Matérias Mais Lidas

imagemEngenheiros do Hawaii e as tretas com Titãs, Lulu Santos, Lobão e outros

imagemIggor Cavalera diz que reunião da formação clássica do Sepultura seria incrível, mas...

imagemTravis Barker, do Blink-182, é hospitalizado às pressas e filha pede orações

imagemGregório Duvivier: "Perto de Chico Buarque, Bob Dylan é uma espécie de Renato Russo!"

imagemQuando Jimi Hendrix chamou Eric Clapton para subir no palco e afinar sua guitarra

imagemJoão Gordo diz que não torce pela seleção brasileira de futebol

imagemVeja diz que David Coverdale só passa vergonha nas redes sociais

imagemCinco nomes do heavy metal que já gravaram músicas do ABBA

imagemCuecão de couro: Rob Halford posa com suas "great balls of fire" em camarim

imagemAvenged Sevenfold e o álbum do Guns N' Roses que deveria ser mais valorizado

imagemKerry King explica por que não assumiu o posto de guitarrista do Megadeth

imagemMike Portnoy e a música do Rush que virou um grande sucesso do Guns N' Roses

imagemEdu Falaschi descobriu que seu primo famoso tem mais seguidores que ele no Instagram

imagemO clássico dos Paralamas que Gilberto Gil escreveu a letra e ditou pelo telefone

imagemMick Jagger diz que sente muito a falta do baterista Charlie Watts


Stamp

Resenha - Hatred and Warlust - Holy Martyr

Por Paulo Finatto Jr.
Em 08/09/03

A banda italiana Holy Martyr surgiu no já longínquo ano de 1994, na Itália, sob o nome de Hell Forge. Já em 1997, a banda passou a chamar-se Holy Martyr. Em 2001 passou por uma reformulação interna, quando se estabilizou com Alex Mereu (vocal), Ivano Spiga (guitarra), Carlo Olla (guitarra), Andrea Mucelli (baixo) e Giacomo Macis (bateria). Dando um certo tempo para a banda compor e gravar, em 2003 eles apareceram com este mini CD intitulado "Hatred and Warlust".

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

O estilo da banda presente neste seu mini CD é algo puxado para o power metal anos 80’ (se você ouviu o último CD do Warlord, esta é a banda mais próxima da sonoridade do Holy Martyr), um pouco de melódico e muitas doses de NWOBHM (Judas Priest). Certamente alguns riffs mais pesados farão o ouvinte lembrar uma ou outra banda de thrash, mas isto é o que menos aparece no todo de "Hatred and Warlust". Musicalmente, os integrantes estão bem entrosados, apenas o vocalista não possui uma voz perfeita para o estilo. A produção está nota dez, mas o material enviado a nós do Whiplash! é simplesmente um CD-r – toda a arte do encarte, letras, etc estão dentro do CD. Ou seja, tudo teve que ser catado via computador para que esta resenha fosse finalizada – o que pôde ter facilitado a promoção da banda – mas dificultado a nossa função aqui no Whiplash!.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

O mini CD abre com a bem pesada e com direito a momentos mais cadenciados e outros de maior velocidade, na faixa "Warmonger (A Mission of Vengeance and Teror)", somente o vocalista que poderia ter tido uma interpretação melhor na composição. A épica (mais de nove minutos) "Hatred is my Stength" é outra música muitíssimo pesada, lembrando nos momentos mais tradicionais o glorioso Judas Priest. Acho que não preciso repetir que mais uma vez o vocalista poderia estar melhor né... "The Shadow Over Innsmouth" é a melhor música do CD, a mais power/melódica com uma melodia vocal parecida com a de "When Demons Awake" (Rhapsody) onde finalmente o vocalista Alex Mereu conseguiu obter uma boa participação. Por fim, o trabalho fecha com o cover de uma antiga banda muito pouca conhecida, o Cirith Ungol, com a música "Frost and Fire", que na minha opinião, não é nada demais.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Se o vocalista Alex Mereu perceber que o seu melhor estilo para o som do Holy Martyr é o vocal mais grave, sem tantos agudos, a banda terá muitos diferenciais para desapontar no cenário power: maior quantidade de peso nas guitarras e vocal diferenciado. Mas caso contrário, se as músicas de um provável ‘full lenght’ vierem como "Under Siege", "Son of a King" e "Metallian" (músicas melódicas ao excesso, assim como o vocal), quase nenhum espaço o grupo irá alcançar tanto lá fora como aqui no Brasil. Ah, o disco possui uma introdução como faixa escondida, mas não sei como dá pra fazer ela rodar!!!

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Site oficial: www.holy-martyr.com

Line-up:
Alex Mereu (vocal);
Ivano Spiga (guitarra);
Carlo Olla (guitarra);
Andrea Mucelli (baixo);
Giacomo Macis (bateria).

Track-list:
01. Intro – faixa escondida
02. Warmonger (A Mission of Vengeance and Terror)
03. Under Siege
04. Hatred is my Strength
05. Son of a King
06. The Shadow Over Innsmouth
07. Metallian
08. Frost and Fire – faixa bônus, cover do Cirith Ungol

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Sobre Paulo Finatto Jr.

Reside em Porto Alegre (RS). Nascido em 1985. Depois de três anos cursando Engenharia Química, seguiu a sua verdadeira vocação, e atualmente é aluno do curso de Jornalismo. Colorado de coração, curte heavy metal desde seus onze anos e colabora com o Whiplash! desde 2000, quando tinha apenas quinze anos. Fanático por bandas como Iron Maiden, Helloween e Nightwish, hoje tem uma visão mais eclética do mundo do rock. Foi o responsável pelo extinto site de metal brasileiro, o Brazil Metal Law, e já colaborou algumas vezes com a revista Rock Brigade.

Mais informações sobre

Mais matérias de Paulo Finatto Jr..