Resenha - Treze - Treze

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Rafael Carnovale
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


E tome porrada! Os paulistas da Banda Treze não querem saber de mais nada além do bom thrash metal inspirado em Pantera. Formado em 2000 por Gilmar (Bateria), Diego (Baixo e Vocais) e Dardão (Guitarras), a banda mostra grandes influências dos Texanos do Pantera, inclusive no vocal de Diego, muito parecido com o de Phil Anselmo misturado com Mau (Garotos Podres). O diferencial está nas letras. Com forte engajamento político social, a banda dispara para todos os lados, criticando desde injustiças sociais até a hipocrisia humana.
5000 acessosSlash: por que ele usa óculos escuros o tempo todo?5000 acessosMetal: As bandas mais expressivas surgidas nos últimos 15 anos

“Mortos Vivemos” e “Falsidade” são pauladas heavy bem ao estilo do Pantera em sua fase mais “sabbathica” (leia-se do “Far Beyond Driven” para frente), enquanto que “Vida Inútil” já tem uma pegada mais hardcore. Boa sacada está na pesada e cadenciada “Reciclável/Descartável”, cujo contexto faz duras críticas a superficialidade do mundo, e no hardcore “Farsa de Si Mesmo”, crítica ao ser humano que se deixa levar pelas modas e perde sua personalidade. A pesada “Podre Mais Cedo” encerra o demo, que prima por uma boa produção e pela agressividade.

Um bom começo. Talvez uma lapidação maior no som e mais personalidade no estilo (ainda muito calcado no trash do Pantera) ajudem a banda a se tornar mais poderosa, pois o Treze ainda tem muito a dizer e fazer pelo rock brazuca.

Home Page: http://www.bandatreze.hpg.com.br

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Treze"

SlashSlash
Por que ele usa óculos escuros o tempo todo?

MetalMetal
As bandas mais expressivas surgidas nos últimos 15 anos

Fotos de InfânciaFotos de Infância
Phil Anselmo, Dimebag, Rex Brow e Vinnie Paul

5000 acessosDanilo Gentili: O sertanejo tem mais atitude roqueira que o próprio roqueiro5000 acessosJoão Gordo: quais são as bandas que ele ouve hoje em dia?5000 acessosGothic Metal: os dez trabalhos essenciais do estilo5000 acessosCavalera Conspiracy: O Sepultura não saiu dos irmãos Max e Iggor5000 acessosTrítono: Diabolus In Musica e a relação com a Igreja5000 acessosJourney: veja garoto de oito anos cantar "Don't Stop Believin'"

Sobre Rafael Carnovale

Nascido em 1974, atualmente funcionário público do estado do Rio de Janeiro, fã de punk rock, heavy metal, hard-core e da boa música. Curte tantas bandas e estilos que ainda não consegue fazer um TOP10 que dure mais de 10 minutos. Na Whiplash desde 2001, segue escrevendo alguns desatinos que alguns lêem, outros não... mas fazer o que?

Mais matérias de Rafael Carnovale no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online