Resenha - For A Fistful Of Dollars - Soul Doctor

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 8


Apesar da arte da capa nos remeter diretamente às bandas de hard rock norte-americanas que fizeram história nos anos 80, o Soul Doctor vem da Alemanha, trazendo grandes músicos já veteranos no meio musical, sendo o vocalista Tommy Heart (do sempre ótimo Fair Warning), o guitarrista Chris Lyne (Heartlyne), o baixista Jogy Rautenberg (Bonfire) e nas baquetas Mario B.

Vanusa e Black Sabbath: a notável coincidência nos riffsGaleria de fotos: 13 motivos para gostar de Rock N Roll

Na ativa desde 2000, estes alemães vem conquistando o mercado japonês e europeu com seus discos, sendo que agora estão disponibilizando seu terceiro álbum de nome "For A Fistful Of Dollars". Sua música lembra basicamente o velho Aerosmith mesclado ao AC/DC, com boas doses de blues e muito pouco das tão famosas melodias do hard rock alemão.

Para serem escutadas numa estrada temos "Eatin' On Me", com uma ótima seção rítmica orientando a canção e refrãos realmente pegajosos; "Under Your Skin" é totalmente rock'n'roll e candidata a melhor canção do disco. Num registro deste gênero não poderia faltar uma balada, e "Remember" é a representante totalmente emotiva, com belíssimo piano e Hammond.

Mas o Soul Doctor vai além, inserindo ainda instrumentos como saxofone e trombone em "Ten Seconds Of Love" (com ótimo solo de guitarra) e "She's Mine", resultando em algo diferente e, por que não dizer, interessante. Fechando o álbum com guitarras acústicas, "Cheap Down 'n' Nasty" é a canção mais bluesy do CD.

Com guitarras bem na frente, ótimos solos e um vocalista que saber fazer uso de sua bela voz (quem conhece o trabalho de Tommy no Fair Warning sabe o que quero dizer), o Soul Doctor fez um álbum bastante básico, com canções variadas e que realmente se torna um prazer em escutar. Agora é torcer para ser lançado no Brasil, pois "For A Fistful Of Dollars" é um registro que encontrará muitos apreciadores por aqui.

Soul Doctor - For A Fistful Of Dollars
(2005 / Frontiers Records - importado)

01. Eatin' On Me
02. Best Way To Fade
03. Under Your Skin
04. Remember
05. Where Do We Go
06. Ten Seconds Of Love
07. She's Mine
08. The Trigger (Goin' Downhill)
09. Give Me A Ride (The Ride)
10. Cheap Down 'N' Nasty

Homepage: www.english.souldoctorrocks.de




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Soul Doctor"


Vanusa e Black Sabbath: a notável coincidência nos riffsVanusa e Black Sabbath
A notável coincidência nos riffs

Galeria de fotos: 13 motivos para gostar de Rock N RollGaleria de fotos
13 motivos para gostar de Rock N Roll

Cristina Scabbia: Símbolo sexual? Fico surpresa com isto!Cristina Scabbia
"Símbolo sexual? Fico surpresa com isto!"

Queen: algumas curiosidades sobre a bandaQueen
Algumas curiosidades sobre a banda

Heavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 1988Heavy Metal
Os dez melhores álbuns lançados em 1988

Dave Mustaine: não pratico mais guitarra, me preservo para as turnêsDave Mustaine
Não pratico mais guitarra, me preservo para as turnês

Derek Sherinian: comentários sobre Kiss e Yngwie MalmsteenDerek Sherinian
Comentários sobre Kiss e Yngwie Malmsteen


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336