Resenha - ARK - ARK

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Haggen Kennedy
Enviar Correções  

Nota: 8

Pra quem não sabe (e é difícil alguém saber), esta banda é simplesmente o projeto solo de Tore Ostby (Conception, DC Cooper, atual Pink Cream 69). Quem já conhece a figura, certamente já sabe o que esperar.

Este disco foi-me dado por Tore Ostby em pessoa com a seguinte advertência: "é um disco para pessoas de mente aberta". É, sem dúvida, o ouvinte tem que ser muito cabeça aberta. Porque influência é o que não falta aqui. As letras são gigantes. As músicas também. Mas que é bom, é. Tudo o que se precisa ter é (muita) mente aberta.

publicidade

Enquanto esteve no Brasil, Tore saiu à procura de estilos como chorinho e MPB para que pudesse aumentar seu conhecimento (e influências, diga-se de passagem). Parece que deu certo enquanto Mr. Ostby fez o mesmo em outros lugares do mundo. Por todas as sete músicas desse CD, nota-se a progressividade latente das músicas, que incluem partes de música latina, grega, egípcia, arábe... tem de tudo.

publicidade

Pra quem está curioso sobre os instrumentistas, eles são ótimos. Jorn Lande é um ótimo vocalista, ao passo que John Macaluso (já viu falar nesse cara?) é um baterista descomunal (mas vocês já devem saber disso).

A banda é originalmente um 'power trio' - sim -, porém um sujeito chamado Trond Nagell Dahl dá uma ajuda nos teclados.

As melhores músicas ficam por conta de "Burning Down", "The Hunchback of Notre Dame" e "Can't Let Go".

publicidade

Se você é (bastante!) cabeça-aberta, entre em contato com a Voices of Wonder e peça o CD (não saiu em nenhum lugar do mundo a não ser na Noruega, país natal de Tore).

_________________________________
Voices of Wonder (distribuidora):
P.B. 2010 Grünertokka, N-0505
Olso, Norway.

Fax: +47 23 22 66 67

publicidade


Outras resenhas de ARK - ARK

Ark: Uma aventura musical intrigante, inédita e autêntica




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Rolling Stone: As 500 melhores músicas segundo a revistaRolling Stone
As 500 melhores músicas segundo a revista

Slayer: Araya fala sobre fé e sua relação com o cristianismoSlayer
Araya fala sobre fé e sua relação com o cristianismo


Sobre Haggen Kennedy

Nascido ao fim dos anos 70 e adolescido em meio ao universo metálico, Haggen Heydrich Kennedy já trabalhou e atuou numa vultosa gama de atividades, como o jornalismo, o desenho, a informática, o design e o ensino, além de outros quefazeres. Atualmente vive em Atenas, Grécia, onde estuda História, Arqueologia e Grego Antigo na Universidade de Atenas. A constante nesse turbilhão de ofícios, todavia, sempre constituiu-se de dois fatores: as línguas (ainda hoje trabalha com tradução e interpretação) e a música - esse último elemento, definitivo alimento espiritual.

Mais matérias de Haggen Kennedy no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin