Concrete Icon: O fúnebre Death/Doom

Resenha - Perennial Anguish - Concrete Icon

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Imagem
Este é o primeiro trabalho dos finlandeses do Concrete Icon que, apesar de parecer uma mescla comum, alia seu Death Metal com Doom Metal, só que incrementando com boas doses de Sludge. Hoje um quinteto, o grupo chegou a lançar trabalhos prévios e demonstrativos antes do full-length.
Sasha Grey: sua real paixão pela música de atitude e sua coleção de vinil

Com uma consistência perceptível já na primeira audição, o forte do Concrete Icon é a variação rítmica que a banda impõe em suas composições. Há brutalidade, passagens totalmente Death Metal, mas quando resolve cadenciar seu som não perde o peso e a agressividade.

As guitarras fazem um bom trabalho, adotando linhas melódicas em doses certas, sendo que a cozinha faz sua parte mantendo o peso necessário. Destaque para o vocalista Jake (também guitarrista) que possui um vocal versátil, que vai do gutural ao rasgado como se fosse a coisa mais fácil do mundo, arriscando às vezes até vocais limpos.

Apesar do flerte com o Doom Metal, não temos muitos momentos depressivos em “Perenial Anguish” e sim partes mais soturnas. Destaque para Rapture and Torment, Sadness upon Us, The Choir of Serpents e Monarch in Emptiness. Um ótimo trabalho que merece atenção.

https://www.facebook.com/concreteicon
http://concreteicon.bandcamp.com/

Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube
Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Concrete Icon"

Sasha Grey
Sua real paixão pela música de atitude e sua coleção de vinil

Tradução
O clássico Nevermind, do Nirvana

Ozzy Osbourne: Ele sumiu depois de ter sido largado por Sharon?Marcelo Maiden - Uma impressionante coleção de ítens do Iron MaidenCapas Ridículas: LaWeekly elege as piores de Metal de 2013Andreas Kisser: Escolheu sair? Vai fazer seu trabalho. Deixa a gente em pazAC/DC: gravadora quase dispensou a banda em 1977Black Sabbath: reuniões, qual se saiu melhor?

Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em agosto: 1.237.477 visitantes, 2.825.604 visitas, 7.034.755 pageviews.

Usuários online