RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemLed Zeppelin e a bateria que ninguém acreditava que um ser humano conseguiria tocar

imagemJovens sem noção vandalizam o lugar da capa de estreia do Black Sabbath

imagemRegis Tadeu e os cinco grandes vocalistas que o mundo do Rock não dá valor

imagemArch Enemy e Behemoth tocarão no Brasil em novembro; confira datas e locais

imagemO hit da Legião Urbana que utiliza recurso sonoro consagrado pelos Beatles

imagemJô Soares comprou uma obra de arte do Rock por causa do Regis Tadeu

imagemLars Ulrich sobre "Fade to Black": Frequentemente sinto haver dois Metallicas

imagemA curiosa ligação vocal entre Ney Matogrosso e Andre Matos, segundo Bruno Sutter

imagemA música do Metallica que James não queria apresentar aos outros integrantes

imagemJoão Gordo explica porque Anitta está fazendo o que as bandas de Rock deviam fazer

imagemFãs detonam produção do Knotfest após anúncio do Pantera

imagemO curto e grosso motivo pelo qual Zappa vetava que seus músicos usassem coisas químicas

imagemAmy Lee surpreende ao escolher os melhores cantores (e cantoras) de todos os tempos

imagemO carinhoso jeito de Axl Rose se desculpar com sua equipe pelo seu jeito imprevisível

imagemDee Snider diz que faliu na década de 1990 e fingia ser outra pessoa


Stamp
2022/07/09

Resenha - All For You - Annihilator

Por Leandro Freitas
Em 30/09/05

Jeff Waters é louco. Isso todo mundo sabe. E esse deve ser o segredo do Annihilator. A banda segue desde 1986 sob a mão-de-ferro do poderoso chefão, que toca guitarra, compõe, arranja, grava, mixa, e nunca decepciona (tá bem, tem gente q não gosta do Remains, acha o Set the World On Fire esquisito e detesta o King Of The Kill). E não decepciona devido à previsibilidade. Mas não porque os discos sejam todos iguais, muito pelo contrario. O que é previsível aqui é a qualidade de uma das melhores bandas de thrash/heavy do mundo, devido ao amor louco e insano que esse camarada tem pelo estilo. Se precisar gravar tudo sozinho, ele grava tudo sozinho, inclusive os vocais, como já o fez.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

Mas isto não foi necessário neste disco, com Waters escalando um time de primeira. Nos vocais a grande revelação, David Padden; um garoto de 20 e poucos anos, que até parece irmão mais novo de Waters. Possui um estilo vocal diferente do seu antecessor, Joe Comeau (Ex-Overkill, Liege Lord), que era mais tradicional. Padden é mais agressivo, se encaixando perfeitamente na sonoridade de All For You. Alterna sua voz potentíssima em rasgados, guturais e vocalizações limpas. Um vocal completo. Na bateria, para substituir Randy Black, que foi para o Primal Fear, entra o incrível Mike Mangini, ex-Steve Vai e Mr. Big. Simplesmente perfeito. A outra guitarra agora é do competentíssimo Curran Murphy, ex-Nevermore. No baixo, Russel Bergquist, um dos únicos com quem Jeff deve ir com a cara, pois está com o Annihilator desde 99, coisa raríssima na banda, que praticamante troca de formação a cada dois discos.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Destaques são difíceis, pois o disco é todo muito bom. Mas podemos citar a faixa titulo que abre o disco, soando um pouco moderna (não vai achar que eu to dizendo que é New Metal), e virou clip (e nunca vai passar na MTV). Dr. Psycho possui várias mudanças de ritmo. Demon Dance é diretona e pesadíssima. The One é a balada, muito bonita por sinal, pois não é daquelas enjoativas e mostra a versatilidade de Padden. Both Of Me tem aquelas alternâncias acústicas e pesadas com frases de guitarra marcantes, marca registrada do Annihilator. The Nightmare Factory é um pouco mais cadenciada, caindo muito bem. Os pontos negativos são Holding On, que é chatíssima, e a instrumental The Sound Of Horror, que fecha o disco, totalmente dispensável. A última poderia, aliás, deveria, ter sido substituída por Weapon X, que só entrou nas edições de alguns países.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Necessário dizer que Annihilator é uma das poucas bandas de thrash americanas que não usa afinação baixa. Waters se mantém fiel ao espírito oitentista, mas não parou no tempo. O Annihilator evoluiu sim seu som, mas sem abrir mão do tradicionalismo, tudo muito bem balanceado. Riffs poderosos na velocidade da luz ainda estão lá (há quem diga que é a palhetada mais rápida do metal, sabe-se lá), bases pesadíssimas, técnica aliada ao bom senso. Não, não é um Alice In Hell, mas é muito, muito bom.


Outras resenhas de All For You - Annihilator

Resenha - All For You - Annihilator

Resenha - All for You - Annihilator

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

2022/08/18


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Annihilator: guitarrista quase substituiu James Hetfield em 1992

Thrash metal: em vídeo, a evolução do estilo, de 1983 até 2021

Canadá: 10 bandas de heavy metal formadas no segundo maior país do planeta

Iron Maiden: Perguntas e respostas e curiosidades diversas

King Diamond: O que significa ser Satanista?