Resenha - Kiss (Arena Anhembi, São Paulo, 17/11/12)

WHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal!

Resenha - Kiss (Arena Anhembi, São Paulo, 17/11/12)


  | Comentários:

KISS: Talvez o show mais esperado do ano no Brasil, onde os famosos mascarados voltaram pela quinta vez. Pra mim, teve um gostinho especial, pela banda ter sido a responsável pela minha entrada no mundo do rock no longínquo ano de 1982, através do álbum “Creatures Of The Night”. Nostalgias de 30 anos atrás à parte, vamos a esse evento espetacular que aconteceu na Arena Anhembi, na zona norte de São Paulo.

O texto representa a opinião do autor, não do Whiplash.Net ou de seus editores.

Imagem

Com justiça, o VIPER foi escolhido para abrir os trabalhos da noite, numa apresentação curta, de meia hora apenas, mas que deu conta do recado. Eu encaro como um aperitivo para incentivar o público a ir aos shows da banda que está terminando a “To Live Again Tour”, onde tocam na íntegra, os clássicos álbuns “Soldiers Of Sunrise” e Theatre Of Fate”. O primeiro completou 25 anos de seu lançamento. Eu tive a oportunidade de ver um show dessa turnê, aqui em Vitória. No link abaixo, tem a resenha que fiz desse show histórico para os capixabas:

Viper: relembrando a época de ouro do Metal brasileiro

Voltando ao Anhembi, o vocalista André Mattos, do VIPER, se mostrou muito feliz por estar abrindo para o KISS e presenteou o público com hinos, como “Living For The Night”, “Rebel Maniac” e encerrando com o cover do QUEEN, “We Will Rock You”.

O que chamou a atenção, foi algo difícil de se ver acontecer em shows no Brasil, principalmente nos de grande porte e internacionais: a pontualidade! Estava marcado para o KISS subir ao palco às 21h30 e o atraso foi somente de cinco minutos. Parabéns à organização do evento.

Quando a luz se apagou, surgiu um telão com um mapa-múndi gigante que ia aproximando até localizar a cidade de São Paulo, a Arena Anhembi, o palco, terminando por mostrar os integrantes da banda nos bastidores se preparando para entrarem. O telão se apagou, as cortinas desceram e Paul Stanley (vocal e guitarra base), Gene Simmons (vocal e baixo), Eric Singer (bateria e vocal) e Tommy Thayer (guitarra solo e vocal) apareceram num palco suspenso que ia descendo lentamente ao som da primeira música, a destruidora “Detroit Rock City”, revelando um imenso painel luminoso, com a inscrição KISS ao fundo. Era o início apoteótico da Monster Tour 2012 em São Paulo, depois de já terem passado por Porto Alegre três dias antes.

O bombardeio sonoro prosseguiu com o hino “Shout It Out Loud”. Ao final, Paul Stanley cumprimenta o público de aproximadamente 25.000 pessoas, dizendo que eles estiveram na Argentina (a galera vaiou), estiveram no Chile (mais vaias), mas o Brasil era número um! Disse ainda que o Brasil faz parte da KISS Family. Com a plateia ensandecida de orgulho, ele anuncia “Calling Dr. Love” e a sonzeira continua.

A banda resolveu fazer uma sequência com as duas primeiras músicas do mais novo álbum “Monster”, que dá nome à turnê, e tocaram “Hell Or Hallelujah” e “Wall Of Sound”, esta última com Gene Simmons no vocal.

Ao som de sirenes, Gene Simmons pegou uma espada em chamas, fez um número solo de cuspir fogo e fincou a espada no chão para anunciar os primeiros acordes de “Hotter Than Hell”, seguida pela poderosa “I Love It Loud”. Em “Outta This World”, o guitarrista Tommy Thayer assumiu o vocal e encerrou a música com um duelo de solos com o baterista Eric Singer. Enquanto sua guitarra soltava fogos, a plataforma onde Tommy estava subia cada vez mais alto. Num momento impressionante do show, Eric pega uma bazuca e atira de verdade, quebrando um canhão de luz. Atitude arriscada, mas afinal de contas, era o KISS!

Numa performance assustadora para os desavisados, Gene Simmons, a exemplo do que fez em Porto Alegre, repetiu o momento em que toca seu baixo enquanto um rio de sangue fictício jorra de sua boca. De repente, ele foi içado pro cima por um cabo de aço, e do alto de uma plataforma mandou um “tudo bem?” em português, para delírio dos fãs e, de lá mesmo, canta “God Of Thunder”.

“Psycho Circus” e “War Machine” foram as próximas a incendiarem a plateia. Paul Stanley aproveitou para revelar que, toda vez que o KISS vai a São Paulo, é como se estivessem em casa. Ele complementa dizendo gosta da Argentina, do Chile e do Paraguai, mas seu coração é do Brasil. O Anhembi vem abaixo com esse elogio.

Em outro ponto alto do show, Paul subiu numa tirolesa no meio da música “Love Gun” e foi do palco até a torre de som que ficava no meio da plateia, continuando a cantar de lá. No final ele voltou para o palco pela tirolesa e antes de Eric assumir o vocal para “Black Diamond”, Paul começou a tocar alguns acordes de Stairway To Heaven, do LED ZEPPELIN, mas logo desiste dizendo que as pessoas estavam ali para ouvirem KISS!

O show pirotécnico que se seguiu e o palco subindo, indicava o término do show, mas a galera pediu bis cantando o refrão do hino mor “Rock'n'Roll All Night” que ainda não havia sido tocado. A banda voltou para o palco e, antes do bis, tirou uma foto com a plateia ao fundo para deixar registrado mais uma passagem em terras brasilis. Essa foto pode ser vista no final desta resenha.

O bis contou com três obras-primas: “Lick It Up”, “I Was Made For Lovin' You” e tão aguardada “Rock'n'Roll All Night”, com todos cantando debaixo de uma chuva de papel picado e muita fumaça. Os integrantes da banda subiram nas plataformas e somente Paul ficou embaixo para quebrar sua guitarra e deixar marcado em nossa memória, esse show inesquecível, que terminou com uma grande queima de fogos e um letreiro gigante no fundo do palco, onde se lia "Brazil, Kiss Loves You", ao som de “God Gave Rock'n'Roll To You” no playback, totalizando 1 hora e 40 minutos de puro Rock'n'Roll!

SETLIST:

01 - Detroit Rock City
02 - Shout It Out Loud
03 - Calling Dr. Love
04 - Hell Or Hallelujah
05 - Wall Of Sound
06 - Hotter Than Hell
07 - I Love It Loud
08 - Outta This World
09 - God Of Thunder
10 - Psycho Circus
11 - War Machine
12 - Love Gun
13 - Black Diamond

BIS:

14 - Lick It Up
15 - I Was Made For Lovin' You
16 - Rock'n'Roll All Night

Vejam o show na íntegra:

Imagem

Criado em 1996, Whiplash.Net é o mais completo site sobre Rock e Heavy Metal em português. Em março de 2013 o site teve 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas e 8.590.108 pageviews. Redatores, bandas e promotores podem colaborar pelo link ENVIAR MATERIAL no topo do site.

Outras resenhas de Kiss (Arena Anhembi, São Paulo, 17/11/12)

Kiss: um espetáculo único em São Paulo
Kiss: um espetáculo sem precedentes ou sucessores
Kiss: eles ainda entregam muito, apesar do tempo passando
Kiss: uma espetacular apresentação em São Paulo
Kiss: uma verdadeira celebração Rock N' Roll em São Paulo
Kiss: grupo extasia público em São Paulo
Kiss: diversão garantida ou seu dinheiro de volta


  | Comentários:

Todas as matérias da seção Resenhas de Shows
Todas as matérias sobre "Kiss"
Todas as matérias sobre "Viper"

Kiss: Frehley não gostou do discurso de Stanley no Rock Hall
Paul Stanley: "Se chegar a isso, eu sou o Kiss"
Kiss: cerimônia do Rock Hall confirmou as suspeitas de Stanley
Kiss: por onde anda o ex-guitarrista Vinnie Vincent?
Kiss: vídeos da nomeação ao Rock and roll Hall Of Fame
Kiss: fotos da participação no Rock & Roll Hall Of Fame
Parcerias Brilhantes: duplas que marcaram história
Kiss: "Nós estamos conectados para vida inteira"
Kiss: tocar com formação original seria roleta russa
Kiss: Paul e Ace continuam discutindo alegações antissemitas
Rock Hall: CEO comenta a controvérsia do Kiss e Nirvana
Kiss: Stanley declara não ser gay, Ace admite ter tentado ser bi
Kiss: Frehley e Criss respondem à acusação de antisemitismo
Kiss: revelado enfim o preço do boxed set "Kissteria"
Ace Frehley: guitarrista tocará na cerimônia do Hall Of Fame

Os comentários são postados usando scripts do FACEBOOK e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Pense antes de escrever; os outros usuários e colaboradores merecem respeito;
Não seja agressivo, não provoque e não responda provocações com outras provocações;
Seja gentil ao apontar erros e seja útil usando o link de ENVIO DE CORREÇÕES;
Lembre-se de também elogiar quando encontrar bom conteúdo. :-)

Trolls, chatos de qualquer tipo e usuários que quebram estas regras podem ser banidos sem aviso. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Léo Pinto

Capixaba de Vitória, historiador, guia de turismo, fanático por metal, hardcore, punk, rock e todas as suas vertentes, desde 1981 (sim, tenho cabelos e cavanhaque grisalhos, e daí? hehe). Sempre às ordens para resenhar sobre shows, acompanhar bandas em visita à minha cidade e prestar assessoria à imprensa.

Mais matérias de Léo Pinto no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

QUEM SOMOS | ANUNCIAR | ENVIAR MATERIAL | FALE CONOSCO

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em março: 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas, 8.590.108 pageviews.


Principal

Resenhas

Seções e Colunas

Temas

Bandas mais acessadas

NOME
1Iron Maiden
2Guns N' Roses
3Metallica
4Black Sabbath
5Megadeth
6Ozzy Osbourne
7Kiss
8Led Zeppelin
9Slayer
10AC/DC
11Angra
12Sepultura
13Dream Theater
14Judas Priest
15Van Halen

Lista completa de bandas e artistas mais acessados na história do site

Matérias mais lidas