Resenha - Silence Is Broken - Nelson

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Thiago Sarkis
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 8


Ouvir Nelson é automaticamente se submeter a uma revivescência intensa dos anos oitenta. Aliás, não só desta década marcante, como também de momentos que a antecederam, caso da passagem dos Beatles.

Slipknot: Corey explica as nojentas desvantagens das máscarasLoudwire: as dez melhores bandas da era Grunge

"The Silence Is Broken" saiu originalmente pela JVC Victor (Japão) em 1997 e agora é relançado pela Perris Records. Atitude bem esperta pois trata-se de um dos discos menos divulgados e conhecidos dos irmãos e, ao mesmo tempo, está entre os melhores contendo excelentes composições e arranjos.

Matthew e Gunnar, em suas típicas visões pops do hard rock, conseguiram compor um álbum versátil e extremamente divertido. Entre baladas e compassos mais roqueiros, deixam arranjos de cordas e refrãos memoráveis além de vários instantes inusitados, como vemos em meados de "Why Oh Why?" e no final de "Love Me Today Part II".

Os principais aliados dos filhos de Ricky Nelson ficaram na co-produção e nas guitarras solo. São eles: Guy Defazio, Michael Raphael, Karl Cochran, Troy Lancaster e Brett Garsed, que executaram excelentes trabalhos e acabaram fazendo muita falta em "Life", sucessor de "The Silence Is Broken".

"Ghostdance", "You Talk Too Much", "Sunset Strip", "L.O.V.E. Me Not", "Running Out Of Time", entre outras, trarão boas lembranças aos fanáticos pelo hard rock oitentista. Os mais farofeiros igualmente terão sua vez, em boas baladas, como "What About Me" e "Tears Of Pain".

Site Oficial - http://www.thenelsonbrothers.com

Gunnar Nelson (Vocais, Guitarra Base & Percussão)
Matthew Nelson (Vocais & Violões)
Brian Burwell, Ricky Salyer e Bobby Rock (Bateria)
Brian Spangenberg e Dow Tomlin (Baixo)
Michael Raphael, Karl Cochran, Troy Lancaster e Brett Garsed (Guitarras solo)
Harry Sharpe e Paul Mirkovich (Teclado)

Material cedido por:
Perris Records - http://www.perrisrecords.com
P.O. BOX 783
CEDAR PARK, TX, USA
78630-0783
Email: perrisrecords@ev1.net




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Nelson"


Bobbie Brown: a vida mundana e devassa da musa mor do hard rockBobbie Brown
A vida mundana e devassa da musa mor do hard rock

Família: irmãos que tocam ou já tocaram juntos na mesma bandaFamília
Irmãos que tocam ou já tocaram juntos na mesma banda

Heavy Metal: 10 vídeos involuntariamente engraçadosHeavy Metal
10 vídeos involuntariamente engraçados


Slipknot: Corey explica as nojentas desvantagens das máscarasSlipknot
Corey explica as nojentas desvantagens das máscaras

Loudwire: as dez melhores bandas da era GrungeLoudwire
As dez melhores bandas da era Grunge

Metallica: James Hetfield imitando Dave Mustaine na TVMetallica
James Hetfield imitando Dave Mustaine na TV

Fotos de Infância: Lemmy Kilmister, do MotorheadFotos de Infância
Lemmy Kilmister, do Motorhead

Glen Benton e Euronymous: a verdade sobre o encontroGlen Benton e Euronymous
A verdade sobre o encontro

Slash: citando as qualidades de Axl Rose em vídeoSlash
Citando as qualidades de Axl Rose em vídeo

Askmen.com: site elege as dez melhores músicas do NirvanaAskmen.com
Site elege as dez melhores músicas do Nirvana


Sobre Thiago Sarkis

Thiago Sarkis: Colaborador do Whiplash!, iniciou sua trajetória no Rock ainda novo, convivendo com a explosão da cena nacional. Partiu então para Van Halen, Metallica, Dire Straits, Megadeth. Começou a redigir no próprio Whiplash! e tornou-se, posteriormente, correspondente internacional das revistas RSJ (Índia - foto ao lado), Popular 1 (Espanha), Spark (República Tcheca), PainKiller (China), Rock Hard (Grécia), Rock Express (ex-Iugoslávia), entre outras. Teve seus textos veiculados em 35 países e, no Brasil, escreveu para Comando Rock, Disconnected, [] Zero, Roadie Crew, Valhalla.

Mais matérias de Thiago Sarkis no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336