composições, coisa realmente feita por veteranos cheios de disposição: Power metal vigoroso, riffs galopantes quase thrash aqui e ali, além de muitos solos de guitarras.

Jo tem uma voz muito forte e sabe como usá-la, chamando a atenção logo nos primeiros momentos e, ainda sobre vocalistas, temos a participação bastante discreta de Floor Jansen (After Forever). Esta voz feminina, mesmo não aparecendo muito, acrescentado ao uso de interlúdios acústicos e alguns poucos teclados, reforça ainda mais a diversidade deste disco sem nunca descaracterizar sua veia power metal.

Com uma produção correta e limpa, destaca-se no ato “Heretic”, a mais pesada e com coros maravilhosos, além de “A Taste Of Armageddom”, dona de guitarras dobradas e solos precisos, com refrãos poderosos se contrapondo com a maciez vocal de Floor. A faixa-título se destaca pelas várias mudanças de atmosferas muito bem planejadas, resultando no grande momento épico do disco.

Um álbum bastante interessante para quem curte sonoridades na linha do Jag Panzer e Angel Dust, ou o power metal oitentista mesmo, afinal, não há como escutar “The Dominion Gate” e não sentir aquela leve nostalgia dos anos 80...

Nightmare - The Dominion Gate
(2005 / Regain Records - 2006 / Helion Records)

01. Temple Of Tears
02. A Taste Of Armageddom
03. Messenger Of Faith
04. Secret Rules (Beati Paoli)
05. The Dressmaker
06. Endless Agony
07. Paranormal Magnitude (Part II)
08. Circle Of The Dark
09. Hauting Memories
10. Heretic
11. The Dominium Gate
12. The Watchtower
13. K-141

Homepage: www.nightmare-metal.com

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Dominion Gate - Nightmare

3410 acessosNightmare: enjoativo e insuportavelmente óbvio

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Nightmare"

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Nightmare"

Guns N RosesGuns N' Roses
Algumas curiosidades sobre o vocalista Axl Rose

Ozzy OsbourneOzzy Osbourne
No Rock In Rio, má impressão sobre o Brasil

SlipknotSlipknot
Banda trolla repórter da Multishow antes de show no RIR

5000 acessosAC/DC: a história do nome e a idéia do uniforme de Angus5000 acessosMMA: os lutadores que curtem Rock e Heavy Metal5000 acessosRockstars que atacaram a igreja, Jesus Cristo e Deus5000 acessosMetallica: "One" fez a ponte entre o Venom e eles4148 acessosScreaming Lord Sutch & the Savages5000 acessosLed Zeppelin: sexo explícito na entrega de discos de ouro em 1973

Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online