Resenha - Power and The Myth - House of Lords

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rafael Carnovale
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 7


Formado em 1987 pelo tecladista Gregg Giuffria, o House of Lords sempre foi uma banda bem competente no que diz respeito ao hard rock. Apadrinhados por Gene Simmons (aquele que de vez em quando toca no KISS... brincadeira!!!!), lançaram 3 álbuns e tiveram um rodízio de músicos convidados e mudanças de formação, até que encerraram suas atividades em 1992. Em 2000, sem Giuffria, a banda retoma sua carreira e em 2004 sai este "The Power and The Myth". Sem Gregg, sem Simmons, mas com convidados como Derek Sherinian e Pat Torpey (ex-Mr. Big ) será que a banda consegue se manter na ativa e principalmente, lançando trabalhos relevantes?

Poeira: Rockstars e as bandas que eles sonhavam fazer parteMilhões: Os eventos com maior público da história da música

A resposta é sim e você pode conferir logo no começo, com a suave porém rockeira "Today" e na hard anos 80 "All is Gone". "Riffs" quase orientais dão início a "Am I the Only One", aonde o vocalista James Christian desfila todo seu talento. A banda está desta feita investindo no chamado "AOR" (Adult Oriented Rock), como em "The Man Who I Am" e "Mind Trip"e em passagens mais hard oitentistas, como em "Living em Silence" e "Bitter Sweet Euphoria".

Trata-se de um grupo talentoso, mas que parece meio perdido quanto a orientação musical deste trabalho. Ora investe no peso do hard oitentista, ora descamba para a suavidade do som mais comercial, mas com extrema competência. A bela balada "Child of Rage" com seus coros bem colocados a lá Guns and Roses encerra o cd.

Um cd inconstante mas interessante. Talvez um maior cuidado no direcionamento musical ou então cair de vez na mistura de estilos possa render um trabalho mais potente, pois talento a banda esbanja. Confira.

Line Up:
James Christian - Vocais
Lanny Cordola - Guitarras
Ken Mary - Bateria
Chuck Wright - Baixo

Material Cedido Por:
Wet Music Ltda.
http://www.wetmusic.com.br
Wetmusic@uol.com.br
São Paulo (SP)


Outras resenhas de Power and The Myth - House of Lords

Resenha - Power and The Myth - House Of Lords




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "House Of Lords"


Disney: empresa lança disco com clássicos em versão power metalDisney
Empresa lança disco com clássicos em versão power metal

Hard Rock: As bandas do gênero que ficaram para trásHard Rock
As bandas do gênero que ficaram para trás


Poeira: Rockstars e as bandas que eles sonhavam fazer partePoeira
Rockstars e as bandas que eles sonhavam fazer parte

Milhões: Os eventos com maior público da história da músicaMilhões
Os eventos com maior público da história da música

Cults: 10 álbuns influentes que fracassaram nas vendasCults
10 álbuns influentes que fracassaram nas vendas

Motivação: 10 músicas de metal que melhorarão sua auto-estimaMotivação
10 músicas de metal que melhorarão sua auto-estima

Rock: A história dos primórdios aos anos 90Rock
A história dos primórdios aos anos 90

WatchMojo: os 10 guitarristas mais subestimados de todos os temposWatchMojo
Os 10 guitarristas mais subestimados de todos os tempos

U2: Bono diz que não aguenta ouvir a própria VoxU2
Bono diz que não aguenta ouvir a própria "Vox"


Sobre Rafael Carnovale

Nascido em 1974, atualmente funcionário público do estado do Rio de Janeiro, fã de punk rock, heavy metal, hard-core e da boa música. Curte tantas bandas e estilos que ainda não consegue fazer um TOP10 que dure mais de 10 minutos. Na Whiplash desde 2001, segue escrevendo alguns desatinos que alguns lêem, outros não... mas fazer o que?

Mais matérias de Rafael Carnovale no Whiplash.Net.

adClioIL