Electric Age: single deixa aquele gosto de quero mais

Resenha - Snake Eater - Electric Age

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Imagem
Uma particularidade. Não gosto de resenhar singles, ainda mais quando a música é de qualidade e deixa, obviamente, aquele gosto de quero mais. E este é o caso deste single do Electric Age, banda de São Paulo que iniciou sua trajetória como cover do Deep Puprle e a época se chamava Killing Machine.
Electric Age: musculosa estreia de southern rock norte-americanoGuns N' Roses: Slash e DJ Ashba, as semelhanças

Snake Eater é uma composição que mescla bem influências do Clássic Rock com o peso do Heavy Metal. Algo que o Black Sabbath fez no “Born Again” e o Rainbow com Joe Lynn Turner. Alie a isso um toque atual, riffs bem executados, com bons arranjos de teclados e um vocal lírico potente e agressivo. Isso sem contar a variação rítmica e o ótimo refrão.

É muito estranho dar nota para um single e muita gente não compreende isso, mas que fique bem claro que a nota é pra música, apenas. Produção boa, execução memorável e um hit que merece estar em um álbum à altura futuramente. Que assim seja.

http://www.facebook.com/ElectricAgeBand
https://www.reverbnation.com/electricageband

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Electric Age: musculosa estreia de southern rock norte-americanoTodas as matérias e notícias sobre "Electric Age"

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Electric Age"

Guns N' Roses
Slash e DJ Ashba, as semelhanças

Lemmy
Saúde cambaleia, e banda começa a preparar retirada

Nirvana
Grohl afirma que Cobain não gostava de seu modo de tocar

Tony Iommi: vendo um fantasma durante ensaio de 1973David Lee Roth: o vergonhoso teste de Matt Sorum para a bandaMetallica: Não se iluda, há muito eles não se importam com os fãsMetaleiro: popularizado no 1º RIR, termo continua polêmicoIron Maiden: visita às locações do video "Can I Play with Madness?"Metallica x Megadeth: a análise musical de Nando Moura

Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online