RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemQuando Roberto Carlos foi alfinetado por Raul Seixas, mas o Rei gostou do que ouviu

imagemAs queixas que colegas do Paralamas mais fazem sobre Herbert Vianna, segundo o próprio

imagemO grande amor de Renato Russo que durou pouco mas marcou sua vida para sempre

imagemA icônica reportagem de Glória Maria em que Raul Seixas disse que foi atropelado por onda

imagemQuando o Lynyrd Skynyrd irritou Mick Jagger ao abrir o show dos Rolling Stones

imagemApós dez anos, Jason Newsted procura guitarristas para montar um projeto de metal

imagemA bizarra lembrança que Kerry King tem do último show do Slayer

imagemMax Cavalera escolhe seus álbuns "não metal" preferidos

imagemA reação de Jairo Guedz quando houve o racha do Sepultura no auge do sucesso

imagemA única música tocada no Festival de Woodstock que atingiu o primeiro lugar nas paradas

imagemO hit da Legião Urbana antiviolência cantado sob perspectiva de jovem da periferia

imagemJohn Lennon queria regravar todas as músicas dos Beatles, segundo produtor George Martin

imagemA vingança de Joana Prado (ex-Feiticeira) contra filhos briguentos que envolve RPM

imagem"A vida é curta", afirma Floor Jansen, vocalista do Nightwish

imagemManowar confira apresentação única em São Paulo para setembro


Stamp

Resenha - Loch'd & Loaded - Real McKenzies

Por Guilherme Vignini
Postado em 14 de setembro de 2001

Nota: 8

Esse é o novo lançamento do The Real McKenzies, banda muito interessante que mistura punk, hardcore, música escocesa e gaita de fole. A mistura é surpreendentemente boa. Dá vontade de ir a algum pub e encher a cara de Scotch ou cerveja preta.

O álbum começa com uma homenagem ao monstro de Lochness, "Nessie", muito bacana. A gaita de fole rola solta em "Raise the Banner", assim como em "Lassie/Roamin in the Gloamin'". Aliás, esse instrumento é o que mais se torna presente no disco inteiro.

Apesar da gaita, o disco é essencialmente um disco de rock, como mostra por exemplo "Bitch Off The Money", grande música. "Donal Where’s My Troosers" é outro destaque. E o nome da música já diz tudo, já que os caras se apresentam de kilt, a famosa saia escocesa.

O restante do álbum mantem esse pique, música festiva. É um Dropckik Murphis sem ser racista e com mais humor.

Esse é um lançamento para os punks menos radicais, pois a influência de música escocesa é bastante presente, e os caras tem um senso de humor fantástico (é o mínimo que se poderia esperar de um marmanjo de saia, não é?). Vamos torcer que os caras apareçam um dia por aqui, mas aviso: Os caras juram que não usam NADA debaixo do kilt, então vou assistir lá do fundão mesmo.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Def Leppard Motley Crue 2


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal