Resenha - Arrival - Hypocrisy

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Thiago Sarkis
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 7


Depois do deplorável "Catch 22", o Hypocrisy chega com um álbum que é o mínimo do que se pode esperar da banda. Como sempre bem produzido e desta vez retomando o estilo que regeu os meados da carreira do conjunto.

Lindemann: projeto do vocal do Rammstein lança um de seus clipes mais explícitosMegadeth: Dave explica por que não tocar "The Conjuring"

Sem perder tempo e respondendo ao fiasco do lançamento anterior, Tägtren despacha logo "Born Dead Buried Alive", uma baita música, pesada e contendo melodias checáveis recentemente em trabalhos de Soilwork, In Flames, etc. Além de dar um bom início ao disco, indica a trilha que o mesmo segue até o seu fim.

Os vocais, quase sempre, vêm acompanhados por bons temas de guitarra, contrapondo-se e enriquecendo as composições. Porém, essencialmente usam a mesma idéia para muitas faixas, retroagindo com demasiados ligados nas cordas agudas.

Lars Szöke cumpre um papel interessante na bateria, todavia já não tão surpreendente em termos de Hypocrisy. Ele tem levadas mais lentas que bateristas de vertentes similares, mas compõe bem e realiza combinações interessantes. "Slave To The Parasites", além de ser uma das melhores de "The Arrival", também dá este destaque a Szöke.

Ademais da faixa de abertura, destacam-se "New World" - excelente, momentos brilhantes -, "Dead Sky Dawning" e "War Within", a qual conclui o disco deixando os bons sinais da recuperação da banda.

"The Arrival" não deverá cair no gosto, ou ao menos não será o predileto dos mais antigos fãs (de "Abducted" & cia), mas é sim um bom CD, contendo várias características que marcaram estes doze anos dos suecos.

Site Oficial - http://www.hypocrisy.tv

Peter Tägtgren (Vocais - Guitarra)
Mikael Hedlund (Baixo)
Lars Szöke (Bateria)

Material cedido por:
Nuclear Blast - http://www.nuclearblast.de
Caixa Postal 1240 São Paulo SP 01059-970 BRASIL
Telefone: (0xx11) 3097-8117
Fax: (0xx11) 3816-1195
Email: brasil@nuclearblast.de


Outras resenhas de Arrival - Hypocrisy

Resenha - Arrival - HypocrisyResenha - Arrival - HypocrisyResenha - Arrival - Hypocrisy




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Hypocrisy"


Lindemann: projeto do vocal do Rammstein lança um de seus clipes mais explícitosLindemann: ouça nova música do projeto que une Rammstein e Hypocrisy

Lindemann: Tägtgren salvou vocalista do Rammstein de surraLindemann
Tägtgren salvou vocalista do Rammstein de surra

Rammstein: ame a si mesma, não importa o que digam, diz TillRammstein
"ame a si mesma, não importa o que digam", diz Till


Megadeth: Dave explica por que não tocar The ConjuringMegadeth
Dave explica por que não tocar "The Conjuring"

Crianças: veja como cresceram as de Nevermind, War e outrasCrianças
Veja como cresceram as de "Nevermind", "War" e outras


Sobre Thiago Sarkis

Thiago Sarkis: Colaborador do Whiplash!, iniciou sua trajetória no Rock ainda novo, convivendo com a explosão da cena nacional. Partiu então para Van Halen, Metallica, Dire Straits, Megadeth. Começou a redigir no próprio Whiplash! e tornou-se, posteriormente, correspondente internacional das revistas RSJ (Índia - foto ao lado), Popular 1 (Espanha), Spark (República Tcheca), PainKiller (China), Rock Hard (Grécia), Rock Express (ex-Iugoslávia), entre outras. Teve seus textos veiculados em 35 países e, no Brasil, escreveu para Comando Rock, Disconnected, [] Zero, Roadie Crew, Valhalla.

Mais matérias de Thiago Sarkis no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336