Matérias Mais Lidas

imagemA fundamental diferença entre Paulo Ricardo e Schiavon que levou RPM ao fim

imagemSentado em cadeira de rodas, Paul Di'Anno faz primeiro show em sete anos

imagemRoger Daltrey revela a música "amaldiçoada" que o The Who não toca mais ao vivo

imagemSystem of a Down: por que Serj Tankian não joga mais nenhum vídeo game?

imagemAngra: Quantos shows seguidos a voz aguenta sem restrições? Fabio Lione responde

imagemOzzy Osbourne diz que está bem aos 73 anos, mas sabe que sua hora vai chegar

imagemDo Ozzy ao Slayer: veja os momentos mais metal do desenho South Park

imagemAndre Matos sempre foi de esquerda e reprovaria governo atual, diz irmão do maestro

imagemKiko Loureiro defende surgimento de banda que seria "Greta Van Fleet do Iron Maiden"

imagemOzzy Osbourne dá sua opinião sobre o streaming e dispara contra Spotify; "É uma piada"

imagemA visão de Arnaldo Antunes sobre sua timidez no período da adolescência

imagemLars Ulrich diz que shows do Metallica na América do Sul foram incríveis

imagemFreddie Mercury revelou em 1985 como foi conciliar carreira solo e o Queen

imagemComo CDs e MP3s decepcionaram Jimmy Page

imagemEvanescence anuncia a saída da guitarrista Jen Majura


Resenha - Adult Situations - Drunk Horse

Por Marcos A. M. Cruz
Em 17/04/03

Nota: 9

Sex, Drunks & Rock'N'Roll!

A primeira impressão que se têm ao colocar este disquinho para rolar no CD player é que estamos diante de alguma banda vinda do Texas, Alabama, Arkansas ou qualquer outro lugar mais ao sul dos States, pois o que o DRUNK HORSE nos traz é um mix de Southern Rock com Rock'N'Roll básico e bastante Boogie, uma espécie de mistura do LYNYRD SKYNYRD, Z.Z.TOP e algumas poucas pitadas de NEBULA (banda com a qual já excursionaram), graças principalmente aos riffs de guitarra, que são predominantes nas composições.

Porém, eles são de Oakland, Califórnia, e já estão na estrada há algum tempo, tendo lançado outros dois discos ("Drunk Horse" de 1999 e "Tanning Salon/Biblical Proportions" de 2001), ambos trazendo a mesma receita, e com letras retratando temas meio bizarros, tais como ursos, prostituição masculina na CIA(!) e muito, muito sexo, já a partir da capa, que por sinal é uma das coisas mais hilárias que vi nos últimos tempos, e continua no encarte, mas não vou relatar o que acontece para não estragar a surpresa de quem adquirir o CD...

Ao vivo estes caras devem detonar, fico me imaginando num boteco de quinta categoria nos EUA enchendo a cara de Jack Daniels, bolinando a garçonete (uma loira peituda), enquanto o DRUNK HORSE manda ver no palco...

Faixas:
National Lust
Lube Job
Legions
Fried Chicken Cadillac
The Bitch Is Bach
Company Man
Wildlife
Ascension Strut
One Dollar Records
total time: 39:30

Formação:
Eli Eckert (guitarra, vocal)
John Niles (guitarra, backing vocal)
Cyrus Comiskey (baixo, backing vocal)
Cripe Jergensen (bateria)

Site oficial: www.drunkhorse.com.

Material cedido por Tee Pee Records - www.teepeerecords.com.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Sobre Marcos A. M. Cruz

Fanático por rock setentista.

Mais matérias de Marcos A. M. Cruz.