Resenha - Impact - Dew-Scented

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Paulo Finatto Jr.
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 10


Depois de lançar quatro álbuns de tremendo sucesso na Europa (entre 1996 e 2002), a banda alemã de thrash metal Dew-Scented chega ao Brasil somente agora, com o seu mais novo disco lançado via Nuclear Blast/Paradoxx Music, intitulado "Impact". Originalmente este disco saiu entre os meses de agosto-outubro no resto do mundo, o disco vem chegando no Brasil com uma boa repercussão, especialmente pelo fato de que com este material o Dew-Scented participou de grandes festivais de verão na Europa, como o Wacken Open Air e Summer Breeze Festival, além de uma interessante turnê pela Holanda.

Iron Maiden: "Tenho inveja dos fogos do Slipknot",diz BruceOs mais feios: Gene Simmons, Lemmy Kilmister, Alex Van Halen...

Leif Jensen (vocal), Florian Müller (guitarra), Hendrik Bache (guitarra e baixo) e Uwe Werning (bateria), além de serem os membros do Dew-Scented, também são responsáveis pela elaboração interessante do thrash metal que o grupo executa: apresentando influências mais oitentistas como Slayer, Sodom e Morbid Angel, unidos a sonoridades atuais como Nevermore e Arch Enemy. E é exatamente por unir tantos lados diferentes de uma mesma moeda em seu som que acaba fazendo do Dew-Scented um dos mais aclamados nomes do thrash metal mundial atualmente. Riffs rápidos e sujos, vocais ao velho estilo Tom Angelripper (Sodom), bateria bem extrema e uma boa dose de variações rítmicas é a receita de tanta apreciação por parte deste quarteto alemão. E realmente devo confessar, sem inovar e sem abrir mão das características essenciais do thrash/death metal, o trabalho em "Impact" é matador!

O disco não poderia abrir melhor, "Acts of Rage" é aquela música perfeita para servir de entrada de qualquer programa dedicado ao metal de qualquer rádio... Isto mesmo! Os riffs e a bateria nesta música estão incrivelmente bem encaixados, em uma faixa beirando o death metal. E por incrível que pareça, o disco não perde este pique ao longo dos seus quase 45 minutos de duração, é porrada atrás de porrada! Seria muita falta de profissionalismo por minha parte se eu não citar quais as melhores músicas do CD, mas podem ter certeza que quem conferir o "Impact" por completo terá muito mais opções de faixas "destacáveis" em relação aos que conferirem somente as citadas por mim. Pois então, vamos a elas: "Destination Hell" (death metal praticamente), "Cities of the Dead" (uma composição muito bem trabalhada e com um interessante jogo de vozes), "Agony Designed" (os riffs quebrados deixaram essa música fenomenal e é a melhor de todas para mim), e por fim "18 Hours" (a música com o andamento mais rápido de todo o CD). Como deu para notar, só petardos...

"Impact" é altamente recomendado aos fãs de thrash, death e metal extremo em geral. Não há nenhum motivo para não irem atrás deste disco, afinal como citado no início desta resenha, o quinto disco da carreira do Dew-Scented já se encontra em versão nacional aqui no Brasil. Para mim, aqui estamos diante da maior revelação do metal extremo europeu da atualidade! Basta conferir e comprovar.

Site oficial: www.dew-scented.de

Line-up:
Leif Jensen (vocal);
Florian Müller (guitarra);
Hendrik Bache (guitarra/baixo);
Uwe Werning (bateria).

Track-list:
01. Acts of Rage
02. New Found Pain
03. Destination Hell
04. Soul Poison
05. Cities of the Dead
06. Dow My Neck
07. One by One
08. Agony Designed
09. Sluaghtervain
10. Flesh Reborn
11. 18 Hours


Outras resenhas de Impact - Dew-Scented

Dew-Scented: Thrash, com pitadas agradabilíssimas de DeathResenha - Impact - Dew-ScentedResenha - Impact - Dew-Scented




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Dew-Scented"


Iron Maiden: Tenho inveja dos fogos do Slipknot,diz BruceIron Maiden
"Tenho inveja dos fogos do Slipknot",diz Bruce

Os mais feios: Gene Simmons, Lemmy Kilmister, Alex Van Halen...Os mais feios
Gene Simmons, Lemmy Kilmister, Alex Van Halen...


Sobre Paulo Finatto Jr.

Reside em Porto Alegre (RS). Nascido em 1985. Depois de três anos cursando Engenharia Química, seguiu a sua verdadeira vocação, e atualmente é aluno do curso de Jornalismo. Colorado de coração, curte heavy metal desde seus onze anos e colabora com o Whiplash! desde 2000, quando tinha apenas quinze anos. Fanático por bandas como Iron Maiden, Helloween e Nightwish, hoje tem uma visão mais eclética do mundo do rock. Foi o responsável pelo extinto site de metal brasileiro, o Brazil Metal Law, e já colaborou algumas vezes com a revista Rock Brigade.

Mais informações sobre Paulo Finatto Jr.

Mais matérias de Paulo Finatto Jr. no Whiplash.Net.

adClioIL