Whiplash.NetMenuBuscaReload

Pappo's Blues: Em 1972 nascia uma obra de arte latino-americana.

Resenha - Volumen 2 - Pappo's Blues

 Compartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Thiago Ferreira Figueredo
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

De tempos em tempos artistas das mais diversas vertentes fazem reflexões sobre a vida em sociedade,tal fator está inserido no DNA do blues por conta de suas origens na escravatura no sul dos Estados Unidos. Quando falamos em blues somos levados inconscientemente a solo americano, mas o grande guitarrista Norberto Anibal Napolitano, popularmente conhecido como "Pappo" e sua banda ultrapassam fronteiras e produzem uma das obras-primas do blues na argentina.

Baixistas: Os 10 maiores segundo os leitores da Rolling StoneQuem ouve Heavy Metal ouve apenas Heavy Metal?

Imagem

Em 1972, lançam "Pappo's Blues Volumen 2" pela gravadora Music Hall, a formação era: Pappo na guitarra, piano e voz, Preto Amaya na Bateria, Carlos Pignatta no baixo e Luis Gambolini na Bateria (participou da parte final do disco)foi gravado ao vivo e sem pós edição e a revista Rolling Stone da Argentina colocou em 11º lugar na lista dos 100 melhores álbuns de rock argentino.

O álbum já começa com o que posteriormente viria se tornar um clássico do blues/ rock argentino "El tren de las 16", conta com o único solo de bateria do álbum feito por Preto Amaya, a letra é interessantíssima e o cromatismo característico do blues está presente, em seguida vem uma variada gama de riffs memoráveis produzidos pela Gibson de Pappo destacados nas canções: "tema I", "Llegará la paz", "Solitario Juan", a canção "Desconfío" é talvez a mais melancólica e bela do disco, e também a única com base de piano, ritmo cadenciado, essa música basicamente trata da vida de Pappo.

Os solos (todos improvisados) são um capítulo à parte, não é por acaso que Pappo é considerado o maior guitarrista argentino de todos os tempos, isso fica evidenciado nas faixas: "Insoluble", a belíssima "Blues de Santa Fé" e a mais longa do álbum "Tumba (cemitério)".

É um disco tecnicamente irreparável, com aquele ambiente de improviso típico do blues, tudo é orgânico e bem tocado, letras formidáveis e simples. não se trata de um exagero dizer que esse álbum é uma obra de arte latino-americana. se você ainda não o tem em sua estante ou até mesmo em seu smartphone trate de adquirir, você vai se impressionar.

Músicas:

1-Tren de las 16
2-Llegará la paz
3-Insoluble
4-Tema I
5-Desconfío
6-Solitario Juan
7-Blues de Santa Fé
8-Tumba (Cementerio)

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

 Compartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Hardão Setentista
Aeroblus, o maior power trio latino americano

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Pappo"

Baixistas
Os 10 maiores segundo os leitores da Rolling Stone

Gosto é gosto
Quem ouve Heavy Metal ouve apenas Heavy Metal?

Europe
Joey Tempest comenta o pior cover do mundo

Allman Brothers: baterista cometeu suicídio na frente da esposaAvenged Sevenfold: A mudança no visual com o passar dos anosSatyricon: "me desculpe, não foi satânico o suficiente?"Steve Harris: Iron Maiden, Lion e Number of The BeastRob Halford: "o sucesso não o mudou em nada", diz paiJudas Priest: vão nos deixar um legado de grandes memórias

Sobre Thiago Ferreira Figueredo

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em agosto: 1.237.477 visitantes, 2.825.604 visitas, 7.034.755 pageviews.

Usuários online