Matérias Mais Lidas

imagemMarcello Pompeu, em busca de emprego, pede ajuda a seguidores

imagemPaul McCartney lista os cinco músicos que formariam sua banda dos sonhos

imagemRegis Tadeu explica porque o vinil e o Spotify vão despencar e o CD vai bombar

imagemBill Hudson comenta sobre falta de público de Angra e outras bandas nos EUA

imagemGene Simmons faz passagem de som antes de show do Kiss com roupa inusitada

imagemMax Cavalera e o conselho dado por Ozzy Osbourne: "ambos nos sentimos traídos"

imagemJames Hetfield se emociona profundamente no show de BH e é amparado pelos amigos e fãs

imagemMax Cavalera é criticado por ucranianos pelo apoio a Rússia em 2014

imagemDave Mustaine mostra a forma curiosa como se aquece antes de um show do Megadeth

imagemConheça a "melhor banda com as melhores músicas" para Robert Smith, do The Cure

imagemDez grandes músicas do Iron Maiden escritas pelo vocalista Bruce Dickinson

imagemAbba e a imensa importância do Deep Purple na sonoridade de suas músicas clássicas

imagemPink Floyd: Roger Waters relembra o dia que conheceu John Lennon - e se arrependeu

imagemQueen e a artimanha infantil de Roger Taylor pra ganhar mais dinheiro que os outros

Marcello Pompeu: ele conta por que não se posiciona politicamente, apesar de cobranças


Resenha - Catch 33 - Meshuggah

Por Ben Ami Scopinho
Em 09/08/05

Nota: 7

O sueco Meshuggah começou suas atividades em 1987 e foi conquistando seus fãs com a ousadia de suas canções técnicas, porém extremamente brutais, donas de poucos solos e vozes urradas. Nunca seguiram tendências, compondo seus álbuns segundo seus próprios instintos criativos e com isso tornando sua sonoridade relativamente peculiar dentro do cenário musical.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

"Catch 33" é seu décimo segundo disco e conforme os próprios membros da banda fizeram questão de afirmar, prima pelo experimentalismo. E sempre louvável encontrar algo irrotulável, porém confesso que Meshuggah conseguiu tornar a audição deste registro bastante difícil, devendo ser digerido lentamente, e já garanto que será um típico disco que dividirá a opinião de todos.

Basicamente o álbum possui apenas uma faixa dividida em 13 partes. Para o leitor ter uma noção, um mesmo riff de guitarra percorre as três primeiras destas partes, sem interrupção alguma entre o término e início das mesmas. As mudanças de tempo são uma constante que ocorrem de maneira fora do comum, com guitarras destilando riffs estranhos e incrivelmente hipnóticos.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Inserções de alguns elementos eletrônicos e todo um trabalho de bateria programada – de ótima qualidade, já adianto – farão as opiniões se racharem ainda mais. As vozes se dividem entre monótonos urros e partes faladas. Melodia? Harmonia? Tsc... Difícil encontrar aqui. Mesmo com tantos experimentos, o Meshuggah sabe o que quer, conseguindo amarrar muito bem todas as partes, porém ainda assim "Catch 33" foge completamente dos padrões musicais a que estamos acostumados a escutar.

Se existisse uma categoria de "disco mais esquisito do ano", este ganharia fácil. Meshuggah conseguiu fazer um álbum genialmente insano e obviamente pretensioso. Alguns amarão, outros nem tanto. Recomendável aos fãs da banda, àqueles que curtem uma sonoridade mais alternativa e até mesmo algo de prog. Quanto aos outros apreciadores da música pesada, escute "Catch 33" com a mente totalmente desprovida de preconceitos, muita paciência e concentração. Aí haverá alguma chance de você se interessar pelo trabalho...

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Formação:
Mårten Hagström - guitarras e baixo
Fredrik Thordendal - guitarras e baixo
Jens Kidman - voz, guitarras e baixo
Tomas Haake - vozes faladas
Meshuggah - bateria programada

MESHUGGAH - Catch 33
(2005 – Nuclear Blast / Rock Brigade Records)

01. Autonomy Lost
02. Disenchantment
03. Imprint Of The Un-Saved
04. The Paradoxical Spiral
05. Re-Inanimate
06. Entrapment
07. Mind's Mirrors
08. In Death Is Life
09. In Death Is Death
10. Shed
11. Personae Non Gratae
12. Dehumanization
13. Sum

Homepage: www.meshuggah.nt

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

imagemCinco álbuns de rock/metal que serão lançados em abril para você anotar na agenda

Meshuggah lança "Immutable", seu décimo álbum de estúdio; confira aqui

Meshuggah: confira "I Am That Thirst", música do próximo álbum, lançada nesta sexta

Meshuggah: banda sueca lança "Light The Shortening Fuse", faixa do próximo disco

Meshuggah: confira vídeo oficial da música "The Abysmal Eye", faixa do próximo álbum

Lançamentos: 7 músicas de rock e metal desta semana (22 a 28/01) que merecem destaque

Meshuggah: confira "The Abysmal Eye", faixa do próximo disco, lançada nesta sexta-feira

Meshuggah: "Immutable", novo álbum da banda, será lançado em abril; confira a capa




Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre

Mais matérias de Ben Ami Scopinho.